Curso Online de PEDOLOGIA: Formação e Tipos de Solos

Curso Online de PEDOLOGIA: Formação e Tipos de Solos

Identificar as características do solo é essencial para garantir o desenvolvimento econômico e social de um país. Faça o curso de Pedolog...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Identificar as características do solo é essencial para garantir o desenvolvimento econômico e social de um país. Faça o curso de Pedologia e adquira conhecimentos sobre a morfologia, propriedades e classificação do solo.

Licenciado em filosofia, Técnico em Hardware (Montagem e Manutenção de Computadores) Técnico em informática,Técnico em Farmácia.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • O que é pedologia?

    O que é pedologia?

    Pedologia, do grego pedon (solo, terra), é o nome dado ao estudo dos solos no seu ambiente natural  . É ramo da geografia física, e é um dos dois ramos das ciências do solo, sendo o outro a edafologia. No entanto enquanto a pedologia considera o solo como um corpo natural, um produto sintetizado pela natureza e submetido à ação de intemperismos, a edafologia imagina o solo como viveiro natural para os vegetais  .
    A pedologia estuda a pedogênese, a morfologia e a classificação de solos.

  • Origem e Formação dos Solos

    Origem e Formação dos Solos

    OBJETIVOS
    Conhecer e entender a origem dos solos;
    Identificar os processos que contribuem para a formação dos mesmos;

  • O que é solo?

    O que é solo?

    Solo é um material disposto em camadas, não consolidadas, que se estende da superfície até a rocha sólida .
    Cada área possui
    sua definição própria :
    Agronomia, geologia,
    engenharia civil, etc.

  • Linguajar comum: solo = terra = material solto, natural da crosta terrestre onde habitamos, utilizado como material de construção e de fundação das obras do homem.
    Para o hidrólogo é simplesmente o meio poroso que abriga reservatórios de águas subterrâneas.

  • Para a geologia, o termo solo significa o material inorgânico não consolidado proveniente da decomposição das rochas, o qual não foi transportado do seu local de formação.
    Chamamos de solo, em engenharia, a rocha já decomposta ao ponto granular e passível de ser escavada apenas com o auxilio de pás e picaretas ou escavadeiras.

  • Para a agronomia, o termo solo significa o material relativamente fofo da crosta terrestre, consistindo de rochas decompostas e matéria orgânica, o qual é capaz de sustentar a vida. Desta forma, os horizontes de solo para agricultura possuem em geral pequena espessura.

  • Para EMBRAPA é uma coleção de corpos naturais, constituído de partes sólidas, líquidas e gasosas, tridimensionais, dinâmicos, formados por materiais minerais e orgânicos, que ocupam a maior parte do manto superficial das extensões continentais do nosso planeta, contém matéria viva e podem ser vegetados na natureza, onde ocorrem. (EMBRAPA, 1999).

  • Horizonte O: camada orgânica superficial. É constituído por detritos vegetais e substâncias húmicas acumuladas na superfície. É bem visível em áreas de floresta e distingui-se pela coloração escura e pelo conteúdo em matéria orgânica (cerca 20%).

  • Horizonte A: camada mineral superficial adjacente à camada O. É o horizonte onde ocorre grande atividade biológica o que lhe confere coloração escurecida pela presença de matéria orgânica. Existem diferentes tipos de horizontes A, dependendo de seus ambientes de formação. É o horizonte de maior mistura mineral com húmus.

  • Mesmo sob forte intemperismo, o Horizonte A pode levar milhares de anos para se desenvolver até o ponto em que é capaz de suportar o plantio.

  • Horizonte B - Horizonte de maior concentração de argilas, minerais oriundos de horizontes superiores. É o solo com coloração mais forte, agregação e desenvolvimento.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O que é pedologia?
  • Origem e Formação dos Solos
  • O que é solo?
  • Esta decomposição e desintegração ocorre em função de:
  • Fatores que influenciam o Intemperismo
  • Clima : Chuva e Temperatura
  • Topografia
  • Influência do Intemperismo no Tipo de Solo
  • Influência do Clima no Tipo de Intemperismo
  • Solo-Paisagem
  • As figuras 1 a 11 apresentam as relações solo-paisagem, que são comuns no Brasil.
  • Solos-paisagens na região oeste paulista do Brasil.
  • Solos-paisagens na região central, Triângulo Mineiro.
  • Solos-paisagens na região centro-oeste do Estado de São Paulo do Brasil.
  • Solos -paisagens na região sul do Brasil.
  • Solos-paisagens na região sul do Brasil.
  • Solos-paisagens na região norte do Brasil.
  • Solos-paisagens na região nordeste do Brasil.
  • Solos-paisagens na região centro-oeste do Brasil.
  • Solos-paisagens na região centro-oeste do Brasil.
  • Solos-paisagens na região centro-oeste do Brasil.
  • Solos-paisagens na região centro-oeste do Brasil.
  • Textura do solo
  • Solos e ambientes de produção para o agricultor
  • Tudo começa com a
  • Formação dos solos
  • Intemperismo
  • Tipos de intemperismo
  • Intemperismo Físico (desintegração)
  • Intemperismo Físico
  • Intemperismo Químico (decomposição)
  • Intemperismo Biológico
  • Solo
  • Fatores na formação do solo
  • Horizontes e Perfil dos solos
  • Classificação e tipos de solos
  • Solos Férteis do Brasil
  • Problemas e conservação dos solos
  • Erosão
  • Lixiviação e Laterização
  • Desertificação
  • BUZZERO.COM