Curso Online de AUTO-CONTROLE & AUTO ACEITAÇÃO

Curso Online de AUTO-CONTROLE & AUTO ACEITAÇÃO

ÓTIMO CURSO COMO SE ACEITAR E TER CONTROLE SOBRE SI PRÓPRIO; EXCELENTE PARA APRENDER E UTILIZAR; MELHORA SUA VIDA EM TODOS OS ASPECTOS PR...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 20 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

ÓTIMO CURSO COMO SE ACEITAR E TER CONTROLE SOBRE SI PRÓPRIO; EXCELENTE PARA APRENDER E UTILIZAR; MELHORA SUA VIDA EM TODOS OS ASPECTOS PRINCIPALMENTE O FINANCEIRO E O EMOCIONAL.

meu nome é Bruno Eustáquio Maia Fonseca terapeuta em dependência química formado pela febradeq e com mais 16 cursos na área, tenho 33 anos de idade e gosto de ajudar as pessoas isso me ajuda muito também. trabalho com dependentes químicos a 6 anos e estou fazendo faculdade de serviços sociais na unip.tenho cadastro nascional de terapeutas CNT34.206/MG



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • DEPENDÊNCIA QUIMICA

    AUTO-CONTROLE
    &
    AUTO-ACEITAÇÃO

    Você é dono de si mesmo!

    PROFESSOR: BRUNO MAIA ‘TERAPEUTA CNT: 34.206/MG’

  • AUTO-CONTROLE

  • A dependência química é caracterizada pelo descontrole no uso de álcool e drogas, mas este descontrole alastrou-se para outras áreas de nossa vida. Pensamos e agimos descontroladamente. Tínhamos relações impulsivas que nos traziam a seu tempo todas consequências inesperadas.

  • Em recuperação isto continuará acontecendo por um certo tempo , pelo fato de nossa mente ainda estar confusa e perturbada. A própria síndrome de abstinência nos coloca numa condição mental desfavorável. É como se nesse momento nossa mente entrasse em curto circuito e parasse de funcionar. A recuperação mental é tão progressiva e lenta quanto a sua destruição pelo uso de drogas.

  • O autocontrole é uma condição muito desejada por nós, talvez por estarmos cansados de vivermos numa continua ansiedade. Se pudéssemos daríamos longas férias para a nossa cabeça, mas desta forma não é possível assumir seu controle.

  • A obtenção do nosso controle emocional é uma meta a ser conquistada. Tanto é verdade que dentro dos princípios dos Doze Passos, ela esta localizada em todos os passos. Isso nos faz vivenciar algumas novas experiências e nos conhecermos com uma certa profundidade que permita desenvolvermos este auto-controle;

  • Apesar disto podemos verificar alguns pontos críticos que são verdadeiros empecilhos na conquista do autocontrole. Em primeiro lugar podemos destacar a falta de auto-aceitação que é a reprodução da baixa auto-estima. Se não nos aceitarmos como somos é impossível criar condições de nos analisarmos. Ficaremos fugindo de nós o tempo todo.

  • Outro aspecto a ser considerado é o comportamento exigente que trazemos conosco. A exigência é fruto também da falta de aceitação. Achamos que a vida foi por demais ingrata conosco e vivemos cobrando as pessoas por isso. Aliado a esse comportamento está o ressentimento que guardamos não só das pessoas, mas também de nos próprios.

  • Isso confirma porque o autocontrole só poderá ser adquirido à partir do momento em que vivenciarmos de uma maneira positiva os Passos sugeridos na programação de AA/NA. Precisaremos ir nos reconstruindo e pouco a pouco e aprendendo a nos amar e nos respeitar.

  • Outro ponto muito importante a ser analisado é o fato de não nos respeitarmos como seres humanos. Extrapolamos nossos limites achando que somos imortais. Exageramos na busca do prazer através do sexo e da obtenção de conforto material, nos permitimos viver momentos intensos de raiva, ansiedade e depressão....

  • Parece que gostamos de viver mal. E isso se justifica. Quando usávamos vivíamos mal e nos drogávamos. Hoje não podemos nos drogar, porem vivemos um certo apreço com relação às drogas passando por momentos parecidos com os da ativa. É um comportamento doentio, uma verdadeira falta de aceitação...


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Auto controle
  • Como alcançar o auto controle
  • Auto aceitação
  • Sinais de auto aceitação
  • Auto piedade
  • Crescimento espiritual