Curso Online de Recursos  Hidricos
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Recursos Hidricos

Entenda todo o tema sobre recursos hídricos e suas importâncias o aluno verá: O que são recursos hídricos, Gestão dos recursos, Legislaç...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 20 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Entenda todo o tema sobre recursos hídricos e suas importâncias o aluno verá: O que são recursos hídricos, Gestão dos recursos, Legislação sobre o assunto, e muito mais.
Indicado para profissionais e estudantes de meio ambiente, segurança do trabalho, qualidade e demais áreas de interesse.

Estude aqui na MIP CURSOS, cursos on line de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente, Medicina do Trabalho, Ergonomia, Primeiros Socorros, Prevenção e Combate a Incêndios, Prevenção de Acidentes e vários outros temas atuais, baseados em Normas Regulamentadoras, legilações e procedimentos. Conheça os desafios enfrentados no dia-a-dia e perceba que a qualificação é essencial para o perfeito funcionamento de uma grande, media ou pequena empresa. Entenda como os profissionais atualizados, qualificados e capacitados são importantes para as operações dentro de diversos estabelecimentos Industriais e Comerciais. Estude a distância e aprenda conosco. Matricule-se e comece a aplicar coisas simples na sua empresa, evitando acidentes e garantindo o bem estar dos funcionários. CORPO DOCENTE: Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Ambiental, Engº Mecânico, Engº Produção, Fisioterapeuta do Trabalho, Gestor Ambiental, Técnico Segurança do Trabalho, técnico em Enfermagem do Trabalho, Bombeiro Civil.


- André Da Silva Costa

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Recursos Hídricos

  • O que são Recursos Hídricos?

    “Recursos hídricos são todas as águas superficiais ou subterrâneas disponíveis para qualquer tipo de uso de região ou bacia.”
    Os recursos hídricos podem ser vistos de varias formas, temos que sempre observar se há uma relação com a agropecuária.
    As terras subterrâneas são os principais reservatórios de água doce disponíveis para os seres humanos (aproximadamente 60% da população mundial tem como principal fonte de água os lençóis freáticos ou subterrâneos).
    À partida, sendo a água um recurso renovável estaria sempre disponível para o homem utilizar.
    No entanto, como o consumo tem excedido a renovação da mesma, atualmente verifica-se um stress hídrico, ou seja, falta de água doce principalmente junto aos grandes centros urbanos e também a diminuição da qualidade da água, sobretudo devido à poluição hídrica por esgotos domésticos e industriais.

  • No âmbito do desenvolvimento sustentável, o manejo sustentável dos recursos hídricos compreende as ações que visam garantir os padrões de qualidade e quantidade da água dentro da sua unidade de conservação, a bacia hidrográfica.
    É atualmente aceito o conceito de gestão integrada dos recursos hídricos como paradigma de gestão da água.
    Quase todos os países já adotaram uma "legislação das águas" dentro da disciplina de Direito Ambiental. No Brasil é a Lei 9.433/97 também denominada Lei das Águas.
    Procurar este conceito e dar relevância à necessidade de integrar a gestão da água em função dos seus diferentes tipos de uso(irrigação, abastecimento, energia hidráulica, controle de enchentes, piscicultura, lazer e outros) das diferentes dimensões de conhecimento que estão envolvidas, dos diferentes tipos de instituições.
    Pressupõe a valorização da água em função da sua natureza renovável e fluida.

  • As ações a desenvolver no âmbito da gestão das águas podem ser de diferentes tipos:

    Cagativas;
    Pontuais ou distribuídas;
    Educativas e legislativas.

    O estudo da água na natureza, nas suas diversas formas, é objeto da ciência da Hidrologia. Estas matérias e outras correlatas são normalmente estudadas nos cursos de Engenharia hídrica/hidráulica e Engenharia sanitária/ambiental.
    A água pura (H2O) é um líquido formado por moléculas de hidrogênio e oxigênio. Na natureza, ela é composta por gases como oxigênio, dióxido de carbono e nitrogênio, dissolvidos entre as moléculas de água. Também fazem parte desta solução líquida sais, como nitratos, cloretos e carbonatos; elementos sólidos, poeira e areia podem ser carregados em suspensão.

  • Outras substâncias químicas dão cor e gosto à água. variação de acordo com a profundidade e com o local onde a água é encontrada, constituindo-se em fatores que influenciam no comportamento químico.
    Subentende-se água como sendo um elemento da natureza, recurso renovável, encontrado em três estados físicos: sólido (gelo), gasoso (vapor) e líquido.
    As águas utilizadas para consumo humano e para as atividades sócio-econômicas são retiradas de rios, lagos, represas e aquíferos, também conhecidos como águas interiores.

