Curso Online de Práticas Especiais E Complementares  De Acupuntura.

Curso Online de Práticas Especiais E Complementares De Acupuntura.

A Acupuntura é uma prática milenar exercida há mais de 5.000 anos na China - idealizada dentro do contexto global da filosofia chinesa e...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 108,99
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído


A Acupuntura é uma prática milenar exercida há
mais de 5.000 anos na China
- idealizada dentro do contexto global da filosofia chinesa embasada no Taoísmo
(tradição espiritual que propõe o retorno do homem a um estado de consciência e
vida plena, Tao) e das concepções filosóficas e fisiológicas que norteiam a Medicina
Tradicional Chinesa. Tanto a Acupuntura quanto as técnicas complementares a ela,
como moxabustão, ventosaterapia, sangria, auriculoterapia, massoterapia e muitas
outras, fazem parte da antiga Medicina Tradicional Chinesa.
Na Acupuntura, a concepção dos Canais de Energia (Meridianos) e dos Pontos de
Acupuntura, o diagnóstico energético e o tratamento baseiam-se nos conceitos do
Yin e doYang ; dos Cinco Elementos; do Qi (Energia); do Xue (Sangue) e da Teoria
dos Zang Fu (Órgãos/Vísceras).
A Acupuntura reúne conhecimentos técnicos, teóricos e empíricos e consiste,
tradicionalmente, na estimulação de pontos de energia específicos no corpo mediante
a inserção de agulhas.
O ser humano é considerado como um complexo de energia vital (Qi) e vários
sistemas no organismo regulam o fluxo dessa energia através de muitos pontos de
controle. Os pontos de Acupuntura, estimulados corretamente, provocam a restauração do equilíbrio alterado no decorrer da enfermidade ou do desequilíbrio energético, fazendo com que o próprio corpo recupere seu equilíbrio orgânico funcional e promova a sua autocura.

*TERAPEUTA NATURALISTA E MASSAGISTA. *TÉCNICO EM MEDICINA CHINESA, *TÉCNICO EM MEDICINA AYURVEDA *TÉCNICO EM MEDICINA E TIBETANA *CONSULTOR PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA. *CONSULTOR INTELIGÊNCIA EMOCIONAL APLICADA EM SALA DE AULA. *TÉCNICO EM LEITURA DINÂMICA ,MAPAS MENTAIS E APRENDIZAGEM ACELERADA. *FORMADO EM QUÍMICA / BIOLOGIA



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Práticas Especiais
    De Acupuntura

  • Introdução.

    Introdução.

    Pontos de acupuntura.

    Os pontos de acupuntura são regiões dentro da circulação energética nas quais podemos interferir na “energia” vital (QI).
    Nos pontos de acupuntura encontramos principalmente energia nutritiva.
    Estudos histológicos dos pontos de acupuntura verificaram um suprimento nervoso e vascular bastante aumentado se comparado com os tecidos circunvizinhos.
    Muito se evoluiu da MTC, em especial a acupuntura, desde os primórdios da civilização chinesa, das antigas agulhas de bambu até a laser acupuntura.

  • Fatores que interferem na Obtenção do QI.

    Cada ponto de acupuntura desperta uma sensação que é camada de HIBIKI(Deqi),esta sensação corresponde ao despertar do QI pela agulha de acupuntura alguns fatores são de fundamental importância para a obtenção do HIBIKI:
    Localização do ponto.
    Profundidade da inserção.
    Manipulação da agulha.
    Sensibilidade do paciente.

  • Tipos de agulhas.

    Tipos de agulhas.

    Existem agulhas de varias formas e cada qual com uma função específica,no quadro abaixo temos alguns exemplos de agulhas que eram usadas pelos chineses antigos,sendo que algumas delas são utilizadas até hoje.

    As agulhas variam de comprimento e diâmetro, as agulhas que usamos variam de 0.15 a 0.34 mm diâmetro e o comprimento varia entre 30 e 100 mm.

    Podemos encontrar agulhas de diversos materiais:aço, ouro e prata são os mais usados.

  • As agulhas chinesas, japonesas e coreanas são identificadas pelo cabo e há diferença de preço entre elas.

    A agulha é dividida em : Ponta, cabo, base, corpo.

    - Existem agulhas de vários tamanhos, espessuras e materiais a utilização delas vai variar com o objetivo proposto no tratamento.

  • A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    Constituição do paciente.
    Em pacientes magros geralmente aprofunda-se menos a agulha até mesmo pela pouca quantidade de tecidos moles,já em pacientes obesos a agulha é inserida mais profunda pois o tecido adiposo faz com que o RIBIKI seja encontrado em uma profundidade maior.

    Idade do paciente.
    Em pacientes idosos alguns cuidados devem ser tomados pois o envelhecimento torna a pele mais frágil e também há uma maior fragilidade capilar e flacidez muscular.
    Em crianças devemos tomar cuidados para que não sejamos surpreendidos por:
    Quebra da agulha.
    Aprofundar demasiadamente a agulha.

