Curso Online de Operações com Guindastes
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Operações com Guindastes

Curso online com 22 horas aula Voltado a operadores em serviços de elevações de cargas, guindastes fixo ou não. Curso de aperfeiçoamento ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 22 horas

Por: R$ 89,98
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso online com 22 horas aula
Voltado a operadores em serviços de elevações de cargas, guindastes fixo ou não.
Curso de aperfeiçoamento , reciclagem e treinamento para operadores de guindastes.

Misael C S Sobrinho. Ex Militar, Instrutor, Autor de cursos online e presencial, Conhecimentos técnicos em maquinários leves e pesados, operador de máquinas categoria E,Instrutor graduado em artes marciais, Mecânico Diesel,técnico em redes de dados e informática, (SENAI).


- Carlos Vilmar De Andrade

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Operações com guindastes

    Operações com guindastes

  • Índice

    Índice

    Apresentação
    Nota do Autor
    NR 11
    Movimentação é elevação de cargas
    Guindaste (Ficha técnica)
    Falha em motores
    Operações com guindastes (VIDEOS)
    Acidentes
    EPIs
    Galeria de imagens
    Check- list (Modelo)
    Fontes de pesquisas
    O Autor

  • Apresentação

    Apresentação

    Curso online com 22 horas aula
    Voltado a operadores em serviços de elevações de cargas, guindastes fixo ou não.
    Curso de aperfeiçoamento , reciclagem e treinamento para operadores de guindastes.

  • Nota do Autor

    Nota do Autor

    Os cursos online não devem ser usado como única fonte de aprendizado.
    Eles tem meramente a função teórica de aprendizado. Você (Aluno) só terá a verdadeira noção nas aulas práticas.
    Caso já seja um profissional do ramo em questão, estes cursos serão base de atualizações técnicas e periódicas.
    Realize um curso ou treinamento prático! Invista em sua carreira profissional.

  • NR 11

    NR 11

    11.1 Normas de segurança para operação de elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas transportadoras)

    11.1.1 Os poços de elevadores e monta-cargas deverão ser cercados, solidamente, em toda sua altura, exceto as portas ou cancelas necessárias nos pavimentos.

    11.1.2 Quando a cabina do elevador não estiver ao nível do pavimento, a abertura deverá estar protegida por corrimão ou outros dispositivos convenientes.

  • 11.1.3 Os equipamentos utilizados na movimentação de materiais, tais como ascensores elevadores de carga, guindastes, monta-carga, pontes-rolantes, talhas, empilhadeiras, guinchos, esteiras-rolantes, transportadores de diferentes tipos, serão calculados e construídos de maneira que ofereçam as necessárias garantias de resistência e segurança e conservados em perfeitas condições de trabalho.

    11.1.3.1 Especial atenção será dada aos cabos de aço, cordas, correntes, roldanas e ganchos que deverão ser inspecionados, permanentemente, substituindo-se as suas partes defeituosas.
    11.1.3.2 Em todo o equipamento será indicado, em lugar visível, a carga máxima de trabalho permitida.
    11.1.3.3 Para os equipamentos destinados à movimentação do pessoal serão exigidas condições especiais de segurança.

  • 11.1.4 Os carros manuais para transporte devem possuir protetores das mãos.
    11.1.5 Nos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber treinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nessa função.

    11.1.6 Os operadores de equipamentos de transporte motorizado deverão ser habilitados e só poderão dirigir se durante o horário de trabalho portar um cartão de identificação, com o nome e fotografia, em lugar visível.
    11.1.6.1 O cartão terá a validade de 1 (um) ano, salvo imprevisto, e, para a revalidação, o empregado deverá passar por exame de saúde completo, por conta do empregador.
    11.1.7 Os equipamentos de transporte motorizados deverão possuir sinal de advertência sonora (buzina).

  • 11.1.8 Todos os transportadores industriais serão permanentemente inspecionados e as peças defeituosas, ou que apresentem deficiências, deverão ser imediatamente substituídos.

    11.1.9 Nos locais fechados ou pouco ventilados, a emissão de gases tóxicos, por máquinas transportadoras, deverá ser controlada para evitar concentrações, no ambiente de trabalho, acima dos limites permissíveis.

