Curso Online de Pá Carregadeira
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Pá Carregadeira

Apresentação e informações sobre o equipamento Capacita teoricamente através de informações e apresentação da máquina os operadores deste...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 42,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Apresentação e informações sobre o equipamento
Capacita teoricamente através de informações e apresentação da máquina os operadores deste equipamento e seus similares.
Atenção
Os cursos online não devem ser usado como única fonte de aprendizado.
Eles tem meramente a função teórica de aprendizado.
O aluno só terá a verdadeira noção nas aulas práticas.
Caso já seja um profissional do ramo em questão, estes cursos serão base de atualizações técnicas e periódicas.
Realize um curso ou treinamento prático! Invista em sua carreira profissional.

Misael C S Sobrinho. Ex Militar, Instrutor, Autor de cursos online e presencial, Conhecimentos técnicos em maquinários leves e pesados, operador de máquinas categoria E,Instrutor graduado em artes marciais, Mecânico Diesel,técnico em redes de dados e informática, (SENAI).


- Volmir Rodrigo Mattos

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Pá Carregadeira Apresentação e informações sobre o equipamento

    Pá Carregadeira Apresentação e informações sobre o equipamento

  • Atenção
    Os cursos online não devem ser usado como única fonte de aprendizado.
    Eles tem meramente a função teórica de aprendizado.
    O aluno só terá a verdadeira noção nas aulas práticas.
    Caso já seja um profissional do ramo em questão, estes cursos serão base de atualizações técnicas e periódicas.
    Realize um curso ou treinamento prático! Invista em sua carreira profissional.

  • Introdução Capacita teoricamente através de informações e apresentação da máquina os operadores deste equipamento e seus similares.

    Introdução Capacita teoricamente através de informações e apresentação da máquina os operadores deste equipamento e seus similares.

  • Visão geral Introdução Vídeos com maquinário Apresentação dos componentes Conceitos Gráficos Auto reverso Link construção de maquinas Notas Cilindros Diferencial Conchas Articulação Central Motores diesel l Radiadores Bomba injetora Seletores conversor de torque Transmissão hidrostática Conversor de Torque Intercooler e turbinas Chassi Estrutura e trem de força Motor diesel ll Galeria de imagens Fontes de pesquisas Autor

    Visão geral Introdução Vídeos com maquinário Apresentação dos componentes Conceitos Gráficos Auto reverso Link construção de maquinas Notas Cilindros Diferencial Conchas Articulação Central Motores diesel l Radiadores Bomba injetora Seletores conversor de torque Transmissão hidrostática Conversor de Torque Intercooler e turbinas Chassi Estrutura e trem de força Motor diesel ll Galeria de imagens Fontes de pesquisas Autor

  • Apresentação dos componentes

    Apresentação dos componentes

  • Conhecendo a maquina 938Cat. Visão do radiador e ventoinha, ao lado esquerdo podemos observar a válvula de limpeza do filtro de ar. A função desta válvula é a indicação que o filtro precisa ser limpo, como mostra o nível abaixo.

    Conhecendo a maquina 938Cat. Visão do radiador e ventoinha, ao lado esquerdo podemos observar a válvula de limpeza do filtro de ar. A função desta válvula é a indicação que o filtro precisa ser limpo, como mostra o nível abaixo.

  • Transmissão conceito

    Transmissão conceito

  • Transmissão

    Transmissão

    O diferencial possibilita transmissão da rotação igual aos semi-eixos, independentemente das suas velocidades de rotação.
    Um diferencial transfere, mediante rodas dentadas (engrenagens), as rotações da esquerda para direita da transmissão, pelo eixo cardã e , quando equilibrado, transforma em movimento único (para frente ou para trás quando se engata a ré) (a ré muda o sentido de rotação do eixo cardã, e não o diferencial), ou seja, com a ré engatada o eixo cardã move-se da direita para esquerda e o diferencial gira para trás.

  • Batedores Serve como anuladores de impacto após fazer a convergência direita esquerda, amortece os impactos sofridos pelo conjunto.

    Batedores Serve como anuladores de impacto após fazer a convergência direita esquerda, amortece os impactos sofridos pelo conjunto.