  • A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    Condição patológica.
    Condições exteriores são atingidas mais superficialmente.

    Um mesmo ponto pode ser inserido com profundidade e ângulo diferente de acordo com a patologia por exemplo:
    PONTO E7
    Inserção perpendicular com 1,5 polegadas de profundidade tratando neuralgia do trigêmio.
    Inserção Obliqua postero-anterior 0,8 a 1 polegadas para inflamação da articulação temporomandibular.
    Inserção Horizontal ao longo da mandíbula em direção aos maxilares com 2 polegadas para dor de dente.

  • A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores:

    Localização do ponto.
    Pontos nas extremidades são mais superficiais que os proximais.
    Pontos em áreas nobres requerem maiores cuidados para serem aprofundados.
    Pontos na cabeça.

  • Inserção Passo a Passo.

    Inserção Passo a Passo.

    1° passo - Fazer devida assepsia das mãos e da região onde será inserida a agulha.
    2° passo - Localizar devidamente o ponto,se necessário demarca-lo com caneta dermográfica.
    3° passo – Segurar a agulha pelo cabo e inseri-la pelo cabo no mandril sendo que a outra extremidade do mandril estará obstruída pelo seu indicador.
    4° passo – Posicionar a agulha dentro do mandril de forma que a ponta fique inclusa.
    5° passo – Encostar o mandril no ponto escolhido e inserir a agulha com sei indicador.
    6° passo – Retirar o mandril estabilizando a agulha e estimular com a técnica apropriada.

  • Ângulo de inserção.

    Ângulo de inserção.

    O ângulo de inserção da agulha depende da área de aplicação e do efeito esperado com a terapia.

    Temos três angulações utilizadas:

    Perpendicular – É utilizada quando há uma grande massa muscular na área do ponto.

    Obliqua - Entre 30 e 60° - Este tipo de inserção é utilizado par Tratamento de áreas mais sutis do corpo ou para direcionar a energia no canal.

    Transversa – Entre 10 e 20° - É utilizada quando a área do ponto apresenta muito pouco tecido mole e também em pontos de união.

  • Técnicas de manipulação da agulha.

    Técnicas de manipulação da agulha.

    Inserção Simples – A agulha é inserida e retirada após o tempo determinado.

    Rotação – Gira-se a agulha para o lado pretendido e retona-se ao ponto de partida,a rotação nunca será maior de 360°.

    Picada – A agulha é aprofundada e superficializada.

    Inserção intermitente – A inserção é feita até um certo ponto e depois é inserida mais um pouco.

    Vibração – Movimentos leves e pendulares.

    Raspagem – A pele não é perfurada é apenas estimulada ( usada em crianças.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 108,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Introdução
  • Tipos de agulhas
  • A profundidade da inserção depende dos seguintes fatores
  • Inserção Passo a Passo
  • Ângulo de inserção
  • Técnicas de manipulação da agulha
  • Técnicas de Tonificação com Agulhas
  • Técnicas de sedação com agulhas
  • Quando tonificar e sedar
  • Concepções patogênicas da Acupuntura
  • Abordagem e padrões em Medicina Chinesa
  • Seis profundidades
  • Quatro níveis
  • Oito princípios
  • Shu antigos
  • Pontos de Acupuntura -ideogramas chineses
  • Homem de Bronze
  • Pontos de Acupuntura Classificação
  • Pontos de Acupuntura- Pontos Regulares
  • Pontos de Acupuntura- Pontos Extras
  • Pontos de Acupuntura- Pontos Dolorosos
  • Pontos de Acupuntura- Nomenclatura Chinesa
  • Pontos de Acupuntura- Nomenclatura Ocidental
  • Pontos Regulares
  • Ciclo Sheng
  • Ciclo Ke
  • Pontos Yuan
  • Indicações dos Pontos Yuan
  • Vasos extraordinários - Vaso Governador
  • Vasos maravilhosos- Vaso diretor
  • Vasos extraordinários- Vaso penetrador
  • Vasos extraordinários- Vaso das cinturas
  • Pontos de transporte posterior (Back Shu)
  • Pontos distais e locais de acordo com áreas específicas
  • Vasos maravilhosos-aprofundamento
  • Vasos maravilhosos-Esquema
  • Vasos maravilhosos-Descrição
  • Vasos maravilhosos-tratamento
  • Vasos maravilhosos-sintomas
  • Vasos maravilhosos-lombalgias
  • PRÁTICAS
  • Ficha de Prática N° 1
  • Ficha de Prática N° 2
  • Ficha de Prática N° 3
  • Ficha de Prática N° 4
  • Ficha de Prática N° 5
  • Como tratar um paciente desmaiado
  • Sangria - Agulha de três pontas
  • Agulha de 7 pontas (flor de ameixeira)
  • Gua-Sha