Curso Online de Merchandising e Técnicas de Merchandising
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Merchandising e Técnicas de Merchandising

Conjunto dos estudos e das técnicas de aplicação utilizados, separada ou conjuntamente, pelos distribuidores e pelos produtores com vista...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 27 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conjunto dos estudos e das técnicas de aplicação utilizados, separada ou conjuntamente, pelos distribuidores e pelos produtores com vista a aumentar a rentabilidade do local de venda e o escoamento dos produtos, através de uma adaptação permanente dos aprovisionamentos as necessidades do mercado e da apresentação apropriada das mercadorias".

Ao completar este curso no buzzero poderá obter uma dupla certificação em Competências em MERCHANDISING do knowlogy University Project enviando um pedido para knowlogyuniversityproject@gmail.com




EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning


"muito legal, abriram ainda mais meus conhecimentos ja estou buscando emprego nesta área de mercham."

- Cristiano Machado

"Eu não gostei muito porque achei que serviria para meu emprego ,mas de um jeito de outro esta bom.obrigado"

- Paulo CÉsar Pellicel

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • MERCHANDISING

  • MERCHANDISING

    NOÇÃO

    MERCHANDISING E GESTÃO DO PONTO DE VENDA

    MERCHANDISING E O CICLO DE VIDA DO PRODUTO

    O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    COMPORTAMENTO DO CLIENTE NO PONTO DE VENDA

    MERCHANDISING DO PRODUTOR E DO DISTRIBUIDOR

    A ORGANIZAÇÃO DO LINEAR

  • MERCHANDISING

    NOÇÃO

    "Conjunto dos estudos e das técnicas de aplicação utilizados, separada ou conjuntamente, pelos distribuidores e pelos produtores com vista a aumentar a rentabilidade do local de venda e o escoamento dos produtos, através de uma adaptação permanente dos aprovisionamentos as necessidades do mercado e da apresentação apropriada das mercadorias".

    Instituto Francês de Merchandising

  • MERCHANDISING

    MERCHANDISING E GESTÃO DO PONTO DE VENDA

    merchandising de sedução

    merchandising de optimização

    Tem como objectivo desenvolver no cliente a tendência para as compras impulsivas

    Tem como objectivo a optimização da implantação dos produtos no linear - coerência do sortido

    merchandising de gestão

    Tem como objectivo a rentabilização máxima do espaço e do produto

  • MERCHANDISING

    MERCHANDISING E O CICLO DE VIDA DO PRODUTO

    merchandising de nascimento

    merchandising de ataque

    Corresponde à introdução de uma nova referência do linear, procedendo ao seu enquadramento

    Desenvolve um dado produto, destacando-o dos demais elementos da sua família

    merchandising de manutenção

    Corresponde a uma defesa estratégica dos espaços conquistados no linear, através de um maior acompanhamento e animação

    merchandising de defesa

    Serve para travar a redução do espaço no linear

  • O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    O consumidor de hoje é exigente, está bem informado, é crítico e tem maior poder de compra.

    A selecção de um espaço de venda resulta da percepção de qualidade gerada nas diversas visitas efectuadas. Para a escolha, contam factores como:

    o ambiente da loja,

    a disposição do produto,

    a gama e as marcas existentes,

    o nível de serviços prestados

    e os tempos de espera.

    MERCHANDISING

  • O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    Em cada visita à loja o cliente visualiza um conjunto de situações que influenciam o seu comportamento no interior, apreciando entre outros aspectos:

    eficiência no movimento de registos, nas caixas;

    serviços de atendimento eficazes, nomeadamente ao balcão;

    resposta eficaz, pela existência dos produtos de maior necessidade;

    tempo de abertura dilatado; alguma especialização;

    relevância de produtos preparados/congelados e frescos.

