Curso Online de Liderança nas Organizações

Curso Online de Liderança nas Organizações

A liderança enquanto um dos processos da gestão é a capacidade de um indivíduo para influenciar, motivar, promover o empenhamento dos out...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 49,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A liderança enquanto um dos processos da gestão é a capacidade de um indivíduo para influenciar, motivar, promover o empenhamento dos outros a fim destes contribuírem para a eficácia e sucesso das organizações a que pertencem. Saiba mais sobre este conceito com este curso rápido.

Nossos cursos são elaborados por grandes profissionais e feitos com dedicação, temos intuito de propagar o conhecimento de uma forma fácil e eficiente, sem complicação, visando principalmente a qualidade de nossos cursos e a satisfação de nosso alunos e cursistas.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Liderança nas Organizações

    Liderança nas Organizações

  • Introdução

    Introdução

  • Ao nível de definições quase se pode dizer que existem tantas definições de liderança quantos os estudos efetuados.

  • A liderança enquanto um dos processos da gestão é a capacidade de um indivíduo para influenciar, motivar, promover o empenhamento dos outros a fim destes contribuírem para a eficácia e sucesso das organizações a que pertencem.

  • Muitos estudos colocam a liderança ao nível da capacidade de um indivíduo ou grupo exercer ou possuir capacidade de influenciar outros indivíduos, grupos ou organizações na prossecução activa e entusiástica dos objectivos da organização a que pertence.

  • Nesta asserção de liderança poder-se-á falar sobre o carácter de adesão voluntária ou imposta que o líder exerce, ou os outros indivíduos, grupos ou organizações deixam que aquele exerça.

  • Outro aspecto interessante deste conceito tem a ver com o carácter relacional da liderança, isto é, o facto desta se exercer sempre por e com referência a algo. A liderança não ocorre no vazio; sem liderados não só não há liderança, como o líder é igualmente inexistente ou inútil.

  • liderança pode constituir-se para um grupo ou organização como um importante fator de promoção de maior eficiência e eficácia.

  • Desta forma a liderança assume o valor de variável instrumental, sendo que poderão existir diferentes actores individuais a exercer a liderança em diferentes momentos dos diversos processos organizacionais.

  • Gestores versus líderes

    Gestores versus líderes

  • Aparentemente a questão que se coloca é se gestão e liderança são ou não a mesma coisa. Esta pergunta tem suscitado e contribuído para separar as águas organizacionais no que toca à especificidade de cada uma; enquanto dimensões organizacionais são ambas percebidas como muito importantes para o êxito da organização.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 49,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Liderança nas Organizações
  • Introdução
  • Gestores versus líderes
  • Abordagens da Liderança
  • Os Estilos de Liderança de Likert
  • Modelo de Blake e Mouton (1964)
  • As Abordagens Contingenciais
  • A importância e a vontade de ser líder
  • Comportamentos de Liderança
  • Orientação para o desenvolvimento dos colaboradores
  • Conclusão