Curso Online de SUS - SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
5 estrelas 20 alunos avaliaram

Curso Online de SUS - SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 9 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 1800 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS

RAFAELA ALVES DE CARVALHO Ensino Superior concluído em 2014 Curso: Serviço Social Faculdade de Ciências, Cultura e Extensão do Rn FACEX Cursando Pós Graduação 2014. Em Saúde Publica - Politica, Planejamento e Gestão. Faculdade Estácio Fatern. Curso Tecnológico concluido em 2008 .Em Biodiagonóstico Colégio Politécnico Ego Sum


- Angelica Maria Dos Santos Silva

- Tulio Gonçalves Miranda

- Jessica Rodrigues Das Neves

- Sérgio Rios Gonçalves

- Ingrid Vale Machado

- Elisangela Araujo Santos Teles

- Christian Resende Dos Santos

- Anna Carolina Francisca Lima Soares

- Lillyanne Priscylla Pereira Trindade

- Nayana Dos Santos Silva

- Matheus Carvalho Diniz

- Daniela Aparecida Batista Vasconcelos

- Cristina Socorro Da Silva Amorim

- Maria Tarcisa De O.Braga

- Cecilia Pereira Da Silva

- Vinicius Santana Matheó Dos Santos

- Claudia Alexandra Lopes Pinheiro Vieira Braz

- Gleide De Santana Dos Anjos

- Caroline Pereira Mourão Moraes

- Luzia Dos Santos Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • sus

    sus

    RAFAELA ALVES DE CARVALHO

    SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

  • ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS

    O Sistema Único de Saúde – SUS- foi criado pela Constituição Federal de 1988 e regulamentando pelas Leis n 8080/90 (Lei Orgânica da Saúde ) e n 8142/90, com a finalidade de alterar a situação de desigualdade na assistência à saúde da população, tornando o obrigatário o atendimento público a qualquer cidadão, sendo proibidos cobranças de dinheiro só qualquer pretexto.

  • A porta de entrada do sistema de saúde deve ser preferencialmente a atenção básica (postos de saúde, centros de saúde, unidades de Saúde da Família, etc.). A partir desse primeiro atendimento, o cidadão será encaminhado para os outros serviços de maior complexidade da saúde pública (hospitais e clínicas especializadas).
     

  • A União é o principal financiador da saúde pública no país metade dos gastos é feita pelo governo federal, a outra metade fica por conta dos estados e municípios. A União formula políticas nacionais, mas a implementação é feita por seus parceiros (estados, municípios, ONGs e iniciativa privada).

  • Quando o município não possui todos os serviços de saúde, ele pactua (negocia e acerta) com as demais cidades de sua região a forma de atendimento integral à saúde de sua população. Esse pacto também deve passar pela negociação com o gestor estadual.

    O governo estadual implementa políticas nacionais e estaduais, além de organizar o atendimento à saúde em seu território.

  • Com o Pacto pela Saúde (2006), os estados e municípios poderão receber os recursos federais por meio de cinco blocos de financiamento:
    1 – Atenção Básica;
    2 – Atenção de Média e Alta Complexidade;
    3 – Vigilância em Saúde;
    4 – Assistência Farmacêutica;
    5 – Gestão do SUS.
    Antes do pacto, havia mais de 100 formas de repasses de recursos financeiros, o que trazia algumas dificuldades para sua aplicação.

  • ESCLARECIMENTO SOBRE O SUS

    ESCLARECIMENTO SOBRE O SUS

  • Há hierarquia no Sistema Único de Saúde entre as unidades da Federação? 
    A relação entre a União, estados e municípios não possui uma hierarquização. Os entes federados negociam e entram em acordo sobre ações, serviços, organização do atendimento e outras relações dentro do sistema público de saúde. É o que se chama de pactuação intergestores. Ela pode ocorrer na Comissão Intergestora Bipartite (estados e municípios) ou na Comissão Intergestora Tripartite (os três entes federados).

  • Qual a responsabilidade financeira do governo federal na área de saúde?
     
    • A gestão federal da saúde é realizada por meio do Ministério da Saúde.
    • O governo federal é o principal financiador da rede pública de saúde. Historicamente, o Ministério da Saúde aplica metade de todos os recursos gastos no país em saúde pública em todo o Brasil. Estados e municípios, em geral, contribuem com a outra metade dos recursos.
    • O Ministério da Saúde formula políticas nacionais de saúde, mas não realiza as ações. Para a realização dos projetos, depende de seus parceiros (estados, municípios, ONGs, fundações, empresas, etc.).
    • Também tem a função de planejar, criar normas, avaliar e utilizar instrumentos para o controle do SUS.

  •  
    Qual a responsabilidade financeira do governo federal na área de saúde?

    • A gestão federal da saúde é realizada por meio do Ministério da Saúde.
    • O governo federal é o principal financiador da rede pública de saúde. Historicamente, o Ministério da Saúde aplica metade de todos os recursos gastos no país em saúde pública em todo o Brasil. Estados e municípios, em geral, contribuem com a outra metade dos recursos.
     

  • • O Ministério da Saúde formula políticas nacionais de saúde, mas não realiza as ações. Para a realização dos projetos, depende de seus parceiros (estados, municípios, ONGs, fundações, empresas, etc.).
    • Também tem a função de planejar, criar normas, avaliar e utilizar instrumentos para o controle do SUS.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • sus
  • ESCLARECIMENTO SOBRE O SUS
  •   Agente Comunitário de Saúde
  • Alta Complexidade
  •   Assistência Farmacêutica
  • Cobertura Acesso e atendimento de saúde assegurado a uma determinada população. O conceito entende que o cidadão não precisa usar o serviço, embora este esteja pronto para recebê-lo.  
  • Órgãos vinculados
  • Referências