    MERCHANDISING

  • O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    Para além destas preferências, destacam-se ainda a correcta sinalização das secções e a qualidade e a segurança nos prazos de validade dos produtos expostos. Cada vez mais o cliente pensa antes de comprar. Hoje, há já quem considere que as compras impulsivas vêm perdendo o seu lugar no volume global de vendas, por isso, o aproveitamento da sensibilidade do cliente deve ser feito em cada momento da sua visita.

    MERCHANDISING

  • MOTIVAÇÃO DO CLIENTE PARA O PONTO DE VENDA - O SEU CLIENTE

    O desenvolvimento do negócio deve considerar que cada cliente é importante para a loja, que cada cliente é um caso, pelo que se deve preocupar com as motivações de compra do SEU CLIENTE:

    S ENSIBILIDADE

    E NTUSIAMO/AMBIENTE

    U TILIDADE/RENTABILIDADE

    C ONFORTO/CONFIANÇA

    L IMPEZA/ARRUMAÇÃO

    I NFORMAÇÃO/APOIO

    E CONOMIA/VERSATILIDADE

    N OVIDADE/INOVAÇÃO

    T RANSPARÊNCIA/CREDIBILIDADE

    E MOÇÃO/DINÂMICA

    MERCHANDISING

  • O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    SENSIBILIDADE

    O cliente é sensível a tudo quanto se passa na loja. Desde que chega até que sai vai desenvolvendo percepções que, de algum modo, condicionam ou desenvolvem a sua vontade de continuar as compras. A sua sensibilidade centra-se em aspectos como:

    movimento geral;

     ambiente/ruído;

    iluminação;

    implantação do produto;

    higiene e limpeza;

    comportamento do pessoal.

    MERCHANDISING

  • O CLIENTE NO CONTEXTO DO MERCHANDISING

    ENTUSIASMO/AMBIENTE

    O cliente inicia as suas compras

    existência de produtos complementares (apelativos e inovadores);

    implantação do produto - mistura de produtos premeditados e produtos impulsivos;

    nível de exposição, sinalização adequada;

    tipo de publicidade/promoção.

    compras premeditadas

    O entusiasmo como motivação para a compra surge sob a influência de desafios que são colocados ao cliente ao longo de todo o percurso, no espaço de venda.

