Curso Online de O Tarot e a Realeza

Curso Online de O Tarot e a Realeza

Realeza completa do Tarot, com descrições e arquétipos e colocações dos mesmos dentro do Oráculo do Tarot. Quando temos conhecimento de ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 44,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Realeza completa do Tarot, com descrições e arquétipos e colocações dos mesmos dentro do Oráculo do Tarot.
Quando temos conhecimento de todas as 78 laminas do Tarot, temos um oráculo mais ágil e mais preciso dando assim uma maior segurança ao leitor e maior confiança e credibilidade ao consulente.

Oraculista, Terepeuta Holística e Massoterapeuta. Expecialização em diversos Oráculos como Tarot e Baralho Cigano. Massagem Clássica/Relaxante, DLM (para Pré e Pós Operatório, Pés Diabéticos e Estética Corporal e Facial.) Auriculoterapeuta, Florais de Bach e Karuna Ki Teramai Reiki. Professora em todas as expecialidades citada acima. Sensitiva desde os 8 anos. Meu Site: www.alquimistica.com.br Blog: http://alquimyamistyka.blogspot.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso Completo da Realeza do Tarot

    Material Desenvolvido pela Terapeuta holística
    lisa G. S. Cardoso
    CRT 35.302
    Cel.(11)9132-2205
    E-mail: lisagscardoso@gmail.com
    Blog http://alquimyamistyka.blogspot.com

    Curso Completo da Realeza do Tarot

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    As 16 figuras dos arcanos menores – Reis, Rainhas (ou Damas), Cavaleiros e Valetes (ou Pajens), repetidos em quatro naipes — Paus, Ouros, Espadas e Copas — constituem personagens intermediários entre a abstração dos números — cartas de 2 a 10 — e os arcanos maiores com suas representações humanas e animais claramente diferenciadas entre si.

    As figuras ocupam, desse modo, um posto duplo no baralho: estão encadeadas à ordenação dos naipes e, ao mesmo tempo, fazem ponte com os modelos dos arcanos maiores. Embora repetidas em cada naipe, são muitas vezes consideradas como um terceiro grupo de cartas.

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    Parece que esta ambigüidade explica o fato de encontrarmos poucos estudos de profundidade sobre as figuras dos arcanos menores. Além disso, seu conjunto foi inexplicavelmente mutilado no baralho comum, utilizado hoje em dia, com a supressão do Cavaleiro, na maior parte dos casos.

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    Parece coerente que as figuras dos arcanos menores do Tarô obedeçam à ordem do quaternário (quatro séries de quatro figuras). É assim que estão desenhados os mais antigos tarôs dos quais se tem registros históricos, a partir do final do século XIV.

    Esta estrutura simbólica do quatro foi quebrada nos herdeiros modernos dos arcanos menores do Tarô. Os mais famosos — o baralho francês e o espanhol — suprimem arbitrariamente uma das figuras de cada série.

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    No que diz respeito ao baralho espanhol, é provável que esta supressão tenha sido estabelecida para aproveitar as possibilidades combinatórias da dezena (já que neste baralho as cartas numeradas vão apenas do ás ao sete). Neste caso, cada naipe fica constituído por 10 cartas: 7 numeradas, mais 3 figuras.

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    A justificativa dada para a redução do número de cartas no baralho espanhol não se aplica ao francês, que soma 13 cartas para cada naipe, isto é, 10 numeradas, mais 3 figuras.

    No entanto, uma curiosa constatação pode ser feita. Com apenas três figuras, colocaria cada uma delas em relação com a ordem do ternário (três forças: positiva, negativa e neutra) que, combinadas com os 4 naipes (ou os quatro elementos), resultaria no rico sentido do número 12, do dodecadenário.

  • A Realeza e o Tarot

    A Realeza e o Tarot

    "Os doze signos do zodíaco, — como lembra Patrick Paul — os doze meses, os doze apóstolos, os doze trabalhos de Hércules, os doze meridianos da acupuntura, os doze semitons da oitava, as doze horas do dia nas civilizações tradicionais, são exemplos das doze energias do homem em evolução no transcorrer do tempo pela diferenciação e manifestação do princípio ativo, o espírito, no princípio passivo, a substância". 
    Doze simboliza os doze lugares nos quais o Tempo circula, ou seja, a interpenetração do Espaço e do Tempo, que determina o limite do nosso mundo cósmico.

  • As Figuras e os Quatro Elementos

    As Figuras e os Quatro Elementos

    Os significados simbólicos dos quatro elementos constitui a primeira grande chave para compreensão dos quatro naipes e de suas respectivas figuras. Embora existam diferentes pontos de vista sobre as correspondências entre os elementos e as figuras, encontramos uma relativa concordância com relação aos vínculos entre os elementos e os naipes:

  • As Figuras e os Quatro Elementos

    As Figuras e os Quatro Elementos

    Fogo: naipe de Paus, figura do Rei.

    Água: naipe de Copas, figura da Dama.

    Ar: naipe de Espadas, figura do Cavaleiro.

    Terra: naipe de Ouros, figura do Valete.

    As 16 figuras também podem ser compreendidas como combinações dos quatro elementos, ou seja: 4 x 4 = 16

  • As Figuras e os Quatro Elementos

    As Figuras e os Quatro Elementos

    Essa correspondência entre os elementos e os naipes, é bastante difundida.  Já a relação com as figuras – Rei, Rainha, Cavaleiro e Valete – é menos comum; a que aparece acima é apresentada por G. O. Mebes em suas obras.

  • As Figuras e os Quatro Elementos

    As Figuras e os Quatro Elementos


    As figuras dos Arcanos Menores podem ser consideradas expressões dos 4 naipes e dos quatro elementos. Cada uma das 4 figuras de cada naipe concentra em si as características de um dos elementos, além de possuir as do naipe a qual pertence. Desse modo, o Rei de Paus representará uma dupla influência de Paus e do elemento fogo.
    Pela mesma razão, a Dama de Copas representa a pura essência desse naipe, o mesmo acontecendo com o Cavaleiro de Espadas e o Valete de Ouros.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 44,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Curso Completo da Realeza do Tarot
  • A Realeza e o Tarot
  • As Figuras e os Quatro Elementos
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza
  • Cartas de Figuras
  • A Realeza