Curso Online de TCE - TRAUMATISMO CRANIOENCEFALICO II

Curso Online de TCE - TRAUMATISMO CRANIOENCEFALICO II

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

TCE

ESPECIALISTAS EM ENFERMAGEM; BACHAREIS EM ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA; Experiência em: -Urgência e Emergência, -Clinica Médica, -Clinica Círurgica, -UTI, -Oncologia, -Nefrologia e -SAÚDE PUBLICA E ETC; PROFESSORES DE CURSOS TECNICO DE ENFERMAGEM EM DIVERSAS ÁREAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • tce - TRAUMATISMO CRANIO-ENCEFÁLICO

    tce - traumatismo cranio-encefálico

    enf.:marcelo neves

  • meu nome é marcelo neves sou enfermeiro graduado pela faculdade de enfermagem e obstetricia da ufpel; pos graduado em enfermagem do trabalho pela uninter ;

  • atuo na sociedade portuguesa de beneficencia de pelotas, na ala cirurgica do sus;
    membro eleito da cipa do hospital 3º mais votado gestão 2010/2011.

  • DEFINIÇÃO

    definição

    :
    define-se como tce toda e qualquer lesão que envolva anatomicamente desde o couro cabeludo até o parênquima encefálico.

  • EPIDEMIOLOGIA

    epidemiologia

    :
    aproximadamente 1,6 milhão atendimentos por tce ocorrem por ano;
    desses cerca de 500.000 são de lesões cerebrais traumáticas;
    dos 500.000 atendimentos, 80% são de lesões leves e 20% de lesões moderadas a graves;
    a taxa de mortalidade das lesões moderadas e graves são de 10% e 30% respectivamente;
    dos pacientes que sobrevivem, entre 50% a 90% apresentam algum tipo de lesão neurológica permanente;
    o tce é responsável por 50 % das mortes por trauma

  • epidemiologia:
    o paciente com tce tem 32,8% de probabilidade de apresentar outro
    traumatismo associado que possa contribuir com o resultado final;
    as colisões automobilísticas consistem na principal causa de tce no indivíduo com idade inferior a 65 anos;
    nos idosos, as quedas constituem a principal causa de tce;
    tem crescido, no brasil principalmente, o tce por ferimento por arma de fogo;
    a maneira como o caso é conduzido desde os primeiros momentos após o acidente influi grandemente no resultado final;

  • ANATOMOFISOPATOLOGIA:

    anatomofisopatologia:

    mecanismo do tce:
    as forças de impacto e inercial, quando aplicadas ao crânio, podem gerar deformações (compressão, tensão e/ou cisalhamento).
    as forças de impacto são responsáveis por efeitos locais na superfície. ex.: laceração do couro cabeludo, fratura do crânio, hematoma epidural, etc.
    as forças inercial determina efeitos difusos. ex.: contusões, hematoma subdural e lesão axonal difusa.

  • anatomofisiopatologia:
    lesão cerebral primária: ocorre no momento do trauma (trauma direto no encéfalo associado com lesões vasculares). ex.: contusões, lacerações e lesão axonal difusa (lad).
    lesão cerebral secundária: é determinada por processos complicadores, que se iniciam no momento do trauma,

  • CLASSIFICAÇÃO DAS LESÕES:

    classificação das lesões:

    lesões focais: lesões do escalpo, fraturas de crânio, contusões cerebrais, hematomas intracranianos, etc.
    lesões difusas: lad, lesão cerebral hipóxica, inchaço cerebral difuso e hemorragias petequiais múltiplas cerebrais.

  • CLASSIFICAÇÃO DO TCE:

    classificação do tce:

    aberto: há exposição (rompimento) da dura máter ou parênquima.
    fechado: outras entidades.
    grave: escore de coma de glasgow (ecg) for igual ou menor que 8.
    moderado: ecg acima de 9.
    leve: quando não altera a ecg.

  • PRINCIPAIS LESÕES:

    principais lesões:

    – lesão do couro cabeludo:
    escoriações
    contusão
    equimose
    laceração


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • tce - TRAUMATISMO CRANIO-ENCEFÁLICO
  • DEFINIÇÃO
  • EPIDEMIOLOGIA
  • ANATOMOFISOPATOLOGIA:
  • CLASSIFICAÇÃO DAS LESÕES:
  • CLASSIFICAÇÃO DO TCE:
  • PRINCIPAIS LESÕES:
  • OBS:
  • FATORES SISTÊMICOS QUE PODEM LEVAR À LESÃO
  • HIPERTENSÃO INTRACRANIANA:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO
  • SINAIS DE ALERTA DE PISSÍVEL AUMENTO DA PIC E DE HERNIAÇÃO:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO
  • AVALIAÇÃO NEUROLÓGICA:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO
  • A – VIAS AÉREAS:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO
  • B – RESPIRAÇÃO:
  • C – CIRCULAÇÃO:
  • ESTADO NEUROLÓGICO:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO
  • EXAME SECUNDÁRIO:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO TRANSPORTE:
  • TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO