Curso Online de Eletrônica
4 estrelas 14 alunos avaliaram

Curso Online de Eletrônica

O Objetivo Do Curso De Eletrônica, é Transmitir Para Os Alunos, Técnicas Avançadas De Manutenção em Circuitos Eletrônicos. Mostrar Como u...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 24 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Objetivo Do Curso De Eletrônica, é Transmitir Para Os Alunos,
Técnicas Avançadas De Manutenção em Circuitos Eletrônicos.
Mostrar Como usar Seus Componentes De Forma Correta
Em Projetos Pessoais, E Também Nos Projetos Que o Próprio Curso Oferece.

Nosso objetivo é promover a satisfação de nossos alunos, através de cursos com qualidade em diversas áreas para o rápido desenvolvimento profissional de todos. Veja bem, a palavra do Senhor é suficiente para nos dar o conforto, a fé, o amor, a cura, a esperança e a renovação da mente. Paulo e Tomé talvez tiveram o privilégio de ver Jesus com seus olhos naturais, mas bem-aventurado é aquele que nunca O viu e mesmo assim creu nele. Que possamos ser os bem-aventurados, cuja a palavra de Deus e combate dos irmãos (com testemunhos, orações) sejam suficientes para o fortalecimento da nossa fé em Cristo Jesus e possamos vê-lo no Seu dia.


- Francisca Deuza De Azevedo Maquine

- Expedito Marinho Costa

- Josué Araujo Chaves

- Jorge Luiz Lima Andrade

- Rodrigo Dos Santos Machado

"É bom curso e tem muito material disponível. Isso é bom"

- Weslen Faustino Ferreira

- Marlon Matos Abreu

- Carlos Eduardo De Souza

- Valceliojosedasilva

- Aliriojoaotarter

- Marcos Rogerio Pereira

- Cicero Manoel Da Silva

- Tarcisio Antonio Di Bernardi Martins

- Francisco Edson Gomes Pereira

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Eletrônica

  • RESISTORES, CAPACITORES, BOBINAS E TRANSFORMADORES

    RESISTORES, CAPACITORES, BOBINAS E TRANSFORMADORES

    Componentes importantes serão examinados nesta lição. Os componentes estudados fazem parte de todos os computadores, periféricos e circuitos eletrônicos de uso geral como, televisores, monitores, impressoras, amplificadores, etc. O conhecimento de suas funções é essencial para reparação de qualquer aparelho eletrônico ou para sua montagem. Além disso, conheceremos o princípio de funcionamento de alguns transdutores, ou seja, dispositivos que convertem energia como os alto-falantes, fones e microfones. Teremos finalmente, uma apresentação do mais importante de todos os instrumentos eletrônicos, o multímetro, com as aplicações básicas que você precisa conhecer para usá-lo na descoberta de problemas dos computadores e de muitos outros equipamentos eletrônicos:

  • Resistores
    Potenciômetros e trim-pots
    Capacitores
    Bobinas e indutores
    Corrente contínua, corrente alternada e transformadores
    Transdutores: alto - falantes, fones e microfones
    os Galvanômetros e os Multímetros. 

  • RESISTORES

    RESISTORES

    Caso não haja limitação para a corrente elétrica num circuito, dada pela resistência de suas partes, a sua intensidade não poderá ser controlada e isso pode provocar uma conversão de energia em calor em uma quantidade além do previsto: é o caso do curto-circuito em que temos uma produção descontrolada de calor, com efeitos destrutivos.
    Para reduzir, de maneira controlada, a intensidade da corrente, oferecendo-lhe uma oposição ou resistência, ou então para fazer cair a tensão num circuito a um valor mais conveniente a uma determinada aplicação, usamos componentes denominados resistores.

  • Os resistores mais comuns são os de película ou filme de carbono ou metálico, que tem o aspecto mostrado na figura 1.

  • A “quantidade” de resistência que um resistor oferece à corrente elétrica, ou seja, sua resistência nominal é medida em ohms (  ) e pode variar entre 0,1 e mais de 22 000 000 .
    Também usamos nas especificações de resistências os múltiplos do ohms, no caso o quilohm (k ) e o megohm (M ).
    Assim, em lugar de falarmos que um resistor tem 4700  é comum dizermos 4,7 k ou simplesmente 4k7, onde o “k” substitui a vírgula.
    Para um resistor de 2 700 000 ohms falamos simplesmente 2,7 M ou então 2M7.

  • TABELA

    TABELA

  • Partindo desta tabela, o valor de um resistor é dado por 3 ou 4 faixas coloridas que são lidas da ponta para o centro,
    conforme mostra a figura 2.

