Curso Online de Noções em Administração de Recursos Humanos
4 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Noções em Administração de Recursos Humanos

Com este Curso você compreenderá os principais conceitos que norteiam na dministração de Recursos Humanos, essenciais em empresas de todo...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas

Por: R$ 23,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Com este Curso você compreenderá os principais conceitos que norteiam na dministração de Recursos Humanos, essenciais em empresas de todos os portes. O curso foi desenvolvido em liguagem clara e objetiva e o aluno poderá se familiarizar com as políticas de RH, planejamento estratégico e muito mais.

Graduada em Construção Civil, possui cursos de extensão universitária nas áreas de: Gestão Ambiental pela UECE, Segurança do Trabalho pela UFC, possui vários cursos: de técnico(a) em Edificações, técnico(a) de Culinária na Espanha, Curso de A&B, técnicas manipulação de alimentos e bebidas, Curso de emissão de bilhetes aéreo internacional e nacional, Curso de Espanhol, possui experiência voltada na área de segurança em trabalhos da construção civil e técnicas construtivas. Atualmente trabalhando como Professora de Turismo em cursos de nível técnico.


"Conteúdo incrível, a única coisa que sinto falta nos cursos deste site é a ausência de uma avaliação."

- Fabricia De Souza Santos Mesquita

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso de Administração de Recursos Humanos

  •  
     O Curso de Administração de Recursos Humanos pode ser realizado tanto por pessoas que não possuem conhecimentos na área quanto por aqueles que apenas desejam uma atualização em seus conhecimentos!
    Com este curso o aluno compreenderá os principais conceitos e rotinas da área de Recursos Humanos, essenciais em empresas de todos os portes.

  • Curso indicado também para os que pretendem prestar concursos públicos, conseguir um emprego novo ou um cargo melhor ou para os estudantes que desejam ter horas de estudos extracurriculares em sua área.
    O Curso de Administração de Recursos Humanos foi desenvolvido em linguagem clara e objetiva, e o aluno aprenderá noções como:
    - As Políticas de RH;
    - Planejamento Estratégico;
    - Legislação Trabalhista;
    - Cálculos da Folha de Pagamento;

  • Conteúdo programático:

    Cultura Organizacional - Introdução e Conceitualização
    As Políticas de RH        
    Elementos da Cultura Organizacional   
    Desenvolvimento e Manutenção da Cultura
    O Papel da Liderança    
    Cultura Empreendedora      
    Avaliação de Desempenho       
    Métodos e Instrumentos na Avaliação de Desempenho    
    Padrões de Desempenho      
    Planejamento Estratégico      
        

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    CULTURA ORGANIZACIONAL
     
      “Toda organização, qualquer que seja, tem na sua cultura elementos que têm que ser tratados com mais profundidade e outros que podem ser tratados com mais superficialidade.”
    -          R. Ritti e G. Funkhouser
     
    A idéia de ver organizações como culturas é um fenômeno relativamente recente. Até meados dos anos 80, as organizações eram, em sua maioria, simplesmente tidas como um meio racional pelo qual coordenar e controlar um grupo de pessoas. Mas organizações são muito mais do que isso. Elas têm personalidade também, como os indivíduos. Elas podem ser rígidas ou flexíveis, hostis ou amigáveis, inovadoras ou conservadoras.

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    Cultura Organizacional X Satisfação no emprego
     
                    É importante, nesse momento, explicar que o conceito de cultura organizacional se distingue do conceito de satisfação no emprego. A cultura organizacional quer saber como os empregados percebem as características da cultura de sua organização, não se eles gostam ou não dela. É extrair os padrões culturais de uma organização a partir da somatória de opiniões e percepções de seus membros. A pesquisa procura respostas para perguntas do tipo: A sua organização estimula o trabalho em equipe? Ela recompensa a inovação? Ela restringe a iniciativa?
    O termo cultura organizacional é essencialmente descritivo, enquanto satisfação no emprego é avaliador.

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    Definição:
     
    Para Edgar Schein, cultura organizacional é “o conjunto de pressupostos básicos que um grupo inventou, descobriu ou desenvolveu ao aprender como lidar com os problemas de adaptação externa e integração interna, e que funcionaram bem o suficiente para serem considerados válidos e ensinados a novos membros como a forma correta de perceber, pensar e sentir em relação a esses problemas”.
    Outros pesquisadores também se aproximam do tema, questionando-se a respeito do significado do universo simbólico das organizações, como Janice Beyer e Harrison Trice: “a cultura é uma rede de concepções, normas e valores, que são tão tomadas por certas (taken for granted) que permanecem submersas à vida organizacional”. Os autores afirmam que: “para criar e manter a cultura, estas concepções, normas e valores devem ser afirmados e comunicados aos membros da organização de uma forma tangível.”

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    A cultura organizacional é concebida como um conjunto de valores e pressupostos básicos expresso em elementos simbólicos, que em sua capacidade de ordenar, atribuir significações, construir a identidade organizacional, tanto agem como elemento de comunicação e consenso, como ocultam e instrumentalizam as relações de dominação.
    Entretanto, para que se possa dizer que a cultura organizacional refere-se a um sistema de significados, valores, crenças partilhadas mantidas por seus membros, é necessário que seja feito um exame mais detalhado, como estabelecer um conjunto de características - chave que a organização valoriza.

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    Essência da cultura de uma organização
     
    Segundo Stephen P. Robbins, em “Comportamento Organizacional”, a pesquisa mais recente sugere que há sete características básicas que, agregadas, apreendem a essência da cultura de uma organização:

    1.       Inovação e tomada de riscos. O grau em que os empregados são estimulados a serem inovadores e assumir riscos.
    2.       Atenção a detalhes. O grau em que se espera que os empregados demonstrem precisão, análise e atenção a detalhes.
    3.       Orientação para resultados. O grau em que a administração concentra-se em resultados ou produção mais do que em técnicas e processos usados para atingir esses resultados.
    4.       Orientação para pessoas. O grau em que as decisões da administração levam em consideração o efeito de resultados nas pessoas dentro da organização.
    5.       Orientação para equipes. O grau em que as atividades de trabalho estão organizadas mais em torno de equipes do que em torno de indivíduos.
    6.       Agressividade. O grau em que as pessoas são agressivas e competitivas mais do que sociáveis.
    7.       Estabilidade. O grau em que as atividades organizacionais dão ênfase à manutenção do status quo em comparação com o crescimento.

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    Segundo Edgar Schein, a cultura de uma organização pode ser aprendida em vários níveis:

    Nível dos artefatos visíveis: o ambiente construído da organização, arquitetura, layout, a maneira de as pessoas se vestirem, padrões de comportamento visíveis, documentos públicos: cartas, mapas. Este nível de análise, segundo Schein, é muito enganador porque os dados são fáceis de obter, mas difíceis de interpretar.
    Nível dos valores que governam o comportamento das pessoas: como esses são difíceis de observar diretamente para identificá-los, é preciso entrevistar os membros - chave ou realizar a análise de conteúdo de documentos formais da organização.
    Nível dos pressupostos inconscientes: são aqueles pressupostos que determinam como os membros de um grupo percebem, pensam e sentem. Na medida em que o pressuposto vai se tornando cada vez mais taken for granted, vai passando para o nível do inconsciente.

  • Introdução e Conceitualização

    Introdução e Conceitualização

    Culturas Fortes X Culturas Fracas
     
    Numa cultura forte, os valores centrais da organização são intensamente mantidos e amplamente partilhados. Quanto mais membros aceitam os valores centrais e quanto maior seu compromisso com esses valores, mais forte é a cultura. De acordo com essa definição, uma cultura forte terá uma grande influência no comportamento de seus membros porque o alto grau de compartilhamento e intensidade criam um clima interno de alto controle comportamental. Culturas fortes tem um impacto maior sobre o comportamento do empregado e estão mais diretamente relacionadas a redução de rotatividade.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Introdução e Conceitualização
  • As Políticas de RH
  • Elementos da Cultura Organizacional
  • Desenvolvimento e Manutenção da Cultura
  • O Papel da Liderança
  • Cultura Empreendedora
  • O Papel da Liderança
  • Avaliação de Desempenho
  • Métodos e Instrumentos na Avaliação de Desempenho
  • Padrões de Desempenho
  • Planejamento Estratégico