Curso Online de QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

Curso Online de QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

CURSO APOSTILADO_ SOBRE O CURSO: Qualidade de Vida no Trabalho, ou QVT, é o conjunto de ações de uma empresa no sentido de implementar me...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 16 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CURSO APOSTILADO_
SOBRE O CURSO: Qualidade de Vida no Trabalho, ou QVT, é o conjunto de ações de uma empresa no sentido de implementar melhorias e inovações gerenciais, tecnológicas e estruturais no ambiente de trabalho.

A qualidade de vida no trabalho está inserida na ergonomia, na higiene, na segurança, no layout, na organização do trabalho, pois todos têm seu campo de atuação de forma holística. A empresa que está atenta a estes aspectos sabe que todos os investimentos feitos nestas áreas surtem efeitos imediatos, não somente no retorno financeiro mas junto ao trabalhador que se sente valorizado e respeitado.

Com este curso de QVT, o aluno irá aprender:
- Comportamento dos bons profissionais;
Relações interpessoais de qualidade e ética profissional;
- O que é qualidade e suas diferentes aplicações;
- O que são programas de qualidade e sua importância;

PUBLICO ALVO: Curso especialmente indicado para estudantes e profissionais de Recursos Humanos, Departamento Pessoal, Administradores, psicólogos, secretárias e demais interessados.

PRÉ-REQUISITOS: não há pré-requisitos para esse curso, sugere-se ter Ensino Médio completo (não obrigatório).

OBJETIVOS: curso livre para Capacitação Profissional, onde o aluno aprenderá os principais tópicos da QVT: comportamento humano, comportamento em ambiente de trabalho, relações interpessoais, comportamento dos bons profissionais, formas de trabalho e de vínculo empregatício, qualidade, programas de qualidade, doenças do trabalho.

VANTAGENS:
- Atualizar seu Currículo, aumentando suas chances para conquistar um bom emprego;
- Aumentar suas chances de promoção no emprego (atual);
- Completar horas em atividades Extracurriculares (geralmente exigidas em Faculdades);
- Progressão Funcional para Servidores Públicos;
- Pré-Requisito para concursos e cursos.

Fernanda Mário Brentegani é formada em Psicologia pela PUC-MG, especialista em Psicopedagogia, Acupuntura, Terapias Naturais e Transtornos Alimentares.É Coordenadora, autora e tutora de Cursos EAD. Conheça minhas páginas: BLOG:http://praxiscursosead.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/FernandaBrentegani



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • APOSTILADO

    APOSTILADO

  • Qualidade de Vida no Trabalho

    Qualidade de Vida no Trabalho

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    Qualidade de vida no trabalho – QVT - Compreende a reestruturação do desenho dos cargos, das novas formas de organizar o trabalho, da formação das equipes de trabalho semi-autônomas ou autogerenciadas e das melhorias do ambiente organizacional. (FERNANDES, 1998)
    É o conjunto de ações de uma empresa no sentido de implementar melhorias e inovações gerenciais, tecnológicas e estruturais no ambiente de trabalho. (LIMONGI-FRANÇA, 1996)
    A QVT tem sido apontada como um dos fatores motivadores do desempenho humano no trabalho. (FERNANDES, 1996)

  • A origem do conceito, segundo França; Rodrigues (1999), está ligada às condições humana e ética do trabalho, que compreendem desde a exposição a riscos ocupacionais observáveis no ambiente físico, padrões de relação entre o trabalho contratado e a retribuição a esse esforço, com suas implicações éticas e ideológicas, até a dinâmica do uso do poder formal e informal, ou seja, o significado do trabalho.

  • A falta de QVT abre um imenso precedente para o adoecimento físico, mental e emocional dos trabalhadores. Há necessidade de se introduzir políticas que visem à QVT, sensibilizando os empregadores e instituições, para o impacto econômico dos problemas decorrentes da sua falta ou pouca valorização expressos na performance reduzida, nos altos índices de absenteísmo, na rotatividade do trabalho (turnover), nos acidentes de trabalho, e em um contexto geral, no adoecimento do trabalhador.

  • A situação saudável de trabalho seria a que permitisse o desenvolvimento do indivíduo, alternando exigências e períodos de repouso, numa interação dinâmica homem-trabalho-ambiente. As características de personalidade mediam os fatores estressantes do ambiente e os sintomas.

  • A qualidade de vida no trabalho está inserida na ergonomia, na higiene, na segurança, no layout, na organização do trabalho, pois todos têm seu campo de atuação de forma holística. A empresa que está atenta a estes aspectos sabe que todos os investimentos feitos nestas áreas surtem efeitos imediatos, não somente no retorno financeiro mas junto ao trabalhador que se sente valorizado e respeitado.

  • Comportamento Humano

    Comportamento Humano

    "Comportamento organizacional é o comportamento humano no local de trabalho, a interação entre as pessoas e a organização em si. As principais metas do comportamento organizacional são explicar, prever e controlar o comportamento." O mesmo autor ainda complementa que comportamento organizacional é o estudo do comportamento das pessoas no ambiente de trabalho, como se interage com as outras pessoas do mesmo convívio profissional e como a empresa se relaciona com estes colaboradores, sendo que o processo do trabalho administrativo, jamais pode ser entendido como conteúdo do mesmo.

  • Um dos requisitos essenciais para entrar e sobreviver no moderno local de trabalho é ter habilidades apropriadas. Uma pessoa precisa de habilidades relacionadas à disciplina, logo, quando se estuda o comportamento organizacional, as habilidades podem acrescentar algo a mais na análise. Dubrin (2003) complementa que o comportamento organizacional também se resume na realização da pessoa em compreender as outras pessoas, e é dessa forma que se destaca o autoconhecimento e a autopercepção. Os estudos possibilitaram mudanças nas condições de vida do profissional brasileiro e a quebra de muitos paradigmas. Com os avanços demográficos e os conhecimentos na área de psicologia, o envelhecimento proporcionou melhorias na perspectiva de vida e de trabalho.

  • “O trabalho sempre ocupou lugar central na vida das diferentes comunidades e gradativamente foi sendo limitado pelas condições sociais que foram se estabelecendo”. (KANAANE,1995, p.01). Um dos motivos dessas mudanças citado por Neri (2005), está referido a necessidade de competir e sobreviver num mercado dinâmico, globalizado e exigente. Com isso pode-se verificar que, as organizações estão fazendo um redesenho da estrutura, preocupando-se com o ambiente externo, proporcionando aos profissionais experientes, tratamentos diferenciados, beneficiando-os em vários aspectos como: qualidade de vida profissional, grandes perspectivas de conquistar as metas e objetivos traçados, inter-relacionamentos mais maduros e estabilizados.

  • Kanaane (2006), compreende que a ênfase no comportamento humano e nas organizações, está sendo um desafio, a qual apresenta possibilidades de implantação de programas de qualidade e outros programas que a empresa julgar necessária. O autor compreende que o comportamento organizacional é vital, pois o fator humano está intrinsecamente vinculado a toda tarefa realizada. Devido a isso, o mesmo autor considera a existência de diferentes concepções do termo comportamento, dividido em:


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • APOSTILADO
  • Qualidade de Vida no Trabalho
  • INTRODUÇÃO
  • Comportamento Humano
  • Comportamento no ambiente de trabalho
  • Principais Atitudes e Comportamentos dos Bons Profissionais
  • Formas de Trabalho e Configuração do Vínculo Empregatício
  • Qualidade
  • Programas de Qualidade
  • Qualidade de Vida no Trabalho
  • Qualidade De Vida No Trabalho - Competência das Empresas do Novo Milênio
  • Programas de Qualidade de Vida no Trabalho
  • Doenças do trabalho: Síndrome de burnout
  • Doenças do Trabalho: Estresse
  • Conclusão
  • Bibliografia