Curso Online de Ler + Dort  - De acordo com a NR 17.

Curso Online de Ler + Dort - De acordo com a NR 17.

Neste curso traremos maiores informações sobre Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalh...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas


Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso traremos maiores informações sobre Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), com base na NR 17.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Prof. Msc. Engo.Segurança do Trabalho
    Marco A. Baptistella

    Lesões por Esforços Repetitivos (LER)
    Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) (NR 17)

  • As L.E.R. são Lesões por Esforços Repetitivos (definição mais antiga)
    A D.O.R.T. (conhecidas como doenças osteomusculares relacionados ao trabalho) são responsáveis pela alteração das estruturas osteomusculares tendões, articulações, músculos e nervos.

  • 1700 - Ramazzini - Pai da Medicina do trabalho - "doença dos escribas e notórios".
    1920 - Doença das tecelãs (1920)
    1965 - Doença das lavadeiras
    Década de 80 Universalização do problema
    Várias profissões
    Movimentos repetitivos ou grande imobilização postural - Fenômeno Mundial.

  • Informatização 70% das doenças profissionais registradas no Brasil.

  • LER Lesões por Esforços Repetitivos
    LTC Lesões por Traumas Cumulativos
    DCO Doença Cervicobraquial Ocupacional
    CTD Cumulative Trauma Disorders
    SSO Síndrome da Sobrecarga Ocupacional
    DORT Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho

  • Resultado dos desequilíbrios entre as exigências das tarefas e as margens deixadas pela organização do trabalho para que o trabalhador, na realização de suas tarefas, mobilize as suas capacidades dentro das suas possibilidades

  • Uma “síndrome clínica” caracterizada por dor crônica, acompanhada ou não por alterações objetivas e que se manifesta principalmente no pescoço, cintura escapular e/ou membros superiores em decorrência do trabalho.
    INSS/1998

  • 1) Dano
    Diminuição do aporte sanguíneo à região
    Repetitividade e/ou força dos movimentos quanto na atividade estática das estruturas envolvidas
    2) Dano
    Trauma ou microtrauma - formação de processos inflamatórios locais.

  • Produção a todo custo
    Sobrecarga física e psíquica
    O cliente tem sempre a razão
    Distribuição inadequada dos afazeres
    Ambiente não ergonômico

  • A DORT se manifesta clinicamente por um sintoma subjetivo e peculiar a cada indivíduo que é a DOR.

    Conseqüência de trauma direto de estruturas orgânicas por sobrecarga funcional ou traumatismos externos, acarretando danos aos tecidos mais comumente afetados, como os músculos, tendões, fáscias, nervos e articulações.

  • NR 17- ITEM 17.2- LEVANTAMENTO, TRANSPORTE E DESCARGA INDIVIDUAL DE MATERIAIS A Consolidação das Leis do Trabalho, no seu Capítulo V, Seção XIV, artigo 198, estabelece como sendo de 60 kg o peso máximo que um empregado pode remover individualmente. Na sua redação anterior; a NR-1 7 admitia o transporte e descarga individual de peso máximo de 60 kg. Para o levantamento individual estabelecia. 40 kg. Foi proposta a alteração destes limites na nova redação. O quadro sugerido chegou a figurar na minuta da NR-17, mas como contrariava a CLT, foi re-tirado antes de sua publicação. Por isso, na nova redação não há nenhuma re-ferência a pesos máximos. Reproduzimos abaixo o quadro proposto que poderá ser usado como referência. 


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.