  • Gráfico de manuseio do Joystick

    Gráfico de manuseio do Joystick

    Este gráfico serve como orientação para os operadores. Em alguns modelos os comandos são extremamente diferentes.
    Vamos detalhar a seguir.

  • Detalhes do gráfico anterior

    Detalhes do gráfico anterior

    Em verde: Buzina, Frente (F) Neutral ou neutro, também conhecido como ponto morto (N) Ré (R)
    Amarelo: botão de redução das marchas, também tem a opção de automático ou não.
    Vermelho: como a própria indicação mostra são os comandos de abertura e fechamento de concha, levantar e abaixar o H.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 42,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Pá Carregadeira Apresentação e informações sobre o equipamento
  • Introdução Capacita teoricamente através de informações e apresentação da máquina os operadores deste equipamento e seus similares.
  • Visão geral Introdução Vídeos com maquinário Apresentação dos componentes Conceitos Gráficos Auto reverso Link construção de maquinas Notas Cilindros Diferencial Conchas Articulação Central Motores diesel l Radiadores Bomba injetora Seletores conversor de torque Transmissão hidrostática Conversor de Torque Intercooler e turbinas Chassi Estrutura e trem de força Motor diesel ll Galeria de imagens Fontes de pesquisas Autor
  • Apresentação dos componentes
  • Conhecendo a maquina 938Cat. Visão do radiador e ventoinha, ao lado esquerdo podemos observar a válvula de limpeza do filtro de ar. A função desta válvula é a indicação que o filtro precisa ser limpo, como mostra o nível abaixo.
  • Transmissão conceito
  • Transmissão
  • Batedores Serve como anuladores de impacto após fazer a convergência direita esquerda, amortece os impactos sofridos pelo conjunto.
  • Gráfico de manuseio do Joystick
  • Detalhes do gráfico anterior
  • Obs>
  • Caterpillar 938H x 938 K A 938 H Cat, é uma das maquinas mais potentes que se tem no mercado hoje em dia Porem a partir de 2013/2014 será lançada a 938 K uma maquina bem mais avançada que as atuais 938H. Neste modelo teremos a opção do auto reverso como um dos pontos forte e diferentes entre os dois modelos.
  • Auto reverso Este modelo uma 938 H (Cat.) não possui ventoinha em alto reverso, o modelo apresentado no slide é apenas composto por um sistema para refrigeração do liquido de arrefecimento, como indica a seta.
  • Já o sistema de Arrefecimento com auto reverso, como mostra a foto abaixo, tem uma grande capacidade de refrigeração pois o mesmo alem de refrigerar ele ainda faz a limpeza dos radiadores assoprando ou digamos a ventoinha trabalha sempre em reverso possibilitando assim um maior rendimento do maquinário em vários aspectos.
  • Isto não quer dizer que o operador não precise fazer a manutenção e limpeza da ventoinha, radiadores e mangueiras do maquinário. Não esquecer disto sempre que for necessário.
  • Visão Geral A Peça que alinha a concha ao solo, muitas vezes passa despercebida. pois a mesma para alguns operadores não tem tanta importância assim. Pois bem um erro grave, a engenharia não iria desenvolver um atuador eletrônico, como este a fim de não servir para nada.ele auxilia no alinhamento exato da concha ou pá com o solo. saibam usar este recurso eletromecânico. Vem acoplado ao sistema hidráulico do braço da pá mecânica H. Cada vez mais se aproximando do ápice da tecnologia . Isso impulsionado pelas grandes do mercado de maquinas nacional e internacional .
  • Atuador de alinhamento da pá mecânica ou concha.
  • Chassi É a parte que se aplica todo os equipamento moveis e fixo ela tem o apelido em algumas regiões como esqueleto da maquina) ou chassi. O chassi é aparte mais importante desta estrutura mecanizada, composta em aço de alta resistência ou em fibra de carbono.
