Curso Online de Autoclave - Esterilização
2 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Autoclave - Esterilização

Esterilização de instrumentos cirúrgicos, vapor, operação, manutenção, proteção, normas, tipos de equipamentos e ligando a caldeira.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Esterilização de instrumentos cirúrgicos, vapor, operação, manutenção, proteção, normas, tipos de equipamentos e ligando a caldeira.

Prof. de colégio Técnico, fiz até 4º modulo de Engenharia Mecânica, tenho 15 anos na área de ensino e 40 anos trabalhando na indústria. Conhecimento e trabalhos efetuados na área, como torneiro mecânico-SENAI, ajustagem de moldes, fabricação de máquinas sheel mounding, automatização, acompanhamento de fabricação de pneumática e hidráulica industrial, especificação e montagem, máquinas de mármore e granitos, bem como máquinas de embalagem, fabricação de blocos e prensas hidráulicas. ATENÇÃO alunos: 90% dos cursos tem site externo de apoio e pesquisas, não deixe de visitar. Cursos de NR-12 e NR-13, revisado pela Técnica de Segurança do Trabalho, D. Mirian M. dos Santos,com CREA e obedecendo a lei vigente.


- Luciene Nascimento Ferreira Gomes

- Maria Das Dôres Campos Cardoso

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Cursos Técnicos Mecânico

    Prof. Wilson

    www.profwilsoncsg.com.br

  • Auto Clave

    www.profwilsoncsg.com.br

  • www.profwilsoncsg.com.br

  • Auto Clave

    Vapor de Água

    Esterilização

    Esterilização

    www.profwilsoncsg.com.br

  • Início da Esterilização

    Calor Úmido

  • Funcionamento de um Autoclave

    Usando vapor como agente esterilizante
    Microbiologia

  • Câmeras Horizontais

    Esterilizador a vapor

  • Esterilização por calor – definição

    A Farmacopéia Brasileira define o processo de esterilização como “Método...tem por finalidade remover ou destruir todas as formas de vida, animal ou vegetal, macroscópicas ou microscópicas, saprófitas ou não, presentes no produto considerado, sem garantir a inativação completa de toxinas ou enzimas celulares.”
    De acordo com o FDA é possível utilizar-se o termo estéril para descrever a condição microbiológica quando um processo de controle microbiológico for executado por esterilização terminal dentro das Boas Práticas de Manufatura (GMP) e validado com um ou menos unidades não estéreis em um milhão (106).
    Na literatura, Pflug, I. J. (1973) e Block, S. S. (1991) consideram que um artigo pode ser considerado estéril quando a probabilidade de sobrevivência de um microorganismo em um meio de cultura padrão (onde haviam previamente proliferado) é da ordem de 10-6.
    A probabilidade de sobrevivência de um microorganismo igual a 10-6 em um processo de esterilização recebe a sigla PNSU (Probability of a Non-Sterile Unit) ou, no âmbito industrial, de SAL (Sterile Assurance Level).

  • O esterilizador horizontal
    Auto-Vácuo

    A figura 1 mostra o diagrama básico de um esteriliza-dor a vapor horizontal de dupla porta e seus principais componentes:
    - O funcionamento básico do esterilizador vai depender do perfil de ciclo programado.
    - O perfil mais comum nas autoclaves a vácuo é aquecer utilizado para a esterilização de materiais sólidos, tais como metais, vidrarias, vestimentas, etc.
    - O ciclo de materiais sólidos não é indicado, contudo, para produtos envasados em frascos herméticos ou não, líquidos em geral, meios de cultura e em ciclos de descarte de materiais altamente contaminados. Para estes produtos existem perfis de ciclo específicos que demandam alterações sutis no diagrama da figura 1.

  • O perfil de temperatura e pressão no tempo para a esterilização de materiais sólidos é basicamente o demonstrado na figura 2.
    Passemos agora para uma descrição do funcionamento para o perfil da figura 2:

    Ao ligarmos o esterilizador no perfil de ciclo para sólidos e estando o suprimento de vapor presente na entrada N, a válvula E abrirá, deixando entrar vapor na camisa.

    A pressão de vapor da câmara externa será indicada pelo manômetro K. A principal função da camisa (ou câmara externa) é promover o aquecimento das paredes internas da câmara, evitando a formação de condensado durante a injeção de vapor na câmara interna. A câmara externa aquecida também auxilia na fase de secagem, irradiando calor no material a ser processado.

    www.profwilsoncsg.com.br

  • Uma vez fechadas as portas (J), pode-se iniciar o processo de esterilização.

    O primeiro passo é o chamado pré-vácuo, que consiste na remoção do ar no interior da câmara através de pulsos alternados de vácuo e injeção de vapor.

    No primeiro instante desta fase a bomba de vácuo G (que na verdade deveríamos aqui chamar de conjunto de vácuo já que na prática é formado por um conjunto de componentes, cujo principal elemento é a bomba de vácuo) é ligada até que a câmara interna H atinja um determinado nível de vácuo demonstrado pelo manovacuômetro L. Após atingir o nível pré-determinado, o conjunto da bomba de vácuo pára e a válvula de injeção de vapor na câmara interna (válvula C) é aberta até que o vácuo atinja um valor próximo ou acima do zero relativo, concluindo assim um pulso de vácuo. Esta fase é repetida
    tantas vezes quanto necessário para que se garanta a plena remoção do ar no interior dos materiais a serem esterilizados.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • AutoClave
  • Esterilização por vapor
  • O esterilizador horizontal
  • Instrumentação
  • O vapor
  • Caldeiras
  • Vazão
  • Pressão
  • Vapor saturado e superaquecido
  • Ligando a caldeira