Curso Online de RELACIONAMENTO ENTRE CASAIS,

Curso Online de RELACIONAMENTO ENTRE CASAIS,

Existem vários fatores que influenciam a qualidade de um relacionamento de casal, sendo que três deles são de extrema importância para um...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 24,99
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Existem vários fatores que influenciam a qualidade de um relacionamento de casal, sendo que três deles são de extrema importância para um vínculo harmonioso: a vida sexual, a vida em comum e a aceitação do outro.

A Vida Sexual

Sexo é Vida. A maioria de nós só existe e está vivo por causa do encontro sexual entre nossos pais. É a atração e o desejo sexual que move inicialmente o encontro entre o homem e a mulher. A qualidade da relação sexual entre o casal é um dos fatores primordiais na plenitudade do relacionamento à dois. Porém, como saber o que é uma vida sexual de qualidade? Basicamente, podemos nos guiar pela satisfação mútua do casal com relação à frequência, duração e intensidade dos encontros sexuais. Caso um dos parceiros esteja insatisfeito com qualquer um destes fatores, ele(a) acabará por levar esta insatisfação à outras áreas do relacionamento, causando uma tensão ainda maior na vida do casal.

A Vida em Comum

Compartilhar os momentos da vida juntos é o que traz a renovação do relacionamento de casal. Sair com os amigos, viajar, participar de cursos ou simplesmente sair para jantar juntos são alguns acontecimentos que unem e enriquecem a vida dos cônjuges. Uma vida em comum alimenta o companheirismo, a amizade e o vínculo entre os parceiros. Muitas vezes é esta vida em comum que dá a energia e a confiança para cada parceiro enfrentar e superar os desafios da vida.

A Aceitação do Outro

Este é talvez o fator mais difícil de ser alcançado no relacionamento à dois, pois envolve o auto-conhecimento e o auto-enfrentamento. Isso acontece porque a aceitação do outro só acontece quando cada um consegue realmente aceitar a si mesmo, ou seja, aceitar a família em que nasceu e/ou cresceu, aceitar o seu próprio corpo, as suas próprias limitações e a sua própria história de vida. É através desta auto-aceitação que podemos realmente enxergar o outro como ele(a) é: um ser humano igual à você em essência, mas com diferentes formas de se manifestar. Aceitar o outro basicamente significa dizer sim ao jeito do(a) parceiro(a) sem desejar qualquer mudança em sua atitude, postura, valor ou forma de se manifestar e, é neste ponto que muitas pessoas encontram resistências que geram tensões e conflitos de relacionamento. A realidade é que não existem qualidades ou defeitos no outro, mas sim atitudes e comportamentos que são agradáveis ou desagradáveis à um dos parceiros.

*TERAPEUTA NATURALISTA E MASSAGISTA. *TÉCNICO EM MEDICINA CHINESA, *TÉCNICO EM MEDICINA AYURVEDA *TÉCNICO EM MEDICINA E TIBETANA *CONSULTOR PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA. *CONSULTOR INTELIGÊNCIA EMOCIONAL APLICADA EM SALA DE AULA. *TÉCNICO EM LEITURA DINÂMICA ,MAPAS MENTAIS E APRENDIZAGEM ACELERADA. *FORMADO EM QUÍMICA / BIOLOGIA



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • RELACIONAMENTO
    ENTRE
    CASAIS ,COMO
    VIVER MELHOR

    PROF.:SÉRGYO COSTA

  • O CASAL

    O CASAL

    Arriscamos sair machucados
    e descobrimos que o amor não
    se aprofunda sem riscos
    Pouco tempo,
    diálogo e espiritualidade

    Diálogo do casal – transforma a
    realidade da vida em Sinal de Salvação.
    O casal precisa recorrer
    ao diálogo,sistemático
    e programado.

  • O Estado de Vida mais comprometido com o AMOR é o casamento.
    - Deus é AMOR – O Evangelho nos ensina a AMAR.

    O CASAL EM DIÁLOGO

    Lugar que o diálogo
    ocupa em sua
    vida conjugal.
    Ter consciência que
    são momentos vividos
    em espírito de Fé.

