Curso Online de Minerais e tratamentos

Curso Online de Minerais e tratamentos

Minerais e sua classificação. Propriedades físicas e químicas mais importantes dos minerais. Noções sobre rochas magmáticas, sedimentares...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Minerais e sua classificação. Propriedades físicas e químicas mais importantes dos minerais. Noções sobre rochas magmáticas, sedimentares e metamórficas. Textura e associação mineralógica. Principais métodos de lavra de minas. Mineração a céu aberto e lavra subterrânea. Noções sobre tratamentos de minérios. Correlação entre a mineralogia e a aplicabilidade dos processos de extração hidrometalúrgicos e pirometalúrgicos.
Características de um mineral propriedades físicas dos minerais, classificação de minerais e tratamento de minérios



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Tecnologia Mineral

    Tecnologia Mineral

  • Súmula

    Súmula

    Conteúdo: Minerais e sua classificação. Propriedades físicas e químicas mais importantes dos minerais. Noções sobre rochas magmáticas, sedimentares e metamórficas. Textura e associação mineralógica. Principais métodos de lavra de minas. Mineração a céu aberto e lavra subterrânea. Noções sobre tratamentos de minérios. Correlação entre a mineralogia e a aplicabilidade dos processos de extração hidrometalúrgicos e pirometalúrgicos.

  • Súmula

    Súmula

    REFERÊNCIAS
     

    Manual de Mineralogia, Dana, J.D.; Hurlbut Jr., C.S., Livro Técnico, São Paulo, 1969.

    Minerais e Rochas, Ernst, W.G., Edgard Blücher, São Paulo, 1971.

    Nacional, São Paulo, 1975.

    Minerals, Clark, A., The Hamlyn Publishing Group , London, 1989.

    Teoria e Prática do Tratamento de Minérios, Vol. 1, Chaves, A.P. , Signus editora, São Paulo, 1996.

  • Súmula

    Súmula

    REFERÊNCIAS
     

    6. KLEIN, C. 2002. Mineral Science. John Wiley & Sons, EUA. 641p.

    7. M.P. Jones Applied Mineralogy, Graham and Trotman, London, 1987.

    8. The Open University/Unicamp. Depósitos Minerais, Origem e Distribuiçào, Editora da Unicamp, 1997.

    9. Manual de Mineralogia, Ao Livro Técnico S.A., Rio de Janeiro, 1977.

    10. B.A. Wills, Chap. 1, Mineral Processing Tecnology, Butterworth Heinemann, 7º Edition, 1997.

    11. VELHO, J.L. 2005. Mineralogia Industrial: Princípios e Aplicações. Lidel – Edições Técnicas, Lisboa. 606p.

  • Definições básicas

    5

    5

    5

    Definições básicas

    Mineral: é um elemento ou um composto químico, via de regra, resultante de processos inorgânicos naturais, de composição química geralmente definida e encontrado naturalmente na crosta terrestre. Em geral são sólidos e possuem estrutura cristalina definida (exceções: água e mercúrio).

    Cristal: é qualquer partícula mineral limitada por faces planas que possuem uma relação geométrica definida quanto ao arranjo atômico.

    Rocha: é um agregado natural e multigranular, formado por um ou mais minerais, que constitui parte essencial da crosta terrestre e é nitidamente individualizado.

    Mineralóide: é qualquer sólido ou líquido que ocorre naturalmente na natureza e não possui arranjo sistemático dos átomos que o constituem (exemplos: vidro vulcânico, âmbar, carvão, betume).

    Minério: é um mineral (ou associação de minerais) de que se podem extrair metais ou substâncias não metálicas, por processos físicos, químicos ou térmicos, com vantagens econômicas.

  • Minério de cobre

    6

    6

    6

    Minério de cobre

    O conceito de minério depende do custo de processamento x preço de mercado
    e da abundância x disponibilidade.

  • Definições básicas

    7

    7

    7

    Definições básicas

    Minério é um mineral ou uma associação de minerais (rocha) que pode ser explorado economicamente.

    Assim, um mineral pode, durante uma certa época e em função de circunstâncias culturais, tornar-se um minério, podendo em seguida, desde que substituído por outros produtos naturais ou sintéticos, perder a sua importância econômica e voltar a ser um simples mineral.

  • Definições básicas

    8

    8

    8

    Definições básicas

    Minerais, do latim minera , são compostos químicos naturais (raramente elementos nativos), formados a partir de diversos processos físico-químicos que operaram na crosta terrestre. A maioria esmagadora desses compostos ocorrem no estado sólido e compõem as rochas

    Um mineral que pode ser explorado economicamente passa a ser denominado de  minério e, à atividade referente à sua extração, chamamos mineração.

    Estudos experimentais demonstram que cada mineral é formado sob uma condição físico-química específica, ou seja, a uma determinada temperatura, pressão e concentração dos elementos químicos presentes no sistema.

  • Definições básicas

    9

    9

    9

    Definições básicas

    Os minerais se mantêm imutáveis até que as condições ambientais atinjam os limites de sua estabilidade, a partir do que são substituídos por outros mais estáveis sob a nova condição. Alguns minerais, porém, possuem limites de estabilidade muito amplos e são praticamente imutáveis, como o diamante, o coríndon, o grafite, etc.

    Os minerais possuem uma grande variedades de propriedades (cor, dureza, brilho, índice de refração, transparência, clivagem, peso específico, etc), das quais ao menos uma delas serve para distingui-lo de todos os demais.

  • Definições básicas

    10

    10

    10

    Definições básicas

    Minerais

    Metálicos (ferroso e não ferrosos)

    Não Metálicos

  • Definições básicas

    11

    11

    11

    Definições básicas

    Distribuição da Produção Mineral segundo as classes minerais no Brasil


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Tecnologia Mineral
  • Súmula
  • Definições básicas
  • Minério de cobre
  • Definições básicas
  • Consumo de metais e materiais
  • Distribuição nacional do consumo de metais e materiais
  • Definições básicas