Curso Online de ISO 26000

Curso Online de ISO 26000

CARO ALUNO, A NORMATIZAÇÃO É UM FENÔMENO NATURAL A QUALQUER ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA O CRESCIMENTO NO RAMO QUE ATUA. A ISO 26000 APROFUNDA ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 18 horas

De: R$ 180,00 Por: R$ 120,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

CARO ALUNO,

A NORMATIZAÇÃO É UM FENÔMENO NATURAL A QUALQUER ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA O CRESCIMENTO NO RAMO QUE ATUA.
A ISO 26000 APROFUNDA O ASPECTO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL. CERTIFICANDO ORGANIZAÇÕES DE DIFERENTES ESPERAS E CONDICIONANDO UMA NOVA VISÃO E COMPREENSÃO DA REALIDADE.

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • ISO 26000 RESPONSABILIDADE SOCIAL

    ISO 26000 RESPONSABILIDADE SOCIAL

  • Síntese da isso 26000

    Síntese da isso 26000

    Segundo o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), no dia 1°de novembro de 2010, foi lançada a publicação da Norma Internacional ISO 26000, referente a um conjunto de normas e diretrizes a respeito da Responsabilidade Social, lançado em Genebra. A versão brasileira foi lançada logo no dia 8 de dezembro do mesmo ano, na sede da Fiesp, São Paulo.

  • O documento brasileiro possui o título de ABNT NBR ISSO 26000, e pretende estimular as organizações e empresas a implementar projetos guiados sob orientações socioambientais em seus processos de planejamento,  atividades na sociedade e no meio ambiente. Visa uma postura ética por parte das instituições em obediência à legislação vigente e às normas internacionais.

  • Como documento , pretende reforçar as boas experiências e o positivo histórico das ações socioambientais das empresas. Após o lançamento internacional do novo ISO, para coordenar a apresentação e inserção dessas novas normas em mais de 100 países, os trabalhos foram liderados pela Suécia e pelo Brasil. No Brasil, os trabalhos foram coordenados pela ABNT e na Suécia pelo Swedish Standards Institute.

  • Desde o lançamento, ficou estabelecido a divisão das responsabilidade entre um país desenvolvido e outro em desenvolvimento, o Brasil foi selecionado pelo seu pioneirismo no processo de normatização de responsabilidade social a partir da NBR 16001. Antes de 2004, nenhum outro país possuía uma normatização própria para as questões sociais.

  • Entre o mês de março de 2005 e maio de 2010, houve várias reuniões entre dos comitês-espelho nacionais e do Grupo de Trabalho Internacional que abrangeu a presença do Pnuma ( Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e da OIT (Organização Internacional do Trabalho). Governos, instituições e ONG’s de diferentes países foram ouvidos nesse processo de elaboração do ISO 26000.

  • Segundo o INMETRO, o novo documento estabelece:
    Conceitos, termos e definições referentes à responsabilidade social;
    Histórico, tendências e características da responsabilidade social;
    Princípios e práticas relativas à responsabilidade social;

  • Principais temas:   integração, implementação e promoção de comportamento socialmente responsável em toda a organização e por meio de suas políticas e práticas dentro de sua esfera de influência;  identificação e engajamento de partes interessadas;  comunicação de compromissos, desempenho e outras informações referentes a responsabilidade social.

  • Responsabilidade social

    Responsabilidade social

    No cenário mundial contemporâneo percebe-se o processar de inúmeras transformações de ordem econômica, política, social e cultural que, por sua vez, se adaptam aos novos modelos de relações entre instituições e mercados, organizações e sociedade. No âmbito das actuais tendências de relacionamento, verifica-se a aproximação dos interesses das organizações e os da sociedade resultar em esforços múltiplos para o cumprimento de objetivos compartilhados.

  • Os primeiros estudos que tratam da responsabilidade social tiveram início nos Estados Unidos, na década de 50, e na Europa, nos anos 60 (BICALHO, 2003). As primeiras manifestações sobre este tema surgiram, no início do século, em trabalhos de Charles Eliot (1906), Arthur Hakley (1907) e John Clarck (1916). No entanto, tais manifestações não receberam apoio, pois foram consideradas de cunho socialista. Foi somente em 1953, nos Estados Unidos, com o livro Social Responsabilities of the Businessman, de Howard Bowen, que o tema recebeu atenção e ganhou espaço. Na década de 70, surgiram associações de profissionais interessados em estudar o tema: American Accouting Association e American Institute of Certified Public Accountants. É a partir daí que a responsabilidade social deixa de ser uma simples curiosidade e se transforma num novo campo de estudo. A responsabilidade social revela-se então um fator decisivo para o desenvolvimento e crescimento das empresas.

  • Segundo o Livro Verde da Comissão Europeia (2001), a responsabilidade social é um conceito segundo o qual, as empresas decidem, numa base voluntária, contribuir para uma sociedade mais justa e para um ambiente mais limpo. Com base nesse pressuposto, a gestão das empresas não pode, e/ou não deve, ser norteada apenas para o cumprimento de interesses dos proprietários das mesmas, mas também pelos de outros detentores de interesses como, por exemplo, os trabalhadores, as comunidades locais, os clientes, os fornecedores, as autoridades públicas, os concorrentes e a sociedade em geral. Afirma Carlos Cabral-Cardoso (2002) que o conceito de responsabilidade social deve ser entendido a dois níveis


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 120,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ISO 26000 RESPONSABILIDADE SOCIAL
  • Síntese da isso 26000
  • Responsabilidade social
  • Responsabilidade social corporativa
  • Visões de responsabilidade social
  • críticas
  • Natureza do negócio
  • motivos
  • Consumo ético
  • Reflexões sobre mercado
  • O que é uma iso?
  • Histórico da construção da iso 26000
  • contextualização
  • A Norma Nacional – ABNT NBR 16001
  • ABNT NBR 16001:2012
  • escopo
  • Política da rs
  • Estrutura da norma
  • Histórico da NBR 16001
  • Aspectos relevantes da isso 160o1
  • estruTURA DA isso 16001
  • Processo de elaboração da iso 26000
  • Característica da iso 26000
  • estrutura
  • desdobramento
  • IMPORTÂNCIA
  • INTERESSADOS
  • DIFICULDADES
  • TEMAS CENTRAIS
  • VÍDEOS INTERESSANTE
  • ESTRUTURA DA ISO
  • TEMAS CENTRAIS
  • ESCOPO
  • TENDÊNCIAS DA RS
  • RS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
  • Accountability
  • TRANSPARÊNCIA
  • CONTATO
  • AGRADECIMENTO