  • Construindo uma pá mecânica O processo é todo industrializado automatizado. Confira a linha de produção de uma das maiores montadoras de equipa- mento pesados em atualidades. Acesse o site. www.caterpillar.com.br ou www.case.com.br
  • Diferença entre equipamentos
  • O 2° cilindro da pá, conectado ao corpo do H, serve ao primeiro sistema de elevação do braço da pá. È composto por dois cilindros hidráulicos de alta precisão e pressão.
  • Diferencial Conceito: O diferencial é um dispositivo mecânico indispensável em veículos de tração. O diferencial tem a função de transferir e distribuir uniformemente o torque a dois semi-eixos que a principio giram em sentidos opostos, possibilitando assim, a cada eixo, uma gama de velocidade e rotações diferentes. O diferencial possibilita transmissão da rotação igual aos semi-eixos, independentemente das suas velocidades de rotação. Um diferencial transfere, mediante rodas dentadas (engrenagens), as rotações da esquerda para direita da transmissão, pelo eixo cardã e , quando equilibrado, transforma em movimento único (para frente ou para trás quando se engata a ré) (a ré muda o sentido de rotação do eixo cardan, e não o diferencial), ou seja, com a ré engatada o eixo cardã move-se da direita para esquerda e o diferencial gira para trás.
  • Diferencial dianteiro
  • Trava da articulação de segurança. Uma vez travada, evita que os desavisados mecham na pá.serve como dispositivo de bloqueio e segurança.
  • Os modelo de conchas podem ser grandes medias, pequenas com ou sem “dentes”dentre outras. Aqui uma de 8M lisa. Obs. Não tem utilidade para escavação.
  • Outro modelo menor e compacta
  • Estribo parafusado a caixa de mangueiras do hidráulico com fluxo continuo. Em alguns modelos. Nesta aplicação as mangueiras do hidráulico ficam dentro da caixa, servindo como proteção para casos de sinistros.
  • ARTICULAÇÃO. FAZ A LIGAÇÃO ENTRE O CHASSI DIANTEIRO E O TRASEIRO.AQUI EXEMPLO DOS BATEDORES DE BORRACHA,CONEXÕES E MANGUEIRAS. A maquinas pá carregadeira ou pá mecânica é dividida em duas partes, parte dianteira e parte traseira onde montadas fazem a união do equipamento.
  • Motores 938h Cat, aqui um Cat.6Cilindros em linha
  • *Na dúvida pense duas vezes, leia sempre o manual do equipamento,só nele você vai ter todas as suas respostas.*
  • CAT 938H
  • Modelo Cat 924h com autoreverso. *Motor menor 6 cilindros em linha, sistema de reverso aplicado a este modelo.
  • Cat. 924h Disponibilidade dos filtros de ar e óleo, responsáveis também pelo bom funcionamento do motor. Problemas como falta de força também pode ser filtro de ar e de óleo sujos ou vencidos.
  • 924 Cat. *Aqui podemos notar Filtro de ar e tanque de expansão. O tanque de expansão nada mais é que o reservatório de água para o radiador. Neste exemplo com o aditivo para radiadores. (Em verde)
  • Filtro de combustivel com seus dispositivos eletrônicos conectados a unidade de comando eletrônico.
  • *Radiadores da 924h em total de 06 neste modelo. O mesmo possui vários radiadores com finalidades diversas.*
  • Radiador  É um dispositivo utilizado para troca de calor entre o ar atmosférico e outra substância (geralmente um líquido) contida em um sistema fechado. Seu núcleo é constituído por uma série de canais (em forma de tubos ou de colmeia) que permitem a passagem de ar entre eles retirando o calor do líquido, portanto quanto maior a área de contato com o ar mais rápida é a troca e mais eficiente é o radiador.
  • Radiador de arrefecimento É o principal trocador de calor de um automóvel refrigerado a água. O radiador do automóvel geralmente é instalado na dianteira, logo atrás da grade e do para choque e conectado por mangueiras ao motor. Nesse sistema fechado circula uma mistura de água e aditivo, chamada de líquido de arrefecimento, que aquece quando passa pelo motor e perde calor quando passa pelo radiador. O uso incorreto ou a falta do aditivo para radiadores pode causar danos ao sistema de arrefecimento, como por exemplo a oxidação interna do motor. O tipo e proporção corretos são especificados no manual do proprietário do automóvel, mas geralmente usa-se uma proporção de 50% de água (desmineralizada de preferência) e 50% de aditivo.