  • A importância dos recursos hídricos e os grandes desafios para seus múltiplos usos

    Embora a sociedade humana atual, com a ocupação desordenada dos espaços urbano e rural, não dá devida importância aos recursos hídricos, vale lembrar que todos os seres vivos, indistintamente, dependem da água para viver. Há de se indagar então por que continuamos poluindo os rios e suas nascentes?
    Será que nos esquecemos do quanto a água é essencial para a permanência da vida no Planeta?
    Provavelmente não nos esquecemos da água, mas infelizmente o atual modelo de produção e consumo não demonstra sintonia com a sustentabilidade socioambiental e, talvez por esta razão, desqualifica os recursos hídricos como um bem natural indispensáveis à vida.
    A história social tem nos mostrado que em todas as fases da civilização humana, desde o desenvolvimento agrícola e industrial aos valores culturais e religiosos arraigados na sociedade, a água é o recurso mais precioso de todos os momentos evolutivos da humanidade. Se considerarmos que cerca e 70% do nosso planeta é composto de água, poderíamos até chamá-lo de planeta água e não de planeta terra .

  • E, ainda, se levarmos em conta que somente 2,5% da água do planeta é doce, por certo deveríamos ter mais respeito e cuidado com a preservação desse valioso bem. Outro dado importante para a compreensão desse tema é que 98% do total de água doce do planeta terra estão na condição de água subterrânea, do que podemos deduzir que é mínima a disponibilidade de água para a população humana Sob o território brasileiro temos dois grandes aquíferos que são as maiores reservas subterrâneos de água doce do mundo: o Aquífero Guarani (da parte central para o sul do Brasil) e o Aquífero Alter do Chão, localizado sob os estados do Pará, Amazonas e Amapá. Segundo pesquisadores brasileiros, ambos, os aquíferos, dariam para abastecer o mundo por cerda de 100 anos

  • A riqueza dos nossos recursos hídricos, no entanto, não está devidamente compreendida pela sociedade e por esta razão encontramos a existência de conflitos e crises que permeiam esse debate.
    Para muitos estudiosos do assunto o problema reside na capacidade limitada das ações de gestão dos governos locais e na debilidade das articulações regionais para uma verdadeira governança sobre os rios e suas respectivas bacias hidrográficas.
    A importância dos recursos hídricos para o desenvolvimento de diversas atividades econômicas nos leva, necessariamente, à necessidade de estabelecermos uma nova relação de valor com esse recurso natural.
    Chegamos a pensar na sua infinitude, talvez porque temos 12% da água do planeta, e isso nos levou a atitudes de desprezo pelo que sempre consideramos abundante O mau uso e o desconhecimento da sua falta fez com que as civilizações ditas modernas desprezaram os cursos d’água que tinham ao seu alcance.

  • Cidades importantes do Brasil cresceram de costas para o rio e fizeram do seu leito depósitos de dejetos e assim os poluíram, assorearam e até acabaram com muitos deles.
    Ao longo da história recente os rios que cortam as cidades perderam sua função primordial de servir à reprodução da vida e passaram a ser espaços de descarga.
    Como entendemos que vida e água deveriam caminhar juntas acreditamos que sem ela pouca chance teremos de sobrevivência Dessa forma só entenderemos o verdadeiro valor dos recursos hídricos se não desvincularmos esse debate das relações sociais, econômicas e ambientais que o cercam. 

  • Ao elencarmos os principais problemas que se estabelecem na relação direta com o uso dos recursos hídricos poderemos situá-los em algumas importantes frentes tais como: 

    A intensa urbanização e consequente deterioração dos cursos d’água;

    A escassez da água ligada à pobreza, às doenças e a miséria humana;

    Os problemas de estresses e escassez em razão das mudanças climáticas com eventos meteorológicos extremos,

      A falta de Governança e Gestão adequada dos recursos hídricos levando em consideração as bacias hidrográficas .

  • Sem levar em consideração a bacia hidrográfica como unidade natural para a integração institucional não poderemos implementar políticas de proteção e recuperação dos cursos d’água existentes para a promoção de uma gestão satisfatória do desenvolvimento sustentável em torno dos recursos hídricos. Se esse processo não acontecer teremos, inevitavelmente, os conflitos pelo uso da água que podem acontecer de várias formas: pela competição entre usuários da água; pela deterioração da qualidade da água devido a falta de saneamento nas cidades; pelo uso intensivo da agricultura irrigada e uso abusivo de agrotóxicos, etc.
    Os conflitos pelo uso em qualquer bacia relacionados às formas de uso degradam a qualidade da água, comprometendo outros usos e a saúde da população.
    Como estamos falando de conflitos deveremos pensar na gestão.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • -O que são Recursos Hídricos?
  • -A importância dos recursos hídricos e os grandes desafios para seus múltiplos usos
  • -Lei Nº 9.433, de 8 de Janeiro de 1997