Curso Online de Piscicultura

Curso Online de Piscicultura

Novas pesquisas e novas técnicas de produção foram desenvolvidas no Brasil, permitindo ao piscicultor tornar a atividade mais tecnificada...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 25,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Novas pesquisas e novas técnicas de produção foram desenvolvidas no Brasil, permitindo ao piscicultor tornar a atividade mais tecnificada, mais eficiente e muito lucrativa. Este curso tem a finalidade de difundir estas técnicas que irão contribuir para o atendimento da crescente demanda por peixes no mercado interno e externo.

Formação em Agronomia (UNICENTRO), pós-graduada em Pedagogia (UNICENTRO) e Educação Ambiental (UFPR). Experiência profissional como professora em diversas áreas de Ciências Agrárias; experiência em Educação à Distância; Tutora/Monitora; Palestras; Experiência em Cooperativa, Sindicato e Empresas Agrícolas. Experiência com cursos livres onlines desde 2012. Sou autodidata e busco incansavelmente o conhecimento das mais diversas áreas e uma frase que me define "Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção." (Paulo Freire)



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • PSICULTURA

    PSICULTURA

    Professora: Scheila de Fátima Scisloski

  • Introdução

    Introdução

    A piscicultura é um dos ramos da aquicultura, que se preocupa com o cultivo de peixes, bem como de outros organismos aquáticos que vem crescendo rapidamente nos últimos anos, transformando-se numa indústria que movimenta milhões de dólares em diversos países.

  • Tipos de Piscicultura

    Tipos de Piscicultura

    A piscicultura extensiva é praticada em reservatórios de grandes dimensões, naturais ou artificiais.

    Neste sistema, o número de peixes por unidade de área é baixa, a alimentação fica restrita ao alimento naturalmente existente e não há controle sobre a reprodução.

    A piscicultura intensiva, seu principal objetivo é a produção máxima por unidade de área.

  • É desenvolvida em tanques ou viveiros especificamente construídos para tal finalidade.

    A piscicultura semi-extensiva caracteriza-se pela adoção de técnicas simples de manejo, como maior cuidado quanto à alimentação dos peixes, obtida, principalmente, pelo aumento da produção natural através da fertilização das águas, e pela aplicação da despesca, que retira do meio apenas os exemplares com peso adequado para o consumo.

    A alimentação natural pode ainda ser reforçada pelo uso de subprodutos ou alimentos baratos e facilmente encontrados.

  • Instalações, Equipamentos e Maquinários

    Instalações, Equipamentos e Maquinários

    O sucesso da piscicultura depende em grande parte da escolha do local a ser desenvolvido o projeto.

    Por isso, diversos fatores de infra-estrutura local devem ser considerados e analisados antes de sua implantação.

    Quanto aos fatores biológicos devemos observar principalmente a água em termos de quantidade e qualidade, o solo, a topografia do terreno e os fatores climáticos.

  • A quantidade de água disponível determina a população de peixes a serem estocados, porém, se a qualidade da água estiver fora dos limites requeridos pela espécie a ser cultivada, não haverá uma resposta eficiente em termos de crescimento e engorda.

    Quanto à sua origem, as águas de nascentes são as mais recomendadas para a piscicultura devido a sua qualidade superior.

  • As águas de rios, riachos e reservatórios também podem ser utilizadas, porém deve-se ter um cuidado maior devido à poluição e à presença de outros peixes.

    As águas de poço não são indicadas por serem pobres em oxigênio e seu custo de captação e bombeamento ser muito grande.

    A quantidade mínima de água necessária para a criação de peixes deve ser tal que permita encher os tanques e viveiros em pouco tempo e mantê-los com o nível de água constante durante todas as épocas do ano.

  • Essa quantidade vai depender muito da região em razão das diferenças de infiltração e evaporação, mas pode se considerar um caudal mínimo de 10 litros/s para cada hectare de área inundada.

    Caso o solo tenha excelente potencial de retenção de água, um caudal de 5 litros/s/ha durante todo o ano é suficiente.

    A qualidade da água é um dos fatores mais significativos a ser considerado na escolha do local.

  • Por isso devem ser colhidas amostras da fonte de água para realizar análises:

    Físicas:
    Coloração, turbidez, transparência, pressão atmosférica e temperatura.
    A temperatura é um dos fatores mais importantes, porque interfere no metabolismo dos peixes e nas reações biológicas, como a fotossíntese.
    Também quanto maior a temperatura, menor a taxa de oxigênio dissolvido na água.

  • Químicas:

    Sais e nutrientes como: nitrogênio, amônia, fósforo, etc, o PH e oxigênio dissolvido.

    O oxigênio é indispensável a quase todas as funções vitais.

    Como fontes de oxigênio temos o próprio vento que agitando a superfície da água faz com que esta absorva oxigênio do ar, e a fotossíntese.

  • Biológicas:

    Matéria orgânica, que quando em excesso leva a uma oxidação bacteriana que remove o oxigênio da água; "boom" de fitoplâncton e respiração de peixes e outros organismos aquáticos.
    O solo é outro fator importante na análise do projeto.
    Os solos ideais para a piscicultura são os argilosos ou areno-argilosos (com no mínimo 30% de argila), pois são impermeáveis, evitando grandes perdas de água por infiltração.
    Outra observação em relação ao solo é seu pH.
    Caso seja muito ácido ou muito básico deve ser corrigido.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PSICULTURA
  • Introdução
  • Tipos de Piscicultura
  • Instalações, Equipamentos e Maquinários
  • Criação
  • Alimentação
  • Despesca
  • Aspectos Econômicos, Comerciais e Gerenciais
  • Aquicultura
  • Cadeia Produtiva
  • Histórico
  • Viabilização da Cadeia Produtiva
  • Tilapicultura Industrial
  • Peixes para Pesque-pague
  • Peixes Ornamentais
  • Cadeias Regionais
  • Demanda
  • Exportação
  • Fornecedor de Insumos
  • Produtores de Alevinos
  • Distribuidores e Atacadistas
  • Pesquisa e Extensão
  • Legislação, Crédito e Política Oficial
  • Noções de Limnologia
  • Ambiente Aquático
  • Teia Alimentar
  • Características Físico-químicas da Água
  • Radiação Solar
  • Luminosidade
  • Zona Eufótica
  • Zona Afótica
  • Temperatura
  • Estratificação Térmica
  • Oxigênio Dissolvido
  • pH
  • Alcalinidade
  • Condutividade Elétrica
  • Nitrogênio
  • Amonificação
  • Nitrificação
  • Substâncias Tóxicas aos Peixes
  • Referências Bibliográficas