Curso Online de Técnicas de Concretagem na Construção Civil
4 estrelas 10 alunos avaliaram

Curso Online de Técnicas de Concretagem na Construção Civil

Este curso abordará o processo de concretagem, que é o ato de receber, transportar, lançar, espalhar, adensar, nivelar e fazer o acabamen...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso abordará o processo de concretagem, que é o ato de receber, transportar, lançar, espalhar, adensar, nivelar e fazer o acabamento do concreto.

A concretagem está envolvida em diversas fases de uma obra e na elaboração de elementos de construções em geral, sendo uma das fases mais importante de qualquer obra.

Embasamento Legal: nossos cursos têm base legal constituída pelo Decreto Presidencial nº 5.154 e nossa metodologia segue as normas do MEC através da Resolução CNE nº 04/99. Grupo de técnicos a serviço da propagação do conhecimento - Constituído por Engenheiro Ambiental e Técnico em Segurança do Trabalho - Auditor Interno OHSAS 18.001.Implantador da Norma OHSAS 18.001.Instrutor e palestrante de CIPA, treinamentos de EPIs, Direção defensiva, Transporte e Movimentação de cargas NR 11 e 12, Empilhadeira, Prevenção e Combate a Incêndios, entre outros. Técnico em Processamento de Dados - Graduado em Engenharia Ambiental, Graduando em Educação Física e Administração de Empresas.**** Dúvidas e maiores esclarecimentos também pelo e-mail: edmaguee@hotmail.com.br ==== Ou pela aba "Contato" do curso. Chat,por questão de tempo e bom atendimento a todos, será apenas em horários pré-definidos através de contato prévio.


- José Rogério Dos Santos Oliveira

- Giliardi José Felippe

"Muito bom!!!"

- Alex Santos Da Silva

- Gustavo Dos Santos Neves

"Muito Bom, prático e direto."

- Fábio Ribeiro Pimentel

- Jonir Luiz Guizzo

"bom"

- Mario Ernani

- Anderson Bispo Dos Santos

"muito bom, tirou todas minhas duvidas."

- Felipe Carradore

- Evandro Da Silva Morais

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CONCRETAGEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL

    concretagem na construção civil

  • CONCRETAGEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL

    concretagem na construção civil

    este curso abordará o processo de concretagem, que é o ato de receber, transportar, lançar, espalhar, adensar, nivelar e fazer o acabamento do concreto.

    está envolvida em diversas fases de um processo de elaboração de elementos de construções em geral, e é uma das fases mais importante de uma obra.

    bom curso!!!

  • Introdução

    introdução

  • Formação do Cimento

    a curiosidade sobre a formação do concreto é latente em muitas pessoas. como que (a grosso modo) primeiramente um produto formado por uma espécie de areia, com propriedades aglomerantes, aglutinantes ou ligantes, e ao ser misturado com água, acaba virando uma pasta, que após um tempo passa ao estado sólido e se mantêm rígido dando formas e sustentação para todas as construções que conhecemos hoje?

    vejamos o conceito inicial:

    os minerais extraídos das pedreiras passam por britados, são moídos e misturados antes irem à fornos, no qual são submetidos a elevadas temperaturas (entre 1.400 a 1.500 cº) resultando em uma substancia que contêm a mistura de várias substancias, e que é conhecida como clínquer.

    logo após este processo, este material é resfriado para que a cristalização ocorra de acordo com o tipo de cimento desejado.

    ao final, o clínquer é moído, e são adicionados a outros tipos e de produtos (como o gesso, que é destinado a controlar a velocidade de endurecimento do cimento), e daí se obtêm a transformação do cimento que conhecemos.

    formação do cimento

  • Formação do Cimento

    para que o cimento se transforme em concreto é necessário que haja uma reação química, isto é, um processo de hidratação, ao se encontrar com a água.

    depois de misturada com água, este processo de hidratação gera calor como resultado das reações de hidratação e da cristalização que se seguem.

