Curso Online de ETIQUETA SOCIAL EM FESTAS E JANTARES

Curso Online de ETIQUETA SOCIAL EM FESTAS E JANTARES

Este curso trata das regras de protocolo e etiqueta na orgaizacao de festas,jantares etc

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 14 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso trata das regras de protocolo e etiqueta na orgaizacao de festas,jantares etc

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Deve fazer-se a apresentação dizendo primeiro o nome da pessoa de menor categoria e depois o mais importante.
    Quando se trata de uma alta individualidade, sobeja­mente conhecida através dos meios de informação, omi­tir-se-á o nome, pois mencioná-lo poderia tirar-lhe impor­tância, a não ser que esteja a ser apresentado a um estrangeiro ou a alguém que viva num meio totalmente diferente do seu.
    No caso de pessoas que ocupam algum cargo, diz-se primeiro o cargo e depois o nome.
    Os homens são apresentados às senhoras.
    Entre duas pessoas do mesmo sexo, o mais novo é apresentado ao mais velho.

  • O BEIJO
    Hoje em dia, o beijo é a forma normal de cumprimentar.
    Um ou dois beijos em países europeus, três bei­jos em alguns países orientais.
    Cumprimentemos com um beijo quando tivermos a certeza de que o beijo será recebido como algo natural, que não o estranharão.

    Mas em caso de dúvida, o melhor é abster-se.

  • O APERTO DE MÃO

    O aperto de mãos deve ser firme e correcto. Nem aperto de quebra-ossos, nem mão branda e mole.
    Deve olhar-se nos olhos amistosa e francamente e sorrir.
    Nunca se deve olhar para outro lado quando se cumprimenta.
    Se se trata de uma apresentação, deve ouvir-se o nome com atenção.
    Se não ouvirmos bem, o correcto e pedir que se repita; incorrecto é ficarmos sem saber.

  • BEIJAR A MÃO

    Em Portugal e na maior parte da Europa - exceto nas Ilhas Britânicas e nos países nórdicos é usual bei­jar a mão às senhoras.

    Trata-se de um gesto bonito que agrada a todas as senhoras, especialmente às dos países americanos ou de Inglaterra onde não é costume beijar-se a mão.
    Para beijar a mão devem manter-se os pés juntos e as pernas direitas, inclinar-se levemente e ao mesmo tempo erguer a mão da senhora;

  • A mão não se beija, roça-se sua­vemente com os lábios, ou às vezes nem sequer isso, pois o cavalheiro beija o seu próprio polegar.
    A regra geral é que se beija a mão às senhoras casadas, mas não às sol­teiras.
    A mão não se beija ao ar livre nem num lugar público, como um ministério, um aeroporto ou uma estação.

  • Quando se trata de uma receção, beija-se a mão à anfitriã, mas quando esta está acompanhada de outras senhoras basta apertar-lhes a mão para evitar que a repe­tição do gesto se torne ridícula.
    Não é preciso lembrar que a mão que se aperta ou se beija deve estar nua, sem luvas.

  • FORMAS CORRETAS DE CUMPRIMENTAR

    FORMAS CORRETAS DE CUMPRIMENTAR

    DIGNITÁRIOS ECLESIÁSTICOS
     
    Tanto homens como mulheres devem fazer o gesto de beijar o anel aos altos dignitários da Igreja, como cardeais, arcebispos e bispos. Não é, evidentemente, uma obrigação, mas é uma prova de correção e do res­peito que nos devem merecer as referidas personali­dades.
     
    NÃO SE CUMPRIMENTA SENTADO
     

  • Nunca se deve cumprimentar ninguém sentado.
    Da mesma maneira, a secretária de uma empresa deve levantar-se ao entrar um visitante.

    Quando chega um dos chefes também tem de se levantar, e não é correto que responda sentada às perguntas que lhe façam.

  • Tratamentos de chefes de Estado e de membros da realeza
     
    Presidente da República: Sua Excelência
    Rei ou rainha: Sua Majestade
    Príncipes: Sua Alteza Real

    Tratamentos civis
     
    «Excelência», «Senhoria Ilustríssima» e «Senhoria», que no cabeçalho se traduzem por «Excelentíssimo Senhor», «Ilustríssimo Senhor» e «Senhor». A abreviatura do tratamento de «Excelência» num texto escrito é V.Ex.a (Vossa Excelência), e o de «Senhoria Ilustríssima» é V.IL.ª (Vossa Ilustríssima)

  • Autoridades e funcionários do Estado

    «Excelência» para as mais altas autoridades, incluindo os ministros.
    No entanto, há departamentos do Estado onde as normas são mais precisas.
    Na carreira diplo­mática, por exemplo, está claramente estabelecido que os embaixadores terão o tratamento de «Vossa Excelência»; os conselheiros de embaixada, o de «Ilustríssimos Senhores»; os secretários de embaixada, o de «Senhores». Quer isto dizer que, na prática, todos os secretários de embaixada têm o mesmo tratamento, ou melhor, nenhum tem tra­tamento específico.

  • Forças Armadas

    As normas das Forças Armadas são igualmente muito claras: os oficiais generais terão tratamento de «Excelência», os coronéis e capitães-de-mar-e-guerra o de «Senhoria»; os restantes membros das Forças Armadas o de «Senhor».


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • FORMAS CORRETAS DE CUMPRIMENTAR