Curso Online de ESPECIALIZAÇÃO PRIMEIROS SOCORROS

Curso Online de ESPECIALIZAÇÃO PRIMEIROS SOCORROS

Muitos profissionais serão convocados nestes acontecimentos internacionais .Atualização em primeiros socorros para profissionais da sa...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 53 horas

Por: R$ 147,02
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído



Muitos profissionais serão convocados nestes acontecimentos internacionais .Atualização em primeiros socorros para profissionais da saúde. Identificar fatores de riscos em acidentes. Como socorrer vitimas de afogamento, sufocação, infartos, hemorragias, choques elétricos, etc.A expressão primeiros socorros é usada para caracterizar uma série de procedimentos adotados com o fim de preservar vidas sob risco iminente e em condições de urgência e/ou emergência. Esses procedimentos são realizados geralmente por pessoas comuns, com conhecimentos teóricos e práticos acerca das técnicas utilizadas.

Identifica-se a necessidade de aplicação dos primeiros socorros em diversas situações, sendo as mais comuns em acidentes automobilísticos, atropelamento, acidentes domésticos, tumultos, incêndios, catástrofes da natureza, acidentes de trabalho e na indústria, guerras e conflitos, ou mesmo causas fisiológicas em pessoas que sofrem de algum mal, como, por exemplo, um ataque cardíaco (apoplexia).

Os primeiros socorros, como a própria expressão nos remete, são procedimentos utilizados primariamente apenas para se preservar a condição de vida de um indivíduo até a chegada de um médico profissional, ou uma equipe médica, para que sejam adotadas as medidas que a situação requer, conforme avaliação profissional e especializada.

*TERAPEUTA NATURALISTA E MASSAGISTA. *TÉCNICO EM MEDICINA CHINESA, *TÉCNICO EM MEDICINA AYURVEDA *TÉCNICO EM MEDICINA E TIBETANA *CONSULTOR PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA. *CONSULTOR INTELIGÊNCIA EMOCIONAL APLICADA EM SALA DE AULA. *TÉCNICO EM LEITURA DINÂMICA ,MAPAS MENTAIS E APRENDIZAGEM ACELERADA. *FORMADO EM QUÍMICA / BIOLOGIA



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • ESPECIALIZAÇÃO
    PRIMEIROS SOCORROS

  • O que fazer primeiro?

    O que fazer primeiro?

    MANTER A CALMA;
    GARANTIR A SEGURANÇA COM CONHECIMENTO;
    PEDIR SOCORRO COM RAPIDEZ;
    CONTROLAR A SITUAÇÃO;
    VERIFICAR A SITUAÇÃO DA VÍTIMA;
    REALIZAR ALGUMAS TÉCNICAS DE PRIMEIROS SOCORROS.

  • ATRIBUIÇÕES/PRIMEIRO MOMENTO

    ATRIBUIÇÕES/PRIMEIRO MOMENTO

    Saber o que aconteceu
    Manter a vítima calma
    Agasalhar se necessário
    Evitar comentários e aglomeração
    Não dar estimulantes ou bebidas alcoólicas
    Preparar para transporte
    Se identificar situação crítica, providenciar socorro

  • O que é possível fazer?

    O que é possível fazer?

    As limitações no atendimento às vítimas:
    Você não é um profissional de resgate e por isso deve se limitar a fazer o mínimo necessário com a vítima até a chegada do socorro. Infelizmente, vã o existir algumas situações que o socorro, mesmo chegando rapidamente e com equipamentos e profissionais treinados, pouco poderá fazer pela vítima. Você , mesmo com toda a boa- vontade, também poderá encarar uma situação em que seja necessário mais que a solidariedade que você pode oferecer. Mesmo nestas situações difíceis, não se espera que você faça algo para o qual não esteja preparado ou treinado.

  • PRIMEIROS SOCORROS DE:

    PRIMEIROS SOCORROS DE:

    PARADA RESPIRATÓRIA;
    PARADA CARDÍACA;
    QUEIMADURAS;
    FRATURAS.

  • PARADA RESPIRATÓRIA

    PARADA RESPIRATÓRIA

    PARADA RESPIRATÓRIA
    I - SINAIS GRAVES: ausência de movimentos do tórax, arroxeamento da face, inconsciência, imobilidade.
    II - CAUSAS
    A - Gases venenosos, vapores químicos ou falta de oxigênio
    B - Afogamento
    C - Sufocação por saco plástico
    D - Choque elétrico
    E -Abalos violentos resultantes de explosão ou pancadas na cabeça
    F - Envenenamento por ingestão de sedativos ou produtos químicos
    G - Soterramento
    H - Sufocação por corpos estranhos nas vias aéreas do bebê, da criança, do adulto.

  • PARADA DOS MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS

    PARADA DOS MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS

    CIANOSE
    (Cor azulada dos lábios, língua e unhas)

    SINAIS DE
    PARADA
    RESPIRATÓRIA

  • RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL

    RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL

    PROCEDIMENTO
    RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL
    Respiração de Socorro
    1 - Método - boca a boca
    - Para crianças
    - Para adultos
    2 - Método - boca-nariz
    3 - Método normal de respiração artificial de Sylvester.
    4 – Respiração Artificial conjugada com massagem cardíaca externa

  • PARADA CARDÍACA

    PARADA CARDÍACA

    Interrupção prolongada ou permanente da atividade contráctil do músculo cardíaco.

