Curso Online de Princípios Gerais de Assepsia Médica e Cirúrgica
4 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Princípios Gerais de Assepsia Médica e Cirúrgica

Assepsia é o conjunto de medidas utilizadas para impedir a penetração de microrganismos em local que não os contenha (contaminação). Cur...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Assepsia é o conjunto de medidas utilizadas para impedir a penetração de microrganismos em local que não os contenha (contaminação).

Curso voltados à estudantes e profissionais de enfermagem.

Técnica em enfermagem, graduanda em medicina veterinária e estagiária do laboratório de microbiologia médica do campus Penha da Universidade Castelo Branco.


- Zenilda Alves Pessanha

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Princípios Gerais de Assepsia Médica e Cirúrgica

    princípios gerais de assepsia médica e cirúrgica

    taís maria barbosa de lima
    técnica em enfermagem
    graduanda em medicina veterinária

  • Introdução

    introdução

    assepsia é o conjunto de medidas utilizadas para impedir a penetração de microrganismos em local que não os contenha (contaminação).
    podemos dividí-la em dois tipos: assepsia médica e assepsia cirúrgica.

  • Assepsia Médica

    assepsia médica

  • são técnicas básicas para quebrar a cadeia de infecção. devem ser usadas diariamente para evitar as infecções e controlar a sua disseminação.
    segundo bruce b. duncan: “a assepsia médica é a redução do número e da possibilidade de transferência de germes patogênicos em uma área em particular do ambiente” (1992).

  • em uma limpeza adequada, a desinfecção e a esterilização de objetos contaminados significativamente reduzem e geralmente eliminam os microorganismos. nos hospitais, normalmente a central de material esterilizado (cme) desinfeta e esteriliza os suprimentos reutilizáveis. porém em alguns hospitais não existe uma cme e sim uma semicentral de esterilização, pois o material é preparado na própria enfermaria, ficando o setor de esterilização responsável apenas pelo ato de esterilizar o material.

  • Assepsia Cirúrgica

    assepsia cirúrgica

  • também chamada de técnica estéril exige que a equipe de enfermagem utilize diferentes precauções em relação à assepsia médica.
    segundo bruce b. duncan : “a assepsia cirúrgica é a eliminação de todos os microorganismos de uma área ou campo em particular(...). e o uso de métodos adequados para proteger a áreas ou campo estéreis”.

  • a assepsia cirúrgica exige a ausência de todos os microorganismos, incluindo os patógenos e os esporos, de um objeto. a menor falha na técnica asséptica resulta em contaminação.
    o profissional de saúde deverá agir com o objetivo de evitar a contaminação dos objetos e do paciente.

  • Cuidados básicos para manter a técnica estéril

    cuidados básicos para manter a técnica estéril

    colocação de máscara, protetor ocular e touca.
    realização da degermação cirúrgica das mãos.
    colocação de capote e luvas estéreis.

  • Princípios da assepsia cirúrgica

    princípios da assepsia cirúrgica

    um objeto estéril permanece estéril apenas quando tocado por outro objeto estéril.
    apenas objetos estéreis podem ser colocados sobre um campo estéril.
    se um pacote que está furado, rompido, úmido ou aberto, não está estéril.
    um objeto ou campo estéril fora do campo de visão ou um objeto mantido abaixo da cintura está contaminado. jamais devemos virar as costas para bandeja estéril.
    um objeto ou campo estéril torna-se contaminando pela exposição prolongada ao ar.
    as bordas de um campo ou recipiente estéril são consideradas contaminadas.

  • Principais controles assépticos

    principais controles assépticos

    banho.
    troca de curativos.
    artigos contaminados.
    agulhas contaminadas.
    mesa de cabeceira.
    soluções engarrafadas.
    feridas cirúrgicas.
    drenagem.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Princípios Gerais de Assepsia Médica e Cirúrgica
  • Introdução
  • Assepsia Médica
  • Assepsia Cirúrgica
  • Cuidados básicos para manter a técnica estéril
  • Princípios da assepsia cirúrgica
  • Principais controles assépticos
  • Lembre-se!
  • Controle Asséptico
  • Lavagem das mãos
  • Quando Lavar as Mãos
  • O uso do sabão ideal
  • Técnica de enluvamento estéril das mãos
  • Desprezo da luva usada
  • Objetos contaminados
  • Classificação de artigos ou objetos quanto ao potencial de contaminação
  • Artigos críticos
  • Artigos semi-críticos
  • Artigos não-críticos
  • Limpeza
  • Etapas da Limpeza
  • Desinfecção
  • Esterilização
  • Alguns processos de esterilização
  • Calor úmido ou seco
  • Radiação
  • Gás óxido de etileno
  • Água em ebulição
  • “A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!” - Florence Nightingale