    Vamos supor que estejamos de posse de um resistor cujas cores na ordem são: amarelo, violeta, vermelho e dourado (figura 2).

  • A primeira e a segunda faixa fornecem os dois algarismos da resistência, ou seja:
    Amarelo=4
    Violeta=7
    Formamos assim, a dezena 47.
    A terceira faixa nos dá o fator de multiplicação, ou quantos zeros devemos acrescentar ao valor já lido.
    No caso temos:
    Vermelho = 00 ou x 100
    Temos então 47 + 00 = 4700 ohms ou 4k7.

  • A quarta faixa nos diz qual é a tolerância no valor do componente, quando ela existe. Se esta faixa não existe, temos um resistor de 20%, ou seja, que pode ter até 20% de diferença entre o valor real da resistência que ele apresenta e o valor que temos na marcação.
    No nosso caso, a faixa dourada diz que se trata de um resistor com 5% de tolerância.
    Existem resistores “de fio” que por serem maiores, têm a marcação de resistência feita diretamente com números e outras indicações.
    Vimos na lição anterior que, quando uma corrente elétrica força uma passagem por um meio que lhe ofereça oposição ela despende energia na forma de calor. No caso do resistor, se o componente não for capaz de transferir este calor para o meio ambiente, ele acaba por aquecer demais e queimar.

  • A capacidade de um resistor de transferir calor para o meio ambiente está diretamente ligada ao seu tamanho (superfície de contato com o ar). Esta capacidade é dada pela potência,
    (dissipação) do resistor, a qual é expressa em watts (W).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • RESISTORES, CAPACITORES, BOBINAS E TRANSFORMADORES
  • RESISTORES
  • TABELA
  • CIRCUITO SÉRIE DE RESISTORES
  • CIRCUITO PARALELO DE RESISTORES
  • POTENCIÔMETROS E TRIM-POTS
  • CAPACITORES
  • BOBINAS OU INDUTORES
  • CIRCUITOS DE TEMPO, INDUTORES E CAPACITORES EM CA, SOM E ONDAS DE RÁDIO
  • CIRCUITO RC
  • CIRCUITO LC
  • CAPACITORES EM CIRCUITOS DE CORRENTE ALTERNADA
  • OS SEMICONDUTORES – JUNÇÕES – DIODOS
  • MATERIAIS SEMICONDUTORES
  • JUNÇÕES PN
  • O DIODO SEMICONDUTOR
  • DIODO SEMICONDUTOR
  • TIPOS DE DIODOS
  • Diodos de Silício de Uso Geral
  • Diodos Retificados de Silício
  • DIODO ZENER
  • DIODOS EMISSORES DE LUZ OU LEDs
  • FOTO–DIODOS
  • EXPERIÊNCIAS E MONTAGENS
  • PROVADOR DE COMPONENTES
  • USO
  • LISTA DO MATERIAL
  • INDICADOR DE POLARIDADE
  •  LISTA DE MATERIAL
  • OS TRANSISTORES
  • A ESTRUTURA DO TRANSISTOR
  • CONFIGURAÇÕES
  • O TRANSISTOR NA PRÁTICA
  • TRANSISTORES DE USO GERAL
  • TRANSISTORES DE POTÊNCIA
  • TRANSISTORES DE RF
  • TIPOS E IDENTIFICACOES DE TERMINAIS
  • EXPERIÊNCIAS E MONTAGENS
  • TESTE DE CONTINUIDADE APERFEIÇOADO
  • TESTANDO TRANSISTORES COM SEU PROVADOR DE CONTINUIDADE
  • CIRCUITO PARA VER COMO FUNCIONA UM TRANSISTOR
  • Para a sua elaboração precisaremos do seguinte material: Q1 – BC548 ou equivalente – transistor NPN de uso geral B1 – 6 V – 4 pilhas com suporte R1 – 10 k? x 1/8 W – resistor (marrom, preto, laranja) R2 - 470? x 1/8 W – resistor (amarelo, violeta, marrom) P1 – 100 k? - potenciômetro LED – LED vermelho comum. Veja que em no nosso circuito o potenciômetro é ligado de tal forma a poder variar a tensão aplicada à base do transistor.
  • CIRCUITOS COM TRANSISTORES
  • O TRANSISTOR COMO CHAVE
  • REGULADORES DE TENSÃO
  • EXPERIÊNCIAS E MONTAGENS 01
  • O transistor como chave
  • Mini fonte
  • Amplificador experimental
  • EXPERIÊNCIAS E MONTAGENS 02
  • TRANSMISSOR DE FM