  • AUSÊNCIA DOS BATIMENTOS CARDÍACOS

    AUSÊNCIA DOS BATIMENTOS CARDÍACOS

    SINAIS DE
    PARADA
    CARDÍACA

    MIDRÍASE
    (DILATAÇÃO DA
    PUPILA)

    AUSÊNCIA DE
    PULSO

  • PARADA DO CORAÇÃO

    PARADA DO CORAÇÃO

     CAUSAS - Ataque Cardíaco
    - Choque Elétrico
    - Estrangulamento
    - Sufocação
    - Reações alérgicas graves
    - Afogamento
     Procedimento: MASSAGEM CARDÍACA EXTERNA


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 147,02
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • O QUE FAZER PRIMEIRO
  • ATRIBUIÇÕES/PRIMEIRO MOMENTO
  • O QUE POSSÍVEL FAZER
  • PRIMEIROS SOCORROS DE
  • PARADA RESPIRATÓRIA
  • PARADA DOS MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS
  • RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL
  • PARADA CARDÍACA
  • AUSÊNCIA DOS BATIMENTOS CARDÍACOS
  • PARADA DO CORAÇÃO
  • ESTADO DE CHOQUE
  • DESMAIO
  • HEMORRAGIA
  • LESÕES NOS OSSOS E ARTICULAÇÕES
  • FERIMENTOS
  • QUEIMADURAS
  • TRANSPORTE DE ACIDENTADOS
  • ATAQUE CARDÍACO
  • ENVENENAMENTO
  • ACIDENTES PROVOCADOS PELO CALOR
  • ACIDENTES PELO FRIO
  • CONVULSÕES
  • PRIMEIROS SOCORROS
  • Procedimentos de Massagem Cardíaca e Respiração Artificial
  • BIOSSEGURANÇA
  • Conceito
  • Objetivo principal
  • Cultura de biossegurança no Brasil
  • Orientações
  • TIPOS DE RISCO
  • RISCOS DE ACIDENTES
  • RISCOS ERGONÔMICOS
  • RISCOS FÍSICOS
  • RISCOS QUÍMICOS
  • RISCOS BIOLÓGICOS
  • BARREIRAS
  • SAÚDE DO TRABALHO
  • MEDICINA DO TRABALHO
  • Aspectos Legais do Socorro
  • DOENÇAS T . SEXUALMENTE
  • Sífilis
  • Tratamento
  • Prevenção
  • Cancro Mole
  • Candidíase
  • Herpes simples
  • Gonorréia
  • HPV - Condiloma Acuminado
  • AIDS
  • HIV
  • ESQUELETO HUMANO
  • VÁRIAS PATOLOGIAS
  • Patologias
  • MEDULA ESPINHAL
  • Conceito
  • Principais funções da medula espinhal
  • Lesões Relacionadas a Acidentes
  • PRIMEIROS SOCORROS PRÁTICA
  • PRIMEIROS SOCORROS
  • Sinais Vitais
  • Pressão alta
  • CHOQUES
  • Energia Elétrica
  • CHOQUES ELÉTRICOS
  • Categorias de choque elétrico
  • É a voltagem ou a corrente que fará mal?
  • CURIOSIDADE
  • EFEITOS E CONSEQUÊNCIAS
  • EFEITOS E CONSEQUÊNCIAS DO CHOQUE
  • Resultados Esperados após o socorro
  • Prevenção
  • ENVENENAMENTOS
  • Ofidismo(COBRAS)
  • Ofidismo
  • Envenenamento Botrópico - Jararacas
  • Envenenamento Laquético - Surucucus
  • Envenenamento Crotálico
  • Envenenamento Elapídico - Corais
  • Como prevenir acidentes com animais peçonhentos
  • CASOS EM QUE SE DEVE SUSPEITAR DE ENVENENAMENTO
  • ESCORPIÕES
  • Aranhas
  • A Loxosceles (aranha marrom)
  • A Lycosa (tarântula)
  • COMO EVITAR ACIDENTES POR ARANHAS E ESCORPIÕES
  • Tratamento da PCR
  • Reanimação Cardiopulmonar em Crianças
  • As Convulsões
  • Convulsões
  • Contusão
  • Entorse
  • Luxações
  • ATENÇÃO
  • Algumas fotos
  • SOBRE:Curativos em Feridas
  • Feridas e Curativos
  • Pele
  • Feridas
  • Classificação das Feridas
  • CICATRIZAÇÃO
  • Fases da Cicatrização
  • CONCEITUANDO ÚLCERAS POR PRESSÃO
  • ÚLCERAS POR PRESSÃO
  • O QUE DEVEMOS OBSERVAR
  • LEITO DA ÚLCERA
  • BORDA DA ÚLCERA
  • ÁREA PERI- LESIONAL
  • CARACTERÍSTICAS DO EXSUDATO
  • MENSURAÇÃO DA ÚLCERA
  • TIPOS DE DESBRIDAMENTO DAS ÚLCERAS POR PRESSÃO
  • Cicatrização é uma questão de tempo
  • Uma questão de vontade e oportunidade