  • Radiadores de óleo Estão presentes em quase todo os tipos de maquinários conhecidos por este autor. É utilizado para auxiliar a refrigeração do óleo lubrificante. Também utilizado em algumas motos principalmente nas refrigeradas a ar. O funcionamento é semelhante ao do radiador de água do motor, a diferença é que este arrefece o óleo do cárter. Existe também o radiador para óleo de transmissões automáticas, e Sistema Hidráulico.
  • Chave geral. Corta corrente eletrica e o fluxo de distribuição total.
  • Visão da mangueira de pressão de óleo hidráulico neste modelo.
  • *Radiadores de ar e intercooler da 924 Cat.
  • *Base da bomba injetora, mangueiras e conexões.
  • Bomba injetora Conceito
  • Bomba injetora princípios de funcionamento
  • Bombas de injeção rotativas -
  • Bomba injetora
  • *Mangueiras de fluxo continuo Água ou óleo, a depender da disponibilidade de motorização e modelo
  • Tampa do tanque de abastecimento *Diesel 1800. Em alguns modelos a capacidade do tanque chega a 400 litros.
  • Mangotes e mangueiras Magote, entrada de liquido de arrefecimento. Cuidado o sistema com o motor em funcionamento fica totalmente priorizado. Risco de queimaduras de 1º ao 3º grau.
  • A trava tampa do motor da Cat 924 é feita através de amortecedor com trava, como mostra a figura abaixo.
  • Vista parcial da tampa suspensa da Cat 924 Nota: A abertura é feita lateralmente.
  • Atenção nos manuais da Máquina.
  • Cabine Volante, painel de instrumentos e seus comandos
  • Joystick Seletores Acondicionado ao joystick o seletores tem a propriedade locomoção buzina e botão rápido de redução. Veremos no gráfico a seguir.
  • Seletor mod. 924 H
  • Seletor explicativo. Vermelho: frente,ré e neutro Verde: Buzina
  • Visão geral da trava do suporte de painel e volante,pedais de freio,botão de bloqueio, acelerador e entrada 12 volt.
  • Comando de setas “Direita e esquerda, nada mais”
  • Computador de bordo da máquina Auxilia o operador a fazer a leitura correta do funcionamento do maquinário.nele vem inseridas varias informações como temperaturas , data, hora, reset. Níveis de óleo e mal funcionamento do equipamento.
  • Seletores: Em vermelho: faróis e lanternas Em amarelo: alerta Em verde: comando de transmissão automático, divididos em de 2/4 e 1/4 Bloqueio no pé.
  • Pedais e bloqueio (Seta)
  • Bloqueio da concha. Bloqueia a concha , serve para anular eventualidades.
  • Intercooler
  • Conceito intercooler O intercooler é um permutador intermédio de calor, tal como o radiador de um veículo. A sua utilização dá-se em motores sobrealimentados, ou seja, que utilizam turbo ou compressor mecânico. O ar, ao ser comprimido na sobrealimentação, aumenta a sua temperatura e consequentemente diminuindo a sua densidade [kg/m³]. Logo a função do intercooler é diminuir a temperatura do ar comprimido para que assim volte a aumentar a densidade. Como num certo volume de ar quente a densidade é menor (existem menos partículas), então a quantidade de combustível injetada vai ser menor levando a uma potência limitada face ao mesmo volume de ar frio, visto que o a relação ar-combustível é fixa. Num motor a gasolina essa relação é de 14,3 (existe 14,3 mol de ar para 1 mol de combustível).
  • Freio de estacionamento Acionamento manual
  • Botões e controles Da Esquerda para a direita: 1 ªAr condicionado e ventilação, 2ª bloqueio de concha (implemento conectado) 3ª chave de ignição,botão dos limpadores dianteiro e traze iro,4ª painel com marcador de velocidade,horimetro, quilometragem e indicador de marcha de 1ª a 4ª e a ré.
  • Instruções de comando
  • Turbina e coletor de uma Cat 938 H.
