Curso Online de Como Fazer Papel Artesanal
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Como Fazer Papel Artesanal

O papel nada mais é que um emaranhado de fibras vegetais. Ao transformar papel usado em novo, estamos na verdade desfazendo essa trama e ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 49,90
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O papel nada mais é que um emaranhado de fibras vegetais. Ao transformar papel usado em novo, estamos na verdade desfazendo essa trama e entrelaçando as fibras novamente.
A partir do papel artesanal, é possível confeccionar papéis de carta, marcadores de livros, entre muitas outras possibilidades.
Aprenda afazer papel Artesanal com este curso!

Nossos cursos são elaborados por grandes profissionais e feitos com dedicação, temos intuito de propagar o conhecimento de uma forma fácil e eficiente, sem complicação, visando principalmente a qualidade de nossos cursos e a satisfação de nosso alunos e cursistas.


- Roselinda Zulianato Vitória

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Como Fazer Papel Artesanal

    Como Fazer Papel Artesanal

  • O papel nada mais é que um emaranhado de fibras vegetais. Ao transformar papel usado em novo, estamos na verdade desfazendo essa trama e entrelaçando as fibras novamente. 
    A partir do papel artesanal, é possível confeccionar papéis de carta, marcadores de livros, entre muitas outras possibilidades.
    Aprenda afazer papel Artesanal com este curso!

  • História do Papel

    História do Papel

  • O papel é um dos materiais mais indispensáveis na vida do homem. Usamos o papel em várias situações cotidianas, no trabalho, em casa, no lazer. Esse material está presente em livros, cadernos, agendas, embalagens, entre outros, sendo suas características diferenciadas pela sua usabilidade.

  • No entanto, nem sempre o homem usou o papel, conforme conhecemos hoje, para registro de conhecimento ou mesmo atividades comerciais.
    Podemos dizer que o papel moderno é o suporte vitorioso de um processo evolutivo que começou nas paredes das cavernas, passando pela argila, até chegar ao papiro e ao pergaminho, rival mais ferrenho do papel.

  • Primórdios: parede, mármore, bronze e argila
    O papel é um suporte para a escrita. No percurso da história, vários foram os suportes para registro de informações.
    O primeiro suporte conhecido são as paredes das cavernas. As pinturas rupestres são uma espécie de linguagem escrita, em grande parte ainda não decifrada. Através dela, os homens do neolítico e paleolítico registravam seus pensamentos.

  • Depois foram usados outros materiais, como placas de mármore, de bronze, chumbo, de argila, ossos, madeira e cera, sendo difícil estabelecer um período para cada material. Esses materiais, no entanto, tornavam o processo da escrita muito difícil, tanto pela necessidade de materiais para gravar em suas superfícies quanto pela dificuldade em desenhar os símbolos.

  • Era também bastante difícil o armazenamento e o transporte das informações.
    Ainda na Antiguidade, surgiram independentemente, segundo Josep Asunción (2), três suportes fibrosos de características semelhantes: o papiro no Mediterrâneo, o papel pré-colombiano na América e o papel tal como conhecemos hoje na China.

  • Papiro
    O papiro foi largamente usado no Egito em 3.200 a.C. Possuía aparência e usabilidade parecida com as do papel, tendo sido usado pelo Islã até o século X d.C., quando perdeu espaço para o papel.
    Seu processo de fabricação era simples: extraíam-se finas lâminas do talo da planta de mesmo nome, dispondo-as de forma paralela em camadas sobrepostas.

  • A seguir, golpeiam-se as lâminas para que liberem uma seiva, que servirá de liga. Sua superfície era polida com marfim ou pedras de ágata.
    Para escrever no papiro, usava-se um talo de cana talhada em ângulo, e, depois, penas de ave que tinha as pontas trabalhadas para escrever.

  • O pergaminho
    O pergaminho é um suporte fabricado da pele de animais, principalmente cabras, ovelhas e vitelos. Seu uso é registrado desde 258 a.C. e se estendeu até depois do século XIII, quando deixaram de ser fabricação exclusiva dos mosteiros.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 49,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Como Fazer Papel Artesanal
  • História do Papel
  • Processos de fabricação de Papel Artesanal
  • Processo e produção de papel a partir da reciclagem
  • a) Tingimento de papel
  • b) Moldes
  • Processo de produção de papel a partir de fibras vegetais
  • a) Limpeza das fibras
  • b) Amolecimento das fibras
  • C) Lavagem das fibras
  • d) Preparação do dispersante
  • e) Batimento das fibras
  • Considerações Finais
  • Vídeos Recomendados