Curso Online de Exame Físico

Curso Online de Exame Físico

A semiologia (propedêutica ou semiótica) de enfermagem, consiste no levantamento e estudo dos dados significativo...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A semiologia (propedêutica ou semiótica) de enfermagem, consiste no levantamento e estudo dos dados significativos de enfermagem, expressos pelas reações ou respostas bio-psico-sócio-espirituais e informações provenientes de exames, medicamentos e cirurgias.

Mestre em Ensino na Saúde - UFF Especialista em Educação a Distância - UFF Especialista em Ativação de Processos de Mudanças na Formação Superior em Saúde - ENSP Especialista em Formação Pedagógica - ENSP Especialista em CTI Cardiológico - UFF Pós graduanda em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos - ENSP lattes: http://lattes.cnpq.br/2401227655072032 Professora do ensino médio em enfermagem e preparatório para concursos. Enfermeira assistencial do setor de Pediatria.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Profª Adriane das Neves e-mail: adrianeneves@bol.com.br

    profª adriane das neves e-mail: adrianeneves@bol.com.br

    1

    exame físico para a enfermagem

  • 2

    avaliação geral

    o exame deve ser céfalo-caudal;
    sempre inspecionar, palpar, percutir e auscultar, com exceção do abdome;
    verificar simetria de ambos os lados do corpo;
    proceder a educação e orientação ao autocuidado;
    usar abreviaturas e termos técnicos nas orientações;
    considerar fatores que enfureciam nos sinais vitais.

  • Semiologia e Semiotécnica

    semiologia e semiotécnica

    3

    a semiologia (propedêutica ou semiótica) de enfermagem, consiste no levantamento e estudo dos dados significativos de enfermagem, expressos pelas reações ou respostas bio-psico-sócio-espirituais e informações provenientes de exames, medicamentos e cirurgias.

    a semiotécnica consiste na descrição das técnicas usadas na execução do procedimento de exame físico.
    a técnica propedêutica de enfermagem é baseada nos procedimentos de inspeção, palpação, percussão e ausculta.

  • Exame físico Geral

    condições básicas:

    respeito ao cliente
    local
    iluminação
    posição do cliente
    manutenção da privacidade do paciente
    postura profissional
    conhecimento prévio de anatomia, fisiologia, fisiopatologia, terminologias, elementos semiológicos entre outros.

    exame físico geral

    4

  • Exame físico Geral

    instrumentos básicos

    estetoscópio
    esfigmomanômetro
    termômetro clínico
    abaixador de língua
    balança antropométrica
    fita métrica
    otoscópio
    lanterna
    martelo para reflexo
    luvas (em caso de precaução de contato)

    exame físico geral

    5

  • Técnicas de Exame Físico

    técnicas de exame físico

    6

    inspeção

    palpação

    percussão

    ausculta

  • 7

    linhas

  • 8

    inspeção : é a exploração feita usando-se do sentido da visão. investiga-se a superfície corporal e as partes mais acessíveis das cavidades em contato com o exterior.
    pode ser: panorâmica (visão do corpo inteiro – para avaliar transtornos do desenvolvimento físico ou dismorfias) ou localizada (segmentos corporais). pode ser efetuada a olho nu ou com auxílio de uma lupa.

    através dela avalia-se também aspectos emocionais e mentais do paciente. semiotécnica: iluminação adequada, privacidade, descobrir a região desejada, foco luminoso em cavidades.

    a inspeção pode ser feita de duas maneiras: inspeção frontal: quando se olha frente a frente à região examinada (modo padrão); e inspeção tangencial: maneira correta para pesquisar movimentos mínimos da superfície corporal tais como pulsações ou ondulações e pequenos abaulamentos ou depressões.

    quando não examinamos: “cometemos mais erros por não olhar do que por não saber”. ex: herpes zoster, câncer de pênis, uretrite.

  • 9

    palpação: a palpação recolhe dados do tato e pressão. através da
    palpação percebem-se modificações da textura, espessura, consistência,
    sensibilidade, volume, dureza, além da percepção de frêmito (ruído, atrito),
    flutuação, elasticidade e edema.
    semiotécnica: mãos aquecidas, unhas curtas e limpas, mãos secas.

    técnicas:
    palpação com a mão espalmada, usando-se toda palma de uma ou duas mãos.
    palpação de uma das mãos sobrepondo-se a outra.
    palpação com a mão espalmada, usando apenas as polpas digitais e a parte ventral
    dos dedos.
    palpação com a borda da mão.
    palpação usando-se o polegar e o indicador, formando uma “pinça”.
    palpação com o dorso dos dedos ou das mãos (procedimento específico para avaliar
    a temperatura).

    digitopressão: realizada com a polpa do polegar ou do indicador. consiste na compressão de uma área com diferentes objetivos: pesquisar a existência de dor, avaliar a circulação cutânea, detectar a presença de edema.

  • 10

    puntipressão: consiste em comprimir com um objeto pontiagudo um ponto do corpo. é usada para avaliar a sensibilidade dolorosa e analisar telangiectasias tipo aranha vascular.

    vitropressão: feita com ajuda de uma lâmina de vidro que é comprimida sobre a pele, analisando a área através da própria lâmina. utilizada para distinguir eritema de púrpura.

    fricção com algodão: com uma mecha de algodão, roça-se de leve um segmento cutâneo, procurando ver como o paciente se sente.

    pesquisa de flutuação: aplica-se o dedo indicador da mão esquerda de um lado da
    tumefação, enquanto o da outra mão, colocado no lado oposto, exerce sucessivas
    compressões perpendicularmente à superfície cutânea. havendo líquido, a pressão
    determina um leve rechaço do dedo da mão esquerda, ao que se denomina flutuação.

    palpação bimanual combinada: exame das glândulas salivares, quando o dedo indicador da mão direita é introduzido na boca enquanto as polpas digitais dos outros dedos, exceto o polegar, da outra mão, fazem palpação da área externa de projeção da glândula. utilizada também no exame ginecológico com palpação da região suprapúbica.
    .

  • 11

    palpação abdominal: decúbito dorsal da mão e mão espalmada. avalia o estado da parede, condições anatômicas e alterações das vísceras, explora a sensibilidade abdominal.
    4 etapas:

    1.palpação superficial: sensibilidade, resistência, continuidade, pulsações
    (fenômenos vasculares).

    2.palpação profunda: avalia-se órgãos e tumores (localização, forma, volume,
    sensibilidade, consistência, mobilidade e pulsatilidade).

    3.palpação do fígado.

    4.palpação do baço e outros órgãos e manobras especiais.
    palpação torácica:
    avalia-se expansividade dos ápices e das bases e simetria.
    estrutura da parede torácica (ex. fraturas).
    frêmito torocovocal: palpação normal do som emitido pela voz do paciente.
    (aumentado: consolidação (ex: pneumonia); diminuído: derrame pleural
    (ex.pneumotórax)).
     


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Semiologia e Semiotécnica
  • Exame físico Geral
  • Técnicas de Exame Físico
  • Exame físico Geral
  • Revisão - Exame Físico Geral