Curso Online de Fundamentos da Ecologia

Curso Online de Fundamentos da Ecologia

Um curso que aborda deste o que é a ecologia passando por diversos temas como: Estrutura e definições;Célula;Tecido;Órgão;Sistema; e muit...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Um curso que aborda deste o que é a ecologia passando por diversos temas como: Estrutura e definições;Célula;Tecido;Órgão;Sistema; e muito mais
Indicado para profissionais e estudantes de Meio Ambiente, Qualidade, segurança do trabalho, estudantes de nível fundamental, médio e superior de diversas áreas e demais interessados no tema.



Estude aqui na MIP CURSOS, cursos on line de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente, Medicina do Trabalho, Ergonomia, Primeiros Socorros, Prevenção e Combate a Incêndios, Prevenção de Acidentes e vários outros temas atuais, baseados em Normas Regulamentadoras, legilações e procedimentos. Conheça os desafios enfrentados no dia-a-dia e perceba que a qualificação é essencial para o perfeito funcionamento de uma grande, media ou pequena empresa. Entenda como os profissionais atualizados, qualificados e capacitados são importantes para as operações dentro de diversos estabelecimentos Industriais e Comerciais. Estude a distância e aprenda conosco. Matricule-se e comece a aplicar coisas simples na sua empresa, evitando acidentes e garantindo o bem estar dos funcionários. CORPO DOCENTE: Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Ambiental, Engº Mecânico, Engº Produção, Fisioterapeuta do Trabalho, Gestor Ambiental, Técnico Segurança do Trabalho, técnico em Enfermagem do Trabalho, Bombeiro Civil.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Fundamentos da Ecologia

  • Conteúdo Programático

    Introdução;
    Estrutura e definições;
    Célula;
    Tecido;
    Órgão;
    Sistema;
    Organismo;
    População;
    Comunidade;
    Ecossistema;
    Biosfera.

    Conteúdo Programático

  • A Ecologia é a ciência que estuda as interações entre os organismos e seu ambiente, ou seja, é o estudo científico da distribuição e abundância dos seres vivos e das interações que determinam a sua distribuição.
    As interações podem ser entre seres vivos e/ou com o meio ambiente.
    A palavra Ecologia tem origem no grego"oikos", que significa casa, e "logos", estudo. Logo, por extensão seria o estudo da casa, ou, de forma mais genérica, do lugar onde se vive.

    Introdução

    O cientista alemão Ernst Haeckel usou pela primeira vez este termo em 1869 para designar o estudo das relações entre os seres vivos e o ambiente em que vivem.

  • A Ecologia pode ser dividida em :
     Autoecologia, Demoecologia e Sinecologia.
    Entretanto, diversos ramos tem surgido utilizando diversas áreas do conhecimento:Biologia da Conservação, Ecologia da Restauração, Ecologia Numérica, Ecologia Quantitativa, Ecologia Teórica, acroecologia,  Ecofisiologia,  Agroecologia, Ecologia da Paisagem. Ainda pode-se dividir a Ecologia em Ecologia Vegetal e Animal e ainda em Ecologia Terrestre e Aquática.

  • O meio ambiente afeta os seres vivos não só pelo espaço necessário à sua sobrevivência e reprodução, mas também às suas funções vitais, incluindo o seu comportamento, através do metabolismo. Por essa razão, o meio ambiente e a sua qualidade determinam o número de indivíduos e de espécies que podem viver no mesmo habitat.
    Por outro lado, os seres vivos também alteram permanentemente o meio ambiente em que vivem.
    O exemplo mais dramático de alteração do meio ambiente por organismos é a construção dos recifes de coral por minúsculos invertebrados, os pólipos coralinos.

  • As relações entre os diversos seres vivos existentes num ecossistema também influencia na distribuição e abundância deles próprios.
    Como exemplo, incluem-se competição pelo espaço, pelo alimento ou por parceiros para a reprodução, a predação de organismos por outros, a simbiose entre diferentes espécies que cooperam para a sua mútua sobrevivência, o comensalismo, o parasitismo e outras.