  • Tempo e diálogo

    Tempo e diálogo

    O DEVER DE SENTAR-SE existe para
    ajudar os casais a renovar o seu SIM
    dado sempre no momento do
    SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO.

    Casamento não é para ser solidão, nem silêncio, nem fuga, nem fingimento.
    Tem sentido se for ENCONTRO e COMPANHIA, prosa longa, sem pressa, cumplicidade, transparência e nudez.
    CASAMENTO é união de dois mistérios que, ou se revelam e decifram, ou se devoram e anulam.

  • O AMBIENTE PARA O DIÁLOGO

    O AMBIENTE PARA O DIÁLOGO

    Boa disposição de corpo e de alma dos que vão dialogar.
    - o casal sabe que Cristo já os estará a espera pacientemente, porque sempre chega antes – Ele é o ponto de encontro.
    - Procurar sempre um lugar favorável.
    - Tempo e ocasião devem ser previstos, programados e reservados.

  • DIALOGAR SOBRE O CASAL

    DIALOGAR SOBRE O CASAL

    O Casal deve dialogar sobre si mesmo – conhecimento mútuo.
    Limite para o conhecimento: (discrição, respeito amoroso pelo Santuário íntimo, aberto só para Deus)
    Desmontar armadilhas do ciúme.
    Falar sobre formação – cultura – profissão.
    Possibilidades de renúncia.
    Se não houver revelação, desnudamento mútuo, haverá apenas tentativa de adivinhação, inúteis ou desastrosas.

  • DIALOGAR SOBRE A VIDA DE CASAL

    DIALOGAR SOBRE A VIDA DE CASAL

    Amor Mútuo – como anda – (opção séria e fiel, pessoal e gratuita pelo outro)
    Linguagem afetiva.
    O casal deve tentar encontrar o espinho oculto que está incomodando.
    Examinar capacidade mútua de tolerância e perdão.
    Enfrentar a pergunta: gostamos de estar juntos?

  • DIALOGAR SOBRE A VIDA DE CASAL

    DIALOGAR SOBRE A VIDA DE CASAL

    Partilhar informações s/doenças, profissão, negócios, economia, finanças, traçar projetos em comum, decisões tomadas em consenso.
    Conversar sobre seu relacionamento com Deus.
    Dialogar sobre o relacionamento social.
    O diálogo conjugal é o amor ou não é diálogo. O Amor é diálogo ou não é amor.

  • O TERCEIRO NO DIÁLOGO CRISTÃO.

    O TERCEIRO NO DIÁLOGO CRISTÃO.

    Inspirado no Evangelho.
    Não nasce da razão humana, mas das propostas de Jesus.
    Sua presença no barco dará coragem nas ventanias e tempestades.
    Jesus pede apenas que lhe prestem atenção,

  • DIÁLOGO SABER COMUNICAR

    DIÁLOGO SABER COMUNICAR

    Diálogo é ouvir – falar – perguntar, responder e concluir.
    Falar – (verdade).
    Escutar – ouvir – sabedoria de vida.
    Responder: paciência, carinho, doçura e amor:
    Não distorcer palavras.
    Não carregar o tom.
    Não se deixar levar pelo desdém ou pela ironia.
    Não agir como adversários no tribunal.
    Expressamos nossos sentimentos e compreendemos que um não pode ler a mente do outro.
    Sem amor não existe comunicação.

  • Precisamos ter tempo e sossego necessários para podermos estar totalmente abertos e honestos um para com o outro
    Antes de tomar decisões o casal precisa orar.

    Respeitamos mais quando revelamos
    Nossas dificuldades
    Nossas diferenças
    Nossa individualidade


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,99
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O CASAL
  • Tempo e diálogo
  • O AMBIENTE PARA O DIÁLOGO
  • DIALOGAR SOBRE O CASAL
  • DIALOGAR SOBRE A VIDA DE CASAL
  • O TERCEIRO NO DIÁLOGO CRISTÃO
  • DIÁLOGO SABER COMUNICAR
  • DIÁRIO DE BORDO
  • O Dever de Sentar-se junto com Jesus
  • Mensagem
  • Terapia Cognitiva com casais
  • Questões especiais
  • Referência Bibliográfica