Curso Online de Morfologia externa das plantas angiospermas

Curso Online de Morfologia externa das plantas angiospermas

Morfologia externa das plantas angiospermas,

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Morfologia externa das plantas angiospermas,

Licenciado em Biologia Cursando bacharel em Gestão Ambiental



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Morfologia externa das plantas angiospermas

  • Morfologia externa das plantas angiospermas

    Morfologia externa das plantas angiospermas

    O corpo da maioria das plantas angiospermas é dividido em duas partes principais, uma localizada sob o solo, constituída pelas raízes, e outra área constituída pelo caule, folhas, flores e frutos. As células das raízes, assim com as células de muito caules, não fazem fotossíntese e por isso dependem do alimento produzido nas células das folhas. O caule, folhas, flores e frutos, por sua vez, dependem da água e dos sais minerais absorvidos pelas raízes.

  • A raiz

    A raiz

    Quase sempre a raiz é originada a partir da radícula do embrião, localizado na semente.

    Partes das semente

  • A partir dela surgem ramos secundários. No entanto, é freqüente surgirem raízes a partir de caules e mesmo de folhas. Essas raízes conhecidas como adventícias (do latim advena = que vem de fora, que nasce fora do lugar habitual), são comuns, por exemplo, na base de um pé de milho.

  • As raízes distribuem-se amplamente pelo solo, mas há algumas plantas que possuem raízes aéreas, comuns nas trepadeiras, bromélias, orquídeas, enquanto outras possuem raízes submersas, como os aguapés, comuns em represas.

  • Temos dois tipos básicos de sistema radicular: o pivotante, em que há uma raiz principal, e ofasciculado, em que os ramos radiculares são equivalentes em tamanho e aparência, não apresentando uma raiz principal.

  • Partes da raiz

    Partes da raiz

    A extremidade de uma raiz é envolta por um capuz de células denominado coifa, cuja função é proteger omeristema radicular, um tecido em que as células estão se multiplicando ativamente por mitose. É no meristema que são produzidos as novas células da raiz, o que possibilita o seu crescimento.

  • Logo após a extremidade, localiza-se a região onde as células surgidas por mitose crescem. Nessa região denominada zona de distensão ou de alongamento celular, a raiz apresenta a maior taxa de crescimento. Após a zona de distensão situa-se a zona pilífera da raiz, que se caracteriza por apresentar células epidérmicas dotadas de projeções citoplasmáticas finas e alongadas, os pêlos absorventes. É através desses pelos que a raiz absorve a maior parte da água e dos sais minerais de que precisa.  

  • Já a região de ramos secundários é aquela que se nota o brotamento de novas raízes que surgem de regiões internas da raiz principal.

  • Tipos de Raizes

    Tipos de Raizes

    A principal função da raiz é a absorção dos nutrientes minerais, sendo que, no solo, também é responsável pela fixação do vegetal ao substrato. Alguns tipos de raízes, no entanto, também desempenham outras funções:

  • Raizes tuberosas, como as da mandioca, da batata-doce e do nabo armazenam reservas alimentares, principalmente na forma de grãos de amido, utilizadas durante a floração e a produção de frutos pela planta. Os agricultores colhem essas raízes antes da planta tenha chance de consumir as reservas armazenadas, utilizando-as na alimentação humana e de animais.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Morfologia externa das plantas angiospermas
  • A raiz
  • Partes da raiz
  • Tipos de Raizes
  • Caule As funções do caule
  • Gemas
  • Tipos de caules
  • A folha: local da fotossíntese
  • Algumas estruturas foliares especiais
  • Plantas descíduas e abscisão foliar
  • Classificação das folhas
  • Filotaxia
  • Tipos de limbo
  • Flor
  • Cálice, corola e perianto
  • Estames
  • Carpelos
  • Diagramas florais
  • Inflorescências
  • Formação dos frutos e das sementes
  • Como ocorre a formação dos frutos
  • Anemofilia
  • Entomofilia e ornitofilia
  • Fecundação
  • Frutos e sementes
  • Partes do fruto
  • Classificação dos frutos
  • A diferença de fruta e fruto
  • Pseudofrutos e frutos partenocárpicos
  • Origem e estrutura da semente
  • Os cotilédones
  • A célula vegetal
  • Parede da célula vegetal
  • Estrutura da parede celular vegetal
  • Paredes primárias e secundárias
  • Conteúdo celular - principais organelas
  • Plastos
  • Conteúdo celular -  organelas em comum com células animais
  • Ribossomos
  • Retículo endoplasmático
  • Tecidos vegetais
  • O súber
  • A epiderme
  • Os anexos da epiderme
  • Tricomas
  • Acúleos
  • Hidatódios
  • A sustentação das traqueófitas
  • O floema
  • Organização dos Tecidos nas Raízes e nos Caules
  • Estrutura primária da raiz
  • Córtex
  • Cilindro central
  • Raízes de mono e dicotiledôneas
  • Estrutura secundária
  • Câmbio vascular
  • Câmbio suberógeno ou felogênio
  • Estrutura interna do caule
  • Origem das gemas axilares
  • Estrutura primária
  • Anéis anuais
  • Crescimento e desenvolvimento
  • Qual a diferença entre crescimento e desenvolvimento?
  • O meristema
  • Meristemas secundários
  • Os Hormônios Vegetais
  • As Auxinas
  • Efeito das auxinas
  • Ácido Abscísico -  Abscisão Foliar
  • Etileno
  • As Giberelinas
  • Citocininas
  • Funções das citocininas
  • Senescência
  • Fotoperiodismo
  • Plantas de dia longo
  • Plantas indiferentes
  • Tipos de fitocromos
  • Papel do fitocromo na floração
  • Fitocromos e germinação
  • Nutrição Vegetal
  • A tabela abaixo resume o papel de alguns macronutrientes no organismo vegetal.
  • O húmus
  • Nutrição orgânica – fotossíntese