  • Vista lateral do motor 938 Cat.
  • Importante Jamais desloque o maquinário com a concha erguida a toda altura. RISCO: Tombamento.
  • Chassi Fabricado em aço especial , feito para suporta o trabalho mais rígido e severos , este chassi é montado em três etapas. O chassi das pá carregadeiras dividem-se em chassi traze iro, chassi dianteiro e a sua ligação também conhecida como articulação central ou articulação de união central. Tem como objetivo fazer a junção da parte traz eira com a dianteira da maquina.
  • Direção da máquina (Esterçar)
  • Estrutura e cabine Desenvolvida, visando a segurança do operador , essa estrutura oferece grande resistência as mais severas condições de uso. Cabine projetada para conforto segurança e operacionalidade no serviço. A novas cabine vem equipada com o básico de entrada, chegando a mais alta tecnologia de mercado. Tudo pensando na segurança e seu conforto operador.
  • Trem de força Quando falamos em trem de força, imaginamos prontamente todos os componentes que vão desde a produção de potência até o objetivo final que é a movimentação das rodas ou esteiras da máquina. A produção de potência é responsabilidade do motor, mas como aproveitar esta potência? Como transmiti-la ao resto da máquina? Então vamos considerar como trem de força os componentes a partir do motor, e como eles se comportam para transmitir potência, ou seja, embreagem, conversor de torque, sistema planetário, divisor de torque, transmissão direta, servotransmissão, engrenagens de transferência, diferencial, embreagens laterais, comandos finais, eixos integrados, etc.
  • Conversor de torque Conversor de binário (Português Europeu) conversor de torque (Português Brasileiro) é um dispositivo usado para transferir a força de rotação de um elemento motor (motor térmico, eléctrico, etc) para um eixo de carga, ou movido. Conversor de torque é uma modificação do sistema de transmissão hidráulica (embraiagem hidráulica) e é comummente usado em automóveis de transmissão automática em substituição à embreagem manual por fricção.
  • Transmissão hidrostática Definição: O alto desempenho em condições adversas de operação é garantido pelo moderno sistema de transmissão hidrostática.  ciber.com.br Fonte O moderno sistema de transmissão hidrostática Ciber faz de suas vibro-acabadoras a garantia de qualidade e sinônimo de força e alto desempenho nas mais diversas condições de operação. 
  • Motor diesel   938H ® Carregadeira de Rodas, com Motor Modelo  Cat. 6.6 ACERT™ ® Peso de Operação 15. 059 kg 33.190 lb Potência Bruta. 
  • Motor diesel 924H. Carregadeira de Rodas.  Com Motor Cat® C6.6 com Tecnologia ACERT™.  Potência Líquida (SAE J1349). 96 kW. 128 hp. Peso de Operação. 11 632 kg.
  • Ao passar por atoleiros procure baixar a concha para nivelar, evitando assim o encalhamento e o tombamento da máquina. Em dias de chuva atenção com terreno molhados e escorregadios, são um preocupação a mais. Lidar com as situações, com calma e paciência.
  • O esquema que veremos a seguir mostra a atuação dos pistões vedadores, só um exemplo pratico do funcionamento dos pistões hidráulicos na maioria dos maquinários.
  • Esquema de hidráulica Pistão hidráulico
  • Máquina esquentando pode ser também o radiador estúpido, sujo, natural procure sempre entre uma parada e outra assoprar os radiadores, ajuda em um bom resultado. Obs. Mesmo sendo com sistema autorreverso, ou reverso.
  • Banco de imagens.
  • Banco de imagens
  • Carregadeiras (de esteira ou pneus)
  • Operações tire sua duvidas neste link. www.youtube.com/watch?v=C1VRv9T1Xsg www.youtube.com/watch?v=2UcCM6GRews
  • Fontes *Wikipédia *Google *Caterpillar *-Case *Apostila do próprio autor *Jornal nacional *Manual mecânica
  • Autor Misael Cardoso Conhecimentos técnicos em maquinários, instrutor e operador de máquinas,graduado em artes marciais, técnico em rede de dados e informática.