    11.1.10 Em locais fechados e sem ventilação, é proibida a utilização de máquinas transportadoras, movidas a motores de combustão interna, salvo se providas de dispositivos neutraliza dores adequados.
    11.2 Normas de segurança do trabalho em atividades de transporte de sacas

  • 11.2.1 Denomina-se, para fins de aplicação da presente regulamentação a expressão "Transporte manual de sacos" toda atividade realizada de maneira contínua ou descontínua, essencial ao transporte manual de sacos, na qual o peso da carga é suportado, integralmente, por um só trabalhador, compreendendo também o levantamento e sua deposição.
    11.2.2 Fica estabelecida a distância máxima de 60,00m (sessenta metros) para o transporte manual de um saco.

    11.2.2.1 Além do limite previsto nesta norma, o transporte descarga deverá ser realizado mediante impulsão de vagonetes, carros, carretas, carros de mão apropriados, ou qualquer tipo de tração mecanizada.
    11.2.3 É vedado o transporte manual de sacos, através de pranchas, sobre vãos superiores a 1,00m (um metro) ou mais de extensão.

  • 11.2.3.1 As pranchas de que trata o item 11.2.3 deverão ter a largura mínima de 0,50m (cinquenta centímetros).
    11.2.4 Na operação manual de carga e descarga de sacos, em caminhão ou vagão, o trabalhador terá o auxílio de
    ajudante.

    11.2.5 As pilhas de sacos, nos armazéns, devem ter altura máxima limitada ao nível de resistência do piso, à forma e resistência dos materiais de embalagem e à estabilidade, baseada na geometria, tipo de amarração e inclinação das pilhas.

  • 11.2.5. As pilhas de sacos, nos armazéns, terão a altura máxima correspondente a 30 (trinta) fiadas de sacos quando for usado processo mecanizado de empilhamento. ( Alteração dada pela Portaria SIT 82/2004)
    11.2.6. A altura máxima das pilhas de sacos será correspondente a 20 (vinte) fiadas quando for usado processo manual de empilhamento.(Revogado pela Portaria SIT 82/2004).

    11.2.7 No processo mecanizado de empilhamento, aconselha-se o uso de esteiras-rolantes, dadas ou empilhadeiras.
    11.2.8 Quando não for possível o emprego de processo mecanizado, admite-se o processo manual, mediante a utilização de escada removível de madeira, com as seguintes características:


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 89,98
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Operações com guindastes
  • Índice
  • Apresentação
  • Nota do Autor
  • NR 11
  • ANEXO I AO ITEM 11.4.1 
  • Movimentação e elevação de cargas
  • Atenção
  • Para o Carregamento, Seguir as Orientações:
  • Exemplo
  • Posicionamento
  • Verificações
  • Defeitos nos cabos de aço - cabo com alma saltada
  • Tipo de defeito – Dobra devido ao mau estado de conservação do cabo de aço
  • Tipo de defeito – Gaiola de Passarinho
  • Ficha técnica Caminhão GT 600 EX 1
  • Tadano Faun ATF 360G - 6
  • Ficha técnica
  • America GR 1000 XL
  • Especificações Técnicas
  • Maeda mini guindaste MC 405 CRM
  • Especificações Técnicas
  • Mantis GTC 700 EX
  • Ficha técnica
  • FALHA EM MOTORES
  • ANÁLISE DE FALHAS EM EQUIPAMENTOS
  • Mecanismos de falha em equipamentos
  • Típicos problemas de performances em equipamentos
  • ANÁLISE DE FALHAS EM MOTORES DECOMBUSTÃO INTERNA
  • RECONDICIONAMENTO DE MOTORES
  • Redução De Potencial Do Motor
  • Aumento Do Consumo De Óleo Lubrificante
  • Queda Da Pressão De Óleo
  • Excesso De Fumaça Branco-Azulada Na Descarga
  • Ruídos Internos No Motor
  • FALHAS COMUNS RELACIONADOS A LUBRIFICAÇÃO
  • Operações com guindastes
  • Epis
  • Normativas europeias (aplicáveis em Portugal)
  • Normativas brasileiras
  • Normas Brasileiras
  • Tipos de EPIs
  • Galeria de Imagens
  • Galeria de imagens
  • Check - list (Modelo)
  • Check – list (modelo)
  • Primeiros Socorros
  • Atenção
  • Mensagem
  • Fontes de pesquisas
  • O Autor