  • A maior compreensão dos conceitos ecológicos e da verificação das alterações de vários ecossistemas pelo homem levou ao conceito da Ecologia Humana que estuda as relações entre o homem e a biosfera, principalmente do ponto de vista da manutenção da sua saúde, não só física, mas também social. Com o passar do tempo surgiram também os conceitos de conservação que se impuseram na atuação dos governos, quer através das ações de regulamentação do uso do ambiente natural e das suas espécies, quer através de várias organizações ambientalistas que promovem a disseminação do conhecimento sobre estas interações entre o homem e a biosfera.
    Há muitas aplicações práticas da ecologia, como a biologia da conservação, gestão de zonas úmidas, gestão de recursos naturais (agricultura, silvicultura e pesca), planejamento da cidade e aplicações na economia.

  • História
    O início

    A Ecologia tem uma complexa origem, em grande parte devido a sua natureza multidisciplinar.
    Os antigos filósofos da Grécia, incluindo Hipócrates e Aristóteles, foram os primeiros a registrar observações sobre história natural. No entanto, os filósofos da Grécia Antiga consideravam a vida como um elemento estático, não existindo a noção de adaptação.
     Tópicos mais familiares do contexto moderno, incluindo cadeias alimentares, regulação populacional e produtividade, não foram desenvolvidos antes de 1700. Os primeiros trabalhos foram do microscopista Antoni van Leeuwenhoek (1632–1723) e do botânico Richard Bradley (1688-1732).
    O biogeógrafoAlexander von Humbolt (1769–1859) foi outro pioneiro do pensamento ecológico, um dos primeiros a reconhecer gradientes ecológicos e fazer alusão às relações entre espécies e área.

  • No início do século XX, a ecologia foi uma forma analítica de história natural.
    Seguindo a tradição de Aristóteles, a natureza descritiva da história natural examina a interação dos organismos com o seu meio ambiente e suas comunidades. Historiadores naturais, incluindo James Hutton e Jean-Baptiste Lamarck, contribuíram com obras significativas que lançaram as bases das modernas ciências ecológicas.
    O termo "ecologia" é de origem mais recente e foi escrito pelo biólogo alemão Ernst Haeckel no seu livro Generelle Morphologie der Organismen (1866). Haeckel foi um zoólogo, artista, escritor e professor de anatomia comparada.

    Ernst Haeckel (Esquerda) e Eugenius Warming (Direita), dois fundadores da ecologia.

  • As opiniões divergem sobre quem foi o fundador da teoria ecológica moderna. Alguns marcam a definição de Haeckel como o início, outros atribuem a Eugenius Warming com a escrita de Oecology of Plants: An Introduction to the Study of Plant Communities (1895).  A ecologia pode também ter começado com Carl Linnaeus, principal pesquisador da economia da natureza no início do século XVIII.
    Ele fundou um ramo de estudo ecológico que chamou de economia da natureza.  Os trabalhos de Linnaeus influenciaram Darwin no The Origin of Species onde adota a frase de Linnaues economia ou política da natureza.  Linnaeus foi o primeiro a enquadrar o equilíbrio da natureza, como uma hipótese testável. Haeckel, que admirava o trabalho de Darwin, definiu ecologia com base na economia da natureza, o que levou alguns a questionar se a ecologia é sinônimo dos conceitos de Linnaues para a economia da natureza

  • A síntese moderna da ecologia é uma ciência jovem, que substancial atenção formal no final do século 19 e tornando se ainda mais popular durante os movimento ambientais da década de 1960, embora muitas observações, interpretações e descobertas relacionadas a ecologia estendem-se desde o inicio dos estudos da história natural. Por exemplo, o conceito de balanço ou regulação da natureza pode ser rastreado até Herodotos (morto em 425 ac.), que descreveu mutualismo no Rio Nilo, quando crocodilos abrem a boca permitindo escolopacídeos remover sanguessugas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Conteúdo Programático
  • Cadeia alimentar
  • Sucessão ecológica
  • Amplificação biológica
  • Biomas
  • Ecossistemas aquáticos
  • Ecossistemas de água doce
  • Ecossistemas de água salgada
  • Ecossistemas terrestres
  • Tundra
  • Floresta de coníferas (Taiga)
  • Florestas Temperadas de Folhas Caducas
  • Florestas tropicais
  • Floresta Tropical
  • Campos
  • Desertos
  • Ciclos biogeoquímicos
  • População
  • RELAÇÕES ECOLÓGICAS