Curso Online de Introdução à Biotecnologia

Curso Online de Introdução à Biotecnologia

Biotecnologia é o conjunto de conhecimentos que permite a utilização de agentes biológicos (organismos, células, organelas, moléculas) pa...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Biotecnologia é o conjunto de conhecimentos que permite a utilização de agentes biológicos (organismos, células, organelas, moléculas) para obter bens ou assegurar serviços. Saiba as noções fundamentais com este curso.

Licenciada em Estudos Europeus pela Universidade Lusófona do Porto. Desenvolve a sua actividade profissional como Assessora de Imprensa e como formadora. Tem conhecimento e experiência em Formação a distância, tanto em ambientes síncronos como assíncronos, nomeadamente através de plataformas LMS. Possuí várias formações realizadas através de plataformas de formação à distância. Ministra formação sobre variados assuntos.Os seus interesses são diversificados salientando-se a política, as artes decorativas, saúde, alimentação saudável e bem-estar, religião e esoterismo.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Introdução à Biotecnologia

    Introdução à Biotecnologia

  • Biotecnologia é o conjunto de conhecimentos que permite a utilização de agentes biológicos (organismos, células, organelas, moléculas) para obter bens ou assegurar serviços. Saiba as noções fundamentais com este curso.

  • Introdução

    Introdução

  • O conceito de biotecnologia parte do uso de processos biológicos para a obtenção de bens, que vão de alimentos como, por exemplo, os que necessitam do processo de fermentação à produção de medicamentos em geral. A biotecnologia utiliza células vivas e seus derivados sintéticos como, por exemplo, as enzimas e aminoácidos.

  • A utilização de diferentes técnicas e procedimentos nos processos de produção dos produtos integra a funcionalidade da biotecnologia. Grosso modo podemos dizer que a biotecnologia existe há muito tempo, desde os tempos antigos, nos processos de fabricação de queijo, cerveja e demais alimentos que necessitem do processo de fermentação. 

  • Com o avanço da biotecnologia a as técnicas de genética molecular contribuíram para a produção de proteínas essenciais ao corpo humano com, por exemplo, a insulina, hormônios de crescimentos e para o controle dos sintomas da menopausa. Vale ressaltar a possibilidade da produção de vacinas com reagentes sintéticos que não contém material viral como nas vacinas convencionais

  • A biotecnologia é uma área em franca expansão e tem muito a contribuir para a sociedade do futuro, as novas descobertas na área consistirão em um importante material para diversas aplicações. Uma das áreas mais beneficiadas provavelmente será a de alimentação, uma vez que os recursos estão cada vez mais escassos e a população mundial cada vez maior, a manipulação genética dos alimentos pode ser a saída para evitar cenários de fome por todo o globo, visto que alimentos transgênicos podem ser mais nutritivos, mais resistentes a pragas e de maior adaptação em terrenos pobres em nutrientes do que os convencionais.

  • História da Biotecnologia

    História da Biotecnologia

  • As raízes da biotecnologia moderna remontam à época de Louis Pasteur, Robert Koch e Gregoe Mendel, já lá vão cem anos. Enquanto Pasteur e Koch preparavam o terreno para a atual ciência microbiológica, Mendel foi o primeiro a descrever as leis da herança genética. Muitos cientistas contribuíram para o avanço destas áreas. Em última análise, estes avanços levaram à descoberta do ácido desoxirribonucleico (ADN) no início dos anos cinquenta, identificado como a matéria prima de toda a genética. Pouco tempo depois, James Watson e Francis Crick determinaram pela primeira vez a estrutura do ADN. A descoberta da estrutura do ADN tornou possível a manipulação direta de características genéticas.

  • Técnicas de inserção de um gene estranho em bactérias foram desenvolvidas pela primeira vez no inicio dos anos setenta, por vários laboratórios em diferentes universidades, incluindo a Universidade da Califórnia em São Francisco, a Universidade de Stanford e a Universidade de Harvard. Estes desenvolvimentos prepararam o terreno para a revolução biotecnológica que se seguiria.

  • O primeiro produto da biotecnologia fazia uso da insulina, uma hormona proteica produzida no pâncreas que o organismo utiliza para regular a concentração de açúcar (glucose) no sangue. Os doentes com diabetes perdem a capacidade de produzir insulina e precisam de uma fonte externa para regular a glucose no sangue.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Introdução à Biotecnologia
  • Introdução
  • História da Biotecnologia
  • Biotecnologia e informática
  • Aplicações e tendências da Biotecnologia
  • Biotecnologia industrial - agricultura
  • Biotecnologia industrial - saúde
  • Biocombustíveis
  • Biomassa
  • Conclusões e Resumo
  • Vídeos Recomendados