Curso Online de Sistema Digestório e Respiratório

Curso Online de Sistema Digestório e Respiratório

Sistema Digestório e Respiratório

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 30,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Sistema Digestório e Respiratório

Fênix Cursos LTDA Cursos e Treinamentos! ---------------------- Phoenix Courses LTDA - Courses and Training!



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Sistema Digestório

    Sistema Digestório

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    A ingestão de alimentos é um ato voluntário cuja freqüência, duração, natureza e volume do material dependem do hábito alimentar.
    Regulação da ingestão dos alimentos;

    Completada a etapa de crescimento, o peso corporal é
    mantido relativamente constante como conseqüência da
    regulação da alimentação necessária: manutenção das
    homeostasia.

  • Centros e controles da fome e saciedade

    Centros e controles da fome e saciedade

    As sensações de fome e saciedade são complexas e incluem
    vias neurais e hormônios.

    A área hipotalâmica ventromedial (inibitória: centro da saciedade).
    A área hipotalâmica lateral (facilitatória; centro do apetite ou fome).

    Quando o alimento é ingerido (curto prazo): libera-se CCK e GLP-1 (peptídeo semelhante ao glucagon) liberados por células neuroendócrinas do intestino. Estimulam o centro da saciedade, inibindo a fome.
    A regulação em longo prazo: participação do hormônio leptina (células adiposas).
    Experimentos: gatos cirurgiados com retirada da ventromedial e lateral. Resultados.

  • Glândulas Salivares

    Glândulas Salivares

    Tipos glandulares;
    Composição;
    Função da saliva;
    Controles da secreção.

  • DEGLUTIÇÃO

    DEGLUTIÇÃO

    Fases:
    Preparatória oral – voluntária;
    Faríngea: suspensão da respiração (voluntária/ involuntária);
    Esofágica – involuntária.

  • Figura: Principais eventos do reflexo da deglutição

  • Controles das funções do TGI

    Controles das funções do TGI

    Controles neurais:
    Sistema Nervoso entérico;
    Sistema nervoso autônomo.

    Controles hormonais:
    Hormônios gastrintestinais

  • Controles hormonais

    Controles hormonais

  • Secreção Gástrica

    Secreção Gástrica

  • Fase Cefálica: é iniciada e modulada pelo nervo vago. A estimulação vagal atua com a participação da Acetilcolina liberada e do sistema nervoso entérico, iniciando a secreção do ácido clorídrico e de gastrina. A presença de ácido, aminoácidos e de peptídeos acoplada a distensão (presença do alimento) estimula a fase seguinte da secreção gástrica chamada de Fase Gástrica.

    Fase Cefálica: é iniciada e modulada pelo nervo vago. A estimulação vagal atua com a participação da Acetilcolina liberada e do sistema nervoso entérico, iniciando a secreção do ácido clorídrico e de gastrina. A presença de ácido, aminoácidos e de peptídeos acoplada a distensão (presença do alimento) estimula a fase seguinte da secreção gástrica chamada de Fase Gástrica.

  • Fase Gástrica:

    Fase Gástrica:

    Presença do alimento no estomago;
    Estimulação de mecanorreceptores;
    Presença de secretagogos (presentes nos alimentos ou produzidos no estomago): Peptonas ( que são mistura de aminoácidos e peptídeos).

    Hormônio Gastrina: ao lado da Acetilcolina é um dos principais mediadores da resposta secretora gástrica.

    Distensão gástrica + peptonas: sobre os receptores gástricos Sinais aferentes e eferentes via nervo vago.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Sistema Digestório
  • INTRODUÇÃO
  • Centros e controles da fome e saciedade
  • Glândulas Salivares
  • DEGLUTIÇÃO
  • Controles das funções do TGI
  • Controles hormonais
  • Secreção Gástrica
  • Fase Cefálica: é iniciada e modulada pelo nervo vago. A estimulação vagal atua com a participação da Acetilcolina liberada e do sistema nervoso entérico, iniciando a secreção do ácido clorídrico e de gastrina. A presença de ácido, aminoácidos e de peptídeos acoplada a distensão (presença do alimento) estimula a fase seguinte da secreção gástrica chamada de Fase Gástrica.
  • Fase Gástrica:
  • Secreção de ácido pelas células parietais mediadas por mecanismos neurais e endócrinos. As células ECL (as células cromafins) liberam histamina atuando sinergicamente com acetilcolina e gastrina estimulam a secreção.
  • Mecanismos de defesa da mucosa: a mucosa e a submucosa gástrica são protegidas de lesão química por uma barreira muco-bicarbonato (neutraliza o H+ gástrico) e pelas “junções fechadas” epiteliais.
  • Digestão e absorção gástrica
  • Absorção de nutrientes
  • Organização geral do TGI: tipos de mucosas.
  • Digestão e absorção de carboidratos Ocorrem principalmente no duodeno e jejuno. Principais oligossacaridases da borda em escova.
  • Proteases e peptidases: As proteases pancreáticas convertem as proteínas em oligopeptídeos. As peptidases da borda em escova convertem os oligopeptídeos em aminoácidos.
  • Circulação enteroepática da bile. No intestino delgado, os sais biliares primeiramente emulsificam as gorduras da dieta e formam micelas mistas com os produtos da digestão. No íleo terminal os ácidos biliares são reabsorvidos. 15 a 35% do total são excretados/dia fezes
  • Intestino grosso
  • Tipos de movimentos
  • Absorção e Secreção
  • SISTEMA RESPIRATÓRIO
  • Volumes pulmonares:
  • Capacidades pulmonares
  • Intensidades da ventilação:
  • Mecânica Respiratória:
  • Trocas gasosas:
  • Regulação da respiração.
  • O centro respiratório
  • Controle químico da respiração.
  • Quimioreceptores centrais
  • FIM