Curso Online de Tratamentos térmicos

Curso Online de Tratamentos térmicos

aprenda tudo sobre o assunto

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

aprenda tudo sobre o assunto



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Tratamentos Térmicos

    Tratamentos Térmicos

  • Introdução

    Introdução

    Tratamentos térmicos são operações de aquecimento e resfriamento controladas, que visam afetar as propriedades de aços e ferros fundidos.
    As temperaturas podem variar desde tratamento subzero, até a austenitização de aços rápidos a 1280 °C.
    Diversas taxas de resfriamento são empregadas, dependendo da estrutura que se deseja obter.

  • Introdução

    Introdução

    Os tratamentos térmicos abordados nesta aula são:
    (i) Recozimento
    (ii) Normalização
    (iii) Têmpera/ revenimento
    (iv) Martêmpera
    (v) Austêmpera

  • Recozimento

    Recozimento

    O recozimento visa reduzir a dureza do aço, aumentar a usinabilidade, facilitar o trabalho a frio, ou atingir a microestrutura desejada.
    Há três tipos principais de recozimento:
    (i) recozimento pleno
    (ii) recozimento subcrítico/alívio de tensões
    (iii) esferoidização

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento pleno (ou simplesmente recozimento)
    Consiste em austenitizar o aço,resfriando-o lentamente a seguir.
    A temperatura de recozimento pleno é de mais ou menos 50°C acima de A3 para aços hipoeutetóides e de 50°C acima de A1 para aços hipereutetóides.
    Nos hipereutetóides não se deve ultrapassar a linha Acm, porque no resfriamento posterior, ao ser atravessada novamente essa linha, cementita nos contornos de grão da austenita seria formada, fragilizando a peça tratada.

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento pleno (ou simplesmente recozimento)
    Para temperaturas de austenitização um pouco mais altas, obtém-se perlita no resfriamento.
    Para temperaturas de austenitização um pouco mais baixas, obtém-se estrutura esferoidizada.
    Normalmente faz-se o resfriamento dentro do forno desligado ou em um meio isolante, para se obter velocidade de resfriamento mais baixa.

  • Recozimento

    Recozimento

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento subcrítico/alívio de tensões
    É aquele em que o aquecimento se dá abaixo de A1.

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento subcrítico/alívio de tensões
    É usado para recuperar a ductilidade do aço trabalhado a frio (encruado).
    Quando se executam operações de deformação a frio a dureza aumenta e a ductilidade diminui, podendo ocorrer ruptura entre duas operações.
    Nesse caso há necessidade de se executar um recozimento subcrítico antes de novas deformações.
    Para aço carbono, normalmente o aquecimento na faixa de 600-680 °C seguido de resfriamento ao ar é suficiente.

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento subcrítico/alívio de tensões
    As principais transformações que ocorrem neste tratamento são recuperação e recristalização das fases encruadas.
    É aplicado para reduzir tensões residuais em estruturas ou componentes após soldagem, fabricação, etc.
    O aumento de temperatura é suficiente para reduzir o limite de escoamento do material, ou permitir sua deformação por fluência, aliviando as tensões residuais através de deformação plástica.

  • Recozimento

    Recozimento

    Recozimento subcrítico/alívio de tensões
    No caso de soldas, o alívio de tensões pode ter também a função de revenir microestruturas de dureza excessiva e baixa ductilidade, encontradas na zona afetada pelo calor (ZAC), indepentemente da existência de tensões residuais significantes.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Tratamentos Térmicos
  • Introdução
  • Recozimento
  • Normalização
  • Têmpera
  • Revenimento
  • Martêmpera
  • Austêmpera
  • Influência de elementos de liga em aços