    neste processo de hidratação, cada molécula de cimento é multiplicada em outras partículas, transformando em produto sólido, chamado de: “gel de silicato de cálcio hidratado”

    o resultado dessa reação química que o cimento passa, dá-se o aumento do volume dos sólidos dentro dos limites dessa pasta, resultando em “embricamentos”, que é a união de todas as moléculas.

    todo este processo quando seca (eliminação da umidade), o cimento vira uma pedra artificial, com volumes, formas e dimensões variáveis de acordo com a obra.

    formação do cimento

  • vídeo: o cimento (the cement)

  • Cimento Portland

    cimento portland, foi o nome dado em 1824 pelo químico britânico joseph aspdin ao tipo de pó de cimento, em homenagem à ilha britânica de portland. joseph aspdin queimou conjuntamente pedras calcárias e argila, transformando-as num pó fino.

    percebeu que obtinha uma mistura que, após secar, tornava-se tão dura quanto as pedras empregadas nas construções.

    a mistura não se dissolvia em água e foi patenteada pelo construtor no mesmo ano, com o nome de cimento portland, que recebeu esse nome por apresentar cor e propriedades de durabilidade e solidez semelhantes às rochas da ilha britânica de portland.

    fonte: wikpédia

    cimento portland

  • tipos de cimento portland

    cp i cimento portland comum cp i-s cimento portland comum com adição cp ii-e cimento portland composto com escória de alto-forno cp ii-z cimento portland composto com pozolana cp ii-f cimento portland composto com fíler cp iii cimento portland de alto-forno cp iv cimento portland pozolânico cp v-ari cimento portland alta resistência inicial cp v-ari rs cimento portland de alta resistência inicial resistente a sulfatos

    fonte: www.abcp.org.br

  • Diferenciação dos tipos de Cimento

    diferenciação dos tipos de cimento

    os diferentes tipos de cimentos normatizados são designados pela sigla e pela classe de resistência.
    a sigla corresponde ao prefixo cp acrescido de algarismos romanos i a v, sendo as classes de resistências indicadas pelos números 25, 32 e 40.

    estas apontam os valores mínimos de resistência à compressão (expressos em megapascal. - mpa), garantidos pelos fabricantes, após 28 dias de cura.
    fonte: www.abcp.org.br

  • o cimento cp ii 32 é um cimento composto, do cimento puro mais a adição de outro material, que pode ser a pozolana (cp ii z 32), o filer calcário (cp ii f 32) ou a escória ( cp ii e 32). é um cimento muito utilizado tanto para concretos quanto para argamassas em geral.

    o cimento cp iii 32, é um cimento com adição de escória em maior percentual (35% a 70%), o que garante um cimento de baixo calor de hidratação, ou seja, ele ganha resistência de forma mais lenta, chegando a uma resistência equivalente ao cp ii aos 28 dias (32 mpa = 320 kg/cm2 – mínimo exigido por norma).
    pode ter as mesmas aplicações que o cp ii 32.

    fonte: www.abcp.org.br

  • Tipos de Cimentos

    tipos de cimentos


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CONCRETAGEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL
  • Introdução
  • Formação do Cimento
  • Cimento Portland
  • Diferenciação dos tipos de Cimento
  • Tipos de Cimentos
  • Segurança no uso do Cimento
  • Segurança no uso
  • Funções de uma estrutura de concreto
  • Agregados
  • Trabalho de Concretagem
  • Dosagem do concreto
  • Preparação do concreto
  • Concreto misturado em betoneira
  • Concreto dosado em central
  • Solicitação de Concreto
  • Procedimentos preliminares a execução das concretagens, lajes e pisos:
  • Transporte do concreto
  • Transporte por bombeamento
  • Lançamento do concreto
  • Adensamento do concreto
  • Cura do concreto
  • Correção de falhas no concreto
  • Correção de pequenas falhas
  • Correção de grandes falhas
  • Conclusão
  • Sites Interessantes
  • Bibliografia
  • Fim!!!