Curso Online de Curso crie sua marca de roupa

Curso Online de Curso crie sua marca de roupa

O mercado de moda no Brasil tem se destaco pelo seu potencial econômico. O curso de como criar sua marca de roupas irá ensina-lo passo a ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O mercado de moda no Brasil tem se destaco pelo seu potencial econômico. O curso de como criar sua marca de roupas irá ensina-lo passo a passo os procedimentos para abertura, desenvolvimento e sucesso de sua futura marca.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Conteúdo programático

    Mercado de moda no Brasil.
    Introdução.
    Caracterização da marca.
    Escolha do público alvo.
    Análise do público alvo.
    Estudo da concorrência.
    Registro de marca.
    Registro de empresa.
    Publicidade e marketing.
    Plano de negócios.
    Planejamento financeiro I e II.
    Processo de produção das coleções.
    Análise de preço.
    Vendas e distribuição de produtos da marca.

    Conteúdo programático

  • Introdução

    Introdução

  • Os mercado de moda no Brasil é classificado com um setor de grande potencial de expansão, representando cerca de 10% da produção industrial e com um faturamento na casa dos bilhões de reais, que mesmo com uma vasta concorrência vem consagrando de forma bem sucedida desde pequenas a grandes lojas e pequenas a grandes marcas de vestuário.

    Os fatores que influenciam o constante crescimento desse setor se devem aos fato da melhoria distribuição de renda no Brasil, melhores ajustes no salário mínimo, inserção de mulheres no marcado de trabalho, além de novas classificações no meio social que define m classes médias e baixas como potencial de consumo.

  • Em vista disso a área desperta o desejo de milhões de empresários e novos empresários dispostos a investir no setor e alcançar uma boa rentabilidade. Porém como em qualquer outra área de negócios, o mercado oferece desde vantagens e lucratividade a riscos e incertezas.

    Mesmo com mercado chamativo e de grande rentabilidade, tirar as ideias do papel requer estudo, capital, estratégias e se for possível um plano B para que o investidor não corra o risco de ver seu sonho e dinheiro escorrem pelo ralo, mesmo quando se trata de pequenos ou médios negócios.

  • Os principais fatores que levam ao sucesso e quanto ausentes ao fracasso de um negócio são os seguintes: analise de concorrência, publicidade e marketing, processo de produção e distribuição ao consumidor, empatia com o mercado consumidor, sem contar é claro com as estratégias para diferenciar-se da concorrência e se manter no mercado.

  • Mercado da moda no Brasil

    Mercado da moda no Brasil

    São Paulo Fashion Week

  • O faturamento do setor quadruplicou nos últimos dez anos e, segundo a consultoria Euromonitor, chegou a R$ 140 bilhões em 2013, ano em que a economia nacional teve um pífio desempenho. A participação da mulher no mercado de trabalho tem ajudado a impulsionar o crescimento do ramo. 

    O mercado de moda brasileiro ainda se beneficia da qualidade do design, da tecnologia e da responsabilidade social com o meio ambiente. Mas sofre com as altas taxas de juros e a pesada carga tributária do país, além de enfrentar problemas relacionados à logística e a questões trabalhistas. Ainda assim investir na área pode ser um bom negócio.
    Fonte:http://www.imil.org.br/podcast/moda-um-mercado-para-de-crescer-brasil

  • Nas classes D e E, quase todo o dinheiro é gasto em necessidades básicas, como moradia e alimentação. Sobram apenas 40 reais por mês para roupas e acessórios. Quem passa para a classe C gasta, em média, 97 reais. Na classe B, 202 reais. E, na classe A, 455 reais por mês.

    Em outras categorias de produtos, a diferença de gastos por faixa de renda é muito menor. Portanto, à medida que um país enriquece e as pessoas pulam de faixa social, um dos setores mais beneficiados tende a ser o de moda. É o que vem acontecendo no Brasil.

    Fonte: http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1057/noticias/a-moda-que-vale-bilhoes

  • Segundo a consultoria do setor têxtil Iemi, a fatia de mercado das butiques de bairro caiu de 44% para 37% nos últimos seis anos. Enquanto isso, foram erguidos 160 shoppings no país na última década. Diversas empresas souberam aproveitar essa onda. O número de redes de franquias de moda avançou 259% no período.

    Elas cresceram não só em número mas em tamanho. As redes de moda feminina Farm e Animale, que se uniram em 2010, crescem 35% ao ano e faturam 850 milhões de reais. A malharia catarinense Malwee, que vendia só para lojas de bairro, abriu mais de 100 pontos de venda desde 2011.

  • O grupo M5, dono da M. Officer, já tem 200 lojas. A rede de moda jovem TNG tem 180 lojas, todas próprias. Especialistas no setor calculam que existam perto de 50 empresas com faturamento de pelo menos 500 milhões de reais e que poderiam valer até 1 bilhão de reais caso fossem vendidas.

    As empresas de moda também têm a vantagem de precisar de pouco capital porque costumam dividir os investimentos na expansão com os franquea­dos. As margens de lucro de quem tem marcas conhecidas ficam entre 8% e 15%, até cinco vezes maior que em outras áreas do varejo.

    Fonte: http://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1057/noticias/a-moda-que-vale-bilhoes

  • Escolha do nome da marca

    Escolha do nome da marca


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Conteúdo programático
  • Introdução
  • Mercado da moda no Brasil
  • Escolha do nome da marca
  • Design e identidade da marca
  • Definição do público alvo
  • Analise do público alvo
  • Análise da concorrência
  • Registro de marca
  • Registro de empresa.
  • Publicidade e marketing
  • Plano de negócios
  • Processo de produção
  • Organização do espaço físico
  • Analise de preço dos produtos
  • Venda e distribuição de produtos
  • Planejamento financeiro I
  • Planejamento financeiro II
  • Conclusão