Curso Online de Sistematização da Assistência de Enfermagem nas Doenças Respiratórias

Curso Online de Sistematização da Assistência de Enfermagem nas Doenças Respiratórias

Este curso oferece ao profissional de enfermagem um amplo aspecto de abordagens nas infecções respiratórias,colocando em prática o proces...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 100,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso oferece ao profissional de enfermagem um amplo aspecto de abordagens nas infecções respiratórias,colocando em prática o processo de enfermagem e consequentemente contribuindo para valorização do paciente.

Enfermeira especialista em Enfermagem do Trabalho e docência do Ensino Médio;Cursando Especialização em Gestão em Saúde.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

    sistematização da assistência de enfermagem nas doenças respiratórias

    enf.ª adriane duarte amorim costa

  • tuberculose pulmonar

  • a tuberculose – tb é uma doença infecciosa que afeta principalmente o parênquima pulmonar, podendo ser transmitida para os rins, meninges, ossos e linfonodos, sendo causada pelo agente infeccioso mycobacterium tuberculosis e é a principal causa de morte por doença infecciosa no mundo principalmente em portadores de hiv.

  • as bactérias são transmitidas através das vias aéreas até os alvéolos, onde são depositadas e começam a se multiplicar.

    o sistema imune do corpo responde iniciando uma reação inflamatória. os fagócitos a englobam e os linfócitos lisam as bactérias. essa reação tissular resulta no acúmulo do exsudado nos alvéolos, provocando a broncopneumonia, iniciando a infecção entre 2 a 10 semanas depois da exposição.

  • manifestações clínicas:

    os sinais e sintomas são insidiosos. febre baixa, tosse produtiva ou não, hemoptise, sudorese noturna, fadiga e perda de peso.

  • processo de enfermagem:

    história e exame físico: avaliação da função respiratória, frêmito, egofonia, os linfonodos podem ser apalpados.

  • diagnóstico de enfermagem:

    eliminação traqueobrônquica ineficaz relacionada às secreções traqueobrônquica copiosas.

    déficit de conhecimento relacionado ao regime de tratamento e às medidas de saúde preventivas e ao gerenciamento individual ineficaz do regime terapêutico (não adesão).

    intolerância a atividades relacionada com a fadiga, estado nutricional alterado para menos e hipertermia.

  • planejamento:

    inclui a manutenção da permeabilidade das vias aéreas.

    conhecimento sobre a doença, regime de tratamento e sua adesão.

  • prescrição de enfermagem:

    drenagem postural.
    exercícios respiratórios.
    orientações gerais sobre autocuidados.

  • resultados esperados:

    via aérea permeável.
    conhece o tratamento aderindo a este.
    participa das medidas de prevenção e adere às recomendações.
    mantém sua atividade agendada.
    não exibe complicações: ex. peso adequado.

  • insuficiência respiratória aguda

    existe quando a troca do oxigênio por dióxido de carbono nos pulmões não consegue se compatibilizar com a velocidade de consumo do oxigênio e a produção do dióxido de carbono pelas células do corpo.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 100,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS
  • SINDROME DA ANGUSTIA RESPIRATÓRIA AGUDA (SARA)
  • DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA (DPOC)
  • ENFISEMA
  • ASMA
  • Referências Bibliográficas