Curso Online de Emergência  Hipertensiva

Curso Online de Emergência Hipertensiva

Neste mini curso tem uma abrodagem sobre o que é pressão arterial, a patologia: hipertensão, emergência hipertensiva e a urgência hiperte...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste mini curso tem uma abrodagem sobre o que é pressão arterial, a patologia: hipertensão, emergência hipertensiva e a urgência hipertensiva, um estudo de caso para aplicar o aprendizado sobre a emergência hipertensiva.

Enfermeira obstetra e neonatologista. Graduada em Enfermagem pela Universidade Paulista (UNIP-SJC) em 2013 com pós-graduação Obstetrícia e neonatologia pela Escola de Enfermagem Wenceslau Brás (Itajubá-MG) e cuidados pré-natais pela UNIFESP.Atualmente atuo como enfermeira Obstétrica na Santa Casa de Pirassununga. Atuação no pré-parto, parto, puerpério e assistência ao Recém-nascido. Com experiências em outras áreas como pediatria, Clínica médica, Clínica cirúrgica e Centro cirúrgico.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Emergência hipertensiva

    Emergência hipertensiva

  • Introdução

    Introdução

    Hipertensão arterial é um importante problema de saúde pública no Brasil e no mundo por sua elevada prevalência e morbimortalidade. Antes do uso de medicações anti-hipertensivas, cerca de 7% dos pacientes hipertensos apresentavam uma emergência hipertensiva. Atualmente, estima-se que 1-2% dos pacientes com hipertensão terão uma emergência em algum momento de suas vidas. Dessa forma, calcula-se que até 3% de todos os atendimentos no departamento de urgência são decorrentes de elevações significativas da pressão arterial. As crises são mais comuns entre idosos, afro-americanos e homens.

  • Taxa de mortalidade por dcv e suas diferenças causas no brasil.(2007)

    31,4%

    30,0%

    12,8%

    25,1%

    Taxa de mortalidade por dcv e suas diferenças causas no brasil.(2007)

    FONTE: VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão

  • FISIOLOGIA - Pressão arterial

    FISIOLOGIA - Pressão arterial

    DÉBITO CARDIACO

    PRESSÃO ARTERIAL MÉDIA

    RESISTÊNCIA PERIFÉRICA TOTAL

    VENTRICULO ESQUERDO

    GRANDES ARTÉRIAS

    A pressão arterial é consequência da força que o sangue exerce contra as paredes das artérias para conseguir circular pelo corpo. Quando o coração se contrai (sístole) para expulsar o sangue de seu interior, a pressão nas artérias atinge o valor máximo (pressão máxima ou sistólica). Quando a musculatura cardíaca relaxa (diástole) para permitir que o sangue volte a encher suas cavidades, a pressão cai para seus valores mínimos: é a pressão mínima ou diastólica.

  • FISOPATOLOGIA - HIPERTENSÃO

    FISOPATOLOGIA - HIPERTENSÃO

    Caracteriza-se por uma elevação rápida, inapropriada, intensa e sintomática da pressão arterial, com ou sem risco de deterioração rápida dos órgãos-alvo (coração, cérebro, rins e artérias), que pode conduzir a um risco imediato ou potencial de vida. Os níveis tensionais estão elevados, levando-se em consideração a pressão arterial diastólica, geralmente >120 mmHg.

  • Classificação da Pressão sanguínea (adulto)

    Classificação da Pressão sanguínea (adulto)

  • Epidemiologia

    Epidemiologia

    Prevalência da HAS 20%-30% (mais de 34 milhões de brasileiros).

    Emergências hipertensivas ocorrem mais frequentemente em pacientes previamente diagnosticados com hipertensão primária que não adotam um tratamento adequado.

    Pacientes apresentando hipertensão severa podem representar + de 25% dos indivíduos que chegam a um serviço de emergência.

  • Emergências hipertensivas

    Emergências hipertensivas

  • Emergência hipertensiva

    Emergência hipertensiva

    É a elevação da pressão arterial acima de níveis críticos, com sinais clínicos de repercussões sobre coração, sistema nervoso central ou rins e risco de lesão endotelial difusa aguda (que pode levar a hipertensão severa), insuficiência cardíaca aguda com ou sem edema pulmonar agudo, encefalopatia hipertensiva ( cefaléia, vômito, visão borrada, febre, ataxia, estupor, disfunção cognitiva, convulsões, sinais focais, edema de papila ao fundo de olho), disfunção renal aguda coagulação intravascular disseminada.

  • Formas de apresentação das emergências hipertensivas

    Formas de apresentação das emergências hipertensivas

    NEUROLOGICAS:

    Encefalopatias Hipertensiva
    Hemorragias Intraparenquimatosa
    Hemorragia Subaracnoidea (HSA)

  • Formas de apresentação das emergências hipertensivas

    Formas de apresentação das emergências hipertensivas

    CARDIOVASCULARES

    Síndrome Coronarianas Agudas (SCA)
    Dissecção Aguda de Aorta ( DAo)
    Edema Agudo de Pulmão (EAP)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Emergência hipertensiva
  • Introdução
  • Taxa de mortalidade por dcv e suas diferenças causas no brasil.(2007)
  • FISIOLOGIA - Pressão arterial
  • FISOPATOLOGIA - HIPERTENSÃO
  • Classificação da Pressão sanguínea (adulto)
  • Epidemiologia
  • Emergências hipertensivas
  • Emergência hipertensiva
  • Formas de apresentação das emergências hipertensivas
  • SINTOMAS DO PRÉ-ECLAMPSIA
  • Sintomas da eclampsia
  • Avaliação do paciente hipertenso no PS
  • Avaliação do paciente hipertenso no ps
  • Tratamento da emergência hipertensiva
  • Tratamento da Emergência hipertensiva
  • Tratamento da emergência hipertensiva
  • Urgência hipertensiva
  • Importante
  • Tratamento da urgência hipertensiva
  • Tratamento medicamentoso na urgência hipertensiva
  • Caso clínico
  • Ao exame físico
  • Condutas na sala de emergência
  • Problemas levantados
  • Plano de alta
  • REFERÊNCIAS Bibliográficas: