Curso Online de Cornetas e Cornetão

Curso Online de Cornetas e Cornetão

Este curso consiste em orientar de uma maneira mais direta e didática o aprendizado das cornetas e cornetões, instrumentos bastante utili...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 90,00 Por: R$ 60,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso consiste em orientar de uma maneira mais direta e didática o
aprendizado das cornetas e cornetões, instrumentos bastante utilizados pelas Fanfarras.
Veremos detalhadamente neste curso tópicos que facilitarão o aprendizado nestes instrumentos, desde a formação de embocadura até execução de um trecho musical pelo aluno.
Neste curso esperamos um melhor aproveitamento do aluno, sem esquecermos que a
orientação do professor de música será de grande importância para a formação do aluno.

Tópicos Abordados no Curso:

1. Definições
2. Conhecendo as Cornetas e Cornetões
3. Embocadura do Instrumento
4. A Emissão de Som
5. Postura Correta do Músico
6. Escalas
7. Teoria Musical Básica.

Musicalmente: Instrutor de Fanfarra, Regente de Coral, Professor de Flauta doce, Foi Professor do Curso de Bandas e Fanfarras da ONG Casarão de Ideias, tocou em bandas e fanfarras, tocou na Banda Musical do Sesi, Cooperado da Cooperativa de Instrutores e Regentes do Amazonas (Cirfabam) é têm no seu currículo vários cursos de música.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Instrumentos de Sopro de Fanfarra

    Instrumentos de Sopro de Fanfarra

    CORNETAS E CORNETÕES.

  • Introdução

    Introdução

    Este curso consiste em orientar de uma maneira mais direta e didática o
    aprendizado das cornetas e cornetões, instrumentos bastante utilizados pelas Fanfarras.
    Veremos detalhadamente neste curso tópicos que facilitarão o aprendizado nestes instrumentos, desde a formação de embocadura até execução de um trecho musical pelo aluno.
    Neste curso esperamos um melhor aproveitamento do aluno, sem esquecermos que a
    orientação do professor de música será de grande importância para a formação do aluno.

  • Definições:

    Definições:

    Corneta é um Aerofone da família dos metais tal como a tuba, a trompa, o trombone e outros, produzindo sons através da vibração dos lábios do instrumentista. Existem vários tipos, como lisas ou com recursos de gatilho, com pistões (sem estes, torna-se um instrumento limitado as notas: Dó3, Sol3, Dó4, Mi4, Sol4 e etc...). É um instrumento musical que, no seu formato original, imita a forma de um chifre (corno) animal. É particularmente utilizado no jazz e na musica erudita, principalmente no século XIX, e em bandas militares. Era utilizada para executar os toques militares nas tropas de infantaria.
    Cornetão e uma versão baixa da corneta ou seja ele e uma corneta baixa assim tendo os mesmo mecanismo das cornetas só que com o som mais grosso.

    Obs: Todos os procedimentos e técnicas ensinadas no curso serve tanto para corneta como cornetão pois ambos são da mesma família de metais só mudando a densidade do som.

  • Conhecendo as cornetas e cornetões

    Conhecendo as cornetas e cornetões

    Instrumentos de sopro feito de metal, desenvolvido a partir de uma peça perfurada.
    Tem esses instrumentos em sua principal característica um tubo cilíndrico de cano comprido e
    estreito que transforma a pressão do ar gerada pela ação dos lábios em som musical.
    Esses instrumentos podem ser na afinação em Si Bemol, em Fá, e Mi Bemol. Variando de marcas e seus recursos para obter algumas notas, como a cornetas lisas sem nenhum recurso, cornetas com gatilhos (bombas) de meio tom e de 1 tom.
    As Cornetas e Cornetões em Si Bemol apresentam somente uma volta.
    As Cornetas e Cornetões em Fá Tem duas voltas sendo uma delas menor.
    As Cornetas e Cornetões em em Mi Bemol tem duas voltas sendo as duas do mesmo tamanho.

  • Assistam a esse video tanbem: https://youtu.be/d5HLR8haTJY

    Assistam a esse video tanbem: https://youtu.be/d5HLR8haTJY

  • A EMBOCADURA NO INSTRUMENTO O estudo deste tópico consiste no aprimoramento da emissão e qualidade sonora no Instrumento, onde veremos a respiração, o posicionamento do lábio no bocal (embocadura) e a emissão do som no instrumento.

    A EMBOCADURA NO INSTRUMENTO O estudo deste tópico consiste no aprimoramento da emissão e qualidade sonora no Instrumento, onde veremos a respiração, o posicionamento do lábio no bocal (embocadura) e a emissão do som no instrumento.

    Respiração:
    Define-se como respiração, a entrada e a saída livre do ar nos pulmões. A ação de respirar
    consiste em duas fases:
    INSPIRAÇÃO: dilatação da caixa torácica para a entrada de ar nos pulmões.
    EXPIRAÇÃO: ato dos pulmões expelir, com a intervenção do diafragma, o ar inspirado.
    Não há nenhuma dúvida que a potência do som depende da quantidade de ar e da
    velocidade como saem dos pulmões. A respiração diafragmática é o tipo de respiração que
    o professor deve recomendar, pois é a mais benéfica e correta.

  • Embocadura

    A palavra embocadura vem do idioma Francês: bouche - que significa boca. O Novo Dicionário Aurélio define o termo como "o ato ou efeito de embocar", ou seja, "aplicar a boca a um instrumento, para dele tirar sons". Para os instrumentistas de metal, uma definição aceitável seria: a forma que os músculos da boca, lábios, queixo e rosto se posicionam quando colocamos o bocal nos lábios para produzir o som no instrumento..

  • Como deve ser a embocadura?
    A embocadura, atuando em harmonia com uma coluna de ar correta, deve ajudar o instrumentista a expressar todas as suas idéias musicais. Uma embocadura eficiente deve ser capaz de produzir uma sonoridade boa, uma grande extensão, variação de dinâmicas, flexibilidade e articulações diversas. Além de tudo isso, a embocadura deve suportar diariamente uma carga de estudos, ensaios e performances que podem durar muitas horas.
    Os cantos da boca são os pontos mais importantes de uma embocadura eficiente. Pode-se notar que grandes artistas de instrumentos de metal têm sempre os cantos da boca firmes, funcionando como suportes para a pressão que o bocal exerce sobre os lábios. Alguns professores costumam usar a analogia de que os cantos da boca atuam como os postes que seguram os cabos de energia. Para avaliar se os cantos da sua boca estão cumprindo corretamente a tarefa de "suportar" a pressão, repare o que acontece quando você tem algo extenso para tocar.
    A seguir assista alguns videos sobre embocadura, no video o instrumento utilizado nos videos e o trompete que e da mesma familia da corneta.

  • A emissão do som no Instrumento

    O som no instrumento é produzido devido à vibração dos lábios no bocal. Bocal é uma peça de
    apoio dos lábios, para provocar vibração e gerar o som a ser amplificado e modelado pelo
    restante do instrumento de sopro.Com a pressão dos lábios e a passagem da coluna de ar
    pelo tubo do instrumento produz o som.
    Aconselhamos o aluno como forma de adaptação a boquilha, iniciar o estudo do sopro
    primeiramente só com o bocal, isso para que o aluno possa se familiarizar com a forma de
    soprar o instrumento, posteriormente é que se sopra com o instrumento completo.

  • Veja na figura abaixo a estrutura de um bocal para Corneta.

    Veja na figura abaixo a estrutura de um bocal para Corneta.

  • Posicionamento do Bocal

    Regras com relação à colocação do bocal são absolutamente individuais. Cada pessoa
    possui dentes, lábios e estruturas ósseas diferentes. Seria impraticável obrigar um instrumentista a colocar o bocal num lugar que não é confortável e/ou eficiente. Um pequeno desvio no posicionamento do bocal à esquerda ou à direita é absolutamente normal. Infelizmente alguns instrumentistas tentam criar a "embocadura de foto" como algumas pessoas costumam falar. É aquela embocadura absolutamente linda, perfeita e exatamente no centro dos lábios. Só existe um problema: ela pode ser ineficiente. Dessa forma, não e recomendado que se force e desperdice seu precioso tempo de estudo em frente ao espelho tentando ajustar a aparência da embocadura.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 60,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Instrumentos de Sopro de Fanfarra
  • Introdução
  • Definições:
  • Conhecendo as cornetas e cornetões
  • Assistam a esse video tanbem: https://youtu.be/d5HLR8haTJY
  • A EMBOCADURA NO INSTRUMENTO O estudo deste tópico consiste no aprimoramento da emissão e qualidade sonora no Instrumento, onde veremos a respiração, o posicionamento do lábio no bocal (embocadura) e a emissão do som no instrumento.
  • Veja na figura abaixo a estrutura de um bocal para Corneta.
  • Veja abaixo as escalas dos instrumentos:
  • Teoria Musical Basica.
  • Além das cinco linhas e dos quatro espaços da pauta natural, existem ainda linhas e espaços situados acima ou abaixo da pauta natural para auxiliá-la em sua extensão. Formam, respectivamente, as pautas suplementares superior e inferior.
  • Veja abaixo as figuras de Pausa:
  • A Semibreve, atualmente, é a FIGURA musical de maior duração. Por esse motivo é tomada como UNIDADE na divisão proporcional dos valores. Assim sendo, a Semibreve é a única figura que compreende todas as demais:
  • As cornetas e Cornetões são capazes de executar varias musicas tudo depende da capacidade do musico. Fiquem com alguns videos que demostrar isso.
  • Caio Oliveira Sousa. Contatos: 92 993303975