    compras impulsivas

    MERCHANDISING


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Merchandising e Promoção de Vendas
  • Objectivos dos Merchandisers
  • Merchandising
  • Merchandising de Sedução - Merchandising de organização/gestão
  • A disposição das secções
  • Ao “desenhar” a distribuição das secções, o merchandiser deve também ter em conta:
  • Animação da loja
  • Os ciclos de animação podem ser utilizados para:
  • As técnicas utilizadas são:
  • O merchandising de um produto num ponto de venda de bens de grande consumo faz intervir dois actores: o produtor e o distribuidor.
  • Merchandising do produtor e merchandising do distribuidor
  • Principal papel dos vendedores e produtores
  • A organização do Linear
  • Promoção de Vendas
  • Objectivos:
  • Ferramentas para Promoções de Vendas aos consumidores
  • Ferramentas para Promoções aos canais de venda
  • Medição da rentabilidade financeira de uma operação promocional
  • Merchandising de Sedução
  • Merchandising de Organização/Gestão
  • I - A implementação das grandes áreas da loja;
  • II - Definição e descrição do linear de venda
  • III - A dupla função do linear
  • IV - As formas de apresentação
  • V - A elasticidade das vendas em relação ao linear
  • VI - Métodos de organização do linear
  • VII - O modelo Spaceman
  • I- Apresentação vertical
  • III - A apresentação dos produtos em paletes
  • IV - A apresentação em topos e ilhas
  • Exemplo:
  • Ações externas de marketing, propaganda e relações públicas criam uma série de expectativas no cliente: 80% das decisões de compra ocorrem no PDV.
  • Os 6 aspectos principais no Merchandising Visual:
  • Loja inesquecível
  • Posicionamento e Estratégias de categorias no merchandising
  • 1. Sua Estratégia de Vendas
  • Combinando Merchandising Visual com Estratégia de Vendas
  • Exemplo: Livraria Infantil
  • 2. Análise Inicial de Sua Loja
  • 3. Sua Posição Competitiva
  • Formulário de Avaliação de Competitividade
  • A Primeira Impressão
  • A Primeira Olhada
  • 1. Nomes Que Identifiquem a Loja
  • O Nome de Sua Loja
  • 2. Logomarcas Visuais de Impacto
  • A Identificação de Sua Loja
  • 3. Fachadas Inconfundíveis
  • O Ponto de Vista do Cliente
  • 4. A Entrada da Loja
  • Teste da Olhada Rápida
  • 5. Atraídos pela Aparência ou Fisgados?
  • A Fisgada
  • Fisgando Pelo Olfato
  • Iluminação
  • Atração Musical
  • A atenção e o interesse do cliente foram captados.
  • O que é o layout da loja?
  • 1 – Transição da Entrada para o Interior da Loja
  • 2 – Tendência de Virar à Direita
  • 3 – Estrutura de Corredores
  • Tipos mais comuns de estruturas:
  • 4 – Identificando os Espaços Nobres
  • Paredes de Impacto
  • Zonas de Impacto
  • Focos do Layout
  • Áreas de Caixa
  • 5 – Iluminando o Caminho
  • Por Que a Apresentação É Mais Importante Hoje em Dia?
  • 1 – Segmentando a Mercadoria
  • 2 – Organizando as Seções de Acordo com o Layout
  • Mapa para determinar os melhores locais dentro da loja para suas categorias gerais de produtos:
  • Considerações
  • 3 – Posicionando as Instalações da Loja
  • Fatores-chave que determinam a localização das instalações em qualquer loja:
  • Considerações
  • 4 – Desenvolvendo um Estilo de Apresentação
  • Considerações
  • 5 – Apresentando a Mercadoria para Seduzir o Cliente a Comprar
  • Fatores que constituem facilidade de compra e impulsividade
  • Os Clientes Lêem a Sinalização?
  • 1 – A Melhor Posição
  • Considerações Sobre a Hierarquia da Sinalização de Sua Loja.
  • 2 – Reforçando a Imagem
  • Considerações sobre sua Sinalização atual
  • 3 – Bem Escritos
  • O Impacto da Sinalização
  • Considerações
  • Onde Encontrar Idéias Criativas?
  • Associação de Palavras Imagine que você seja dono de uma loja de utilidades domésticas.
  • As chaves para a animação de sua loja são:
  • 1 – Desenvolver um Tema
  • Algumas opções de temas bem populares
  • Considerações
  • 2 – Escolher os Materiais
  • Ao sair para visitar uma loja de materiais de decoração de lojas considere:
  • Alguns exemplos interessantes:
  • Considerações
  • 3 – Selecionar os Locais para os Cenários
  • Os seguintes locais constituem excelentes oportunidades para cenários:
  • Dicas para montar um enredo
  • 4 – Criar Arranjos
  • Arranjos
  • Como enxergamos as linhas: Vertical rigidez, precisão, estabilidade Horizontal calma, sossego, tranquilidade Diagonal ascendente para a direita: excitação, ação descendente para a direita: ansiedade, instabilidade Curva ação, flexibilidade, continuidade, suavidade
  • Equilíbrio
  • Foco Visual do Cenário
  • Considerações:
  • 5 – Usar Cores para Causar Impacto
  • Dicas
  • Considerações:
  • 6 – Iluminação
  • Dicas
  • Por Que se Preocupar com Eventos?
  • Eventos bem feitos vão:
  • 1 - Entretenimento
  • Como tornar sua loja um lugar de entretenimento?
  • 2 - Treinamento
  • Como criar em sua loja um ambiente de aprendizado?
  • 3 - Interação
  • Os eventos interativos não são apropriados para todos os tipos de lojas, mas são importantíssimos par algumas.
  • Check-list para o Planejamento de um Evento