Curso Online de MÉTODO DE CLASSIFICAÇÃO DE CARGOS POR ESCALONAMENTO

Curso Online de MÉTODO DE CLASSIFICAÇÃO DE CARGOS POR ESCALONAMENTO

O Sistema de Escalonamento resume-se em ordenar as funções por ordem decrescente de grandeza, partindo da que compreende tarefas mais com...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Sistema de Escalonamento resume-se em ordenar as funções por ordem decrescente de grandeza, partindo da que compreende tarefas mais complexas, de mais elevado teor de dificuldades e responsabilidades, até as que se constituem de atividades de simples rotina. É um processo rápido, sem complexidade e especialmente útil para pequenas e médias empresas, que possuem em sua estrutura um número reduzido de cargos.

Profissional de Recursos Humanos com mais de 25 anos de atuação na área, Pós-Graduado em Recursos Humanos. Ampla experiência em Administração de Salários, tendo participado de várias implantações. Atuou na Coordenação do Deasa - Grupo de Profissionais de Administração de Salários da Região de Campinas-SP e também como Relator da Comissão de Pesquisa Salarial em diversas gestões. Contato para esclarecimento de dúvidas, encaminhamento de formulários ou planilhas, através do e-mail dirceu@tabsal.com.br



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • MÉTODO DE CLASSIFICAÇÃO
    DE
    CARGOS POR ESCALONAMENTO

  • Olá! Seja bem-vindo!

    Aprenderá um novo método de Classificação de Cargos, de fácil entendimento, simples e descomplicado. Apenas concentre-se na leitura das explicações e não se preocupe: não terá que desenvolver exercícios, porque tudo está estruturado para facilitar seu estudo sobre o assunto. Ao final da sua leitura, a única ação que deverá tomar, será pedir a planilha em Excel, que será encaminhada para seu e-mail...basta solicitar através do e-mail dirceu@tabsal.com.br

    Bons estudos!

  • Além da metodologia de Classificação de Cargos pelo Método de Escalonamento, terá ainda comentários sobre a legislação que trata do assunto de implantação de Cargos e Salários, sobre a obrigatoriedade ou não de efetuar o registro do plano na DRT Delegacia Regional do Trabalho.

  • O Sistema de Escalonamento resume-se em ordenar as funções por ordem decrescente de grandeza, partindo da que compreende tarefas mais complexas, de mais elevado teor de dificuldades e responsabilidades, até as que se constituem de atividades de simples rotina. É um processo rápido, sem complexidade e especialmente útil para pequenas e médias empresas, que possuem em sua estrutura um número reduzido de cargos.
    No Sistema de Escalonamento a comparação é feita tomando-se cada função como uma entidade indivisível; em outras palavras, o sistema procura não fragmentar a função em seus fatores constitutivos e, por conseguinte a avaliação efetuada reflete a opinião do avaliador expressa em termos globais.

    A Metodologia

  • O trabalho de escalonamento não é entregue a um funcionário isolado, por mais exercitado que ele seja neste assunto, mas a uma Equipe, Grupo de Trabalho, Comissão Julgadora ou Comitê, de composição mista, com representantes das áreas de: Recursos Humanos, Industrial, Comercial, Financeira, de tal sorte que sua abrangência represente a empresa como um todo, onde todas as visões estejam ali representadas, porque a verdade do cargo estará no confronto das diferentes óticas manifestadas.
    E em se tratando de trabalho de equipe, supõe-se que os avaliadores, a despeito pessoal que possam ter sobre o conteúdo de cada função, não se limitem a expressar opinião individual muitas vezes preconcebida.

    A Metodologia

  • Cada avaliador expressará o próprio julgamento, de acordo com as suas ideias a respeito da importância relativa de cada função no conjunto das funções avaliadas. A média das opiniões deverá refletir um julgamento apropriado.
    Nos julgamentos efetuados por uma comissão pode ocorrer que um avaliador tenha escalonado a totalidade das funções (suponhamos que sejam 6 funções) enquanto que outro avaliador escalonou apenas 5, e um terceiro avaliador escalonou somente 4. Essa circunstância cria intrincado problema. Como extrair a média dos pronunciamentos, se eles se expressam em termos de escalonamento, e as escalas não são iguais?

    A Metodologia

  • Um exemplo prático:

    Supondo que 3 avaliadores apreciando 6 funções apresentaram o seguinte resultado:

    É evidente que se produziram escalas diferentes.

    Para comprová-lo basta examinar o que ocorre, por exemplo, com a função “D” que obteve a terceira colocação na apreciação do Avaliador “A”, a 2ª. colocação na opinião do avaliador “B” e a 4ª. colocação no julgamento do avaliador “C”. Note-se, porém, que o avaliador “A” colocou aquela função na 3ª. ordem em uma sequencia de 5 escalões; que o avaliador “B” atribuiu à mesma função uma colocação de 2ª. ordem, num gabarito constituído de apenas 4 escalões, e que, finalmente, o avaliador “C” conferiu à função aludida a 4ª. ordem, numa sequencia de seis escalões.

    A Metodologia

  • AVALIADORES

    A Metodologia

  • A Metodologia

  • A, B e C = Avaliadores
    D= função classificada
    Figura 1

    A 3 : 5 : : X : 6 = 3,6
    B 2 : 4 : : X : 6 = 3
    C 4 : 6 : : X : 6 = 4
     
    MÉDIA = (3,6 + 3 + 4) ÷ 3 = 3,5

  • A Metodologia


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.