Curso Online de Formação de Conselheiros Terapêuticos
4 estrelas 0 alunos avaliaram

Curso Online de Formação de Conselheiros Terapêuticos

Este curso visa capacitar conselheiros terapêuticos para atuar dentro da área da dependência química. Hoje o mercado de trabalho esta cad...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

De: R$ 150,00 Por: R$ 100,00
(Pagamento único)

Mais de 1000 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso visa capacitar conselheiros terapêuticos para atuar dentro da área da dependência química.
Hoje o mercado de trabalho esta cada vez mais necessitando de conselheiros para atuar em comunidades terapêuticas e clinicas de contenção, pois não à no mercado mão de obra qualificada, este curso visa passar pelos principais temas de atuação de um centro terapêutico.

Cursando o Bacharelado em Teologia, pela Faculdade Dehoniana - Taubaté. Ex-Coordenador do Centro de Tratamento Instituto Razão de Viver. Formado pelo SENAD (secretaria nacional anti drogas)



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Curso de Formação de Conselheiro Terapêutico de Dependência-química

    curso de formação de conselheiro terapêutico de dependência-química

    wagner gomes de campos
    coordenador de tratamento instituto razão de viver
    bacharel em teologia: universidade dehoniana
    formado pelo senad (secretaria nacional anti-drogas

  • Módulos:

    módulos:

    1. código de ética
    2. o papel do conselheiro
    3. redução de danos
    4. como facilitar uma terapia de grupo
    5. o preço de ser bonzinho
    6. o drama de um apaixonado
    7. treinamento de assertividade
    8. considerações sobre a recaída.

  • Módulo I Código de Ética

    módulo i código de ética

    1. como membro da equipe da instituição, eu coloco como prioridade o bem estar dos dependentes químicos.
    2. agindo desta forma dispenso a todos os dependentes químicos o máximo de carinho e respeito, sem distinção de idade, credo religioso, opção sexual ou condição financeira.
    3. jamais agredirei os dependentes químicos fisicamente ou psicologicamente. jamais discutirei ou desrespeitarei os mesmos e não permitirei que os outros o façam.
    4. incentivarei os dependentes químicos a conseguir as mudanças necessárias para promover a recuperação.

  • Código de Ética

    código de ética

    5. eu serei consciente sobre minhas qualidades e limitações. mesmo que eu seja admirado pelos dependentes químicos devido a minha condição de conselheiros não vou influencia-los em nada que não seja relativo a tratamento e recuperação.
    6. eu não usarei os dependentes químicos para meu crescimento ou satisfação pessoal sexualmente, financeiramente ou socialmente.
    7. eu não influenciarei os dependentes químicos a se tornarem dependentes de mim, mas sim os incentivarei a crescerem a serem independentes.
    8. eu manterei confidencial idade sobre informações de dependentes químicos e familiares exceto com a equipe no sentido de tratamento.

  • Código de Ética

    código de ética

    9. eu compreendo e concordo em defender o espírito, os objetivos da instituição e respeitar as opiniões e direitos dos profissionais.
    10. como um conselheiro da instituição eu compreendo que relacionamentos com dependentes químicos não acaba com o termino do tratamento. quando solicitado terei relações com ex-pacientes com o mesmo profissionalismo.
    11. eu serei um modelo de recuperação para os dependentes químicos, equipe e comunidade. sou químico-dependente e manterei sobriedade enquanto trabalho para a instituição.
    12. eu demonstrarei interesse e respeito em relação aos outros membros da equipe e não ignorarei sintomas de doença nem conduta antiéticas em relação aos mesmos.

  • Código de Ética

    código de ética

    13. eu aceito à responsabilidade para formação de conselheiro.e desenvolvimento no meu profissionalismo com a finalidade de oferecer melhor tratamento possível para quem pede ajuda.
    14. como conselheiro da instituição coloco-me a disposição da equipe caso venha infligir quaisquer pontos deste código de ética.
    15. eu comunicarei todos os meus planejamentos com antecipação.
    16. colocarei em pratica todos os itens acima e assumo as responsabilidades pelas minhas ações

  • Módulo II O papel do conselheiro perante a laborterapia

    módulo ii o papel do conselheiro perante a laborterapia

    a laborterapia da instituição é uma área importante do programa de tratamento, e é necessária uma devida atenção para que seja feita de forma terapêutica e não como forma de serviço.
    o conselheiro em treinamento deve ficar atento para perceber as necessidades dos pacientes enquanto o mesmo efetua a laborterapia, veremos com mais calma a principal função do conselheiro.

  • Planejamento:

    planejamento:

    os conselheiros de cada grupo deve planejar junto e em equipe a laborterapia do período, e quais pacientes irão participar da mesma. sempre deve se pensar na situação do paciente e qual seria a área que iria contribuir no seu desenvolvimento

  • Material: Comunicação:

    material: comunicação:

    os conselheiros distribuem o material necessário para executar a laborterapia do dia.

    os conselheiros orientam os pacientes sobre a laborterapia sempre antecipadamente, ao mesmo tempo lhe mostra como efetuar a atividade lhe dando exemplo.

  • Acompanhamento do grupo:

    acompanhamento do grupo:

    os conselheiros de cada grupo observam os pacientes durante a laborterapia sempre sendo visível e disponível se houver duvidas entre os dependentes químicos.
    este é uma oportunidade única para verificar a pratica do programa e oferecer material para reuniões em grupo.
    um paciente com mais tempo de internação:
    pode ser cobrado durante a laborterapia.
    um paciente com menos tempo:
    deve ser cobrado em atividade terapêutica de grupo.

  • Como cobrar um paciente?

    como cobrar um paciente?

    com perguntas.
    que tipo de pergunta?
    perguntas sobre honestidade, procrastinação, responsabilidade, mente aberta, boa vontade, pedido de ajuda etc...
    ex: como você vem praticando...?


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 100,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Módulo I
  • Código de Ética
  • Módulo II
  • O papel do conselheiro perante a laborterapia
  • Planejamento
  • Material
  • Comunicação
  • Acompanhamento do grupo
  • Como cobrar um paciente?
  • O que não se pode fazer?
  • O que fazer?
  • Verificar a laborterapia
  • Módulo III
  • O que é redução de danos
  • Redução de Danos
  • Módulo IV
  • Como facilitar uma terapia de grupo
  • Módulo V
  • Assuntos para Terapia de grupo
  • Módulo V
  • O Preço de ser Bonzinho
  • Módulo VI
  • O drama do apaixonado
  • Módulo VII
  • Treinamento de assertividade
  • Módulo VIII
  • Considerações sobre a recaída
  • EQUAÇÃO DAS DROGAS E DOS COMPORTAMENTOS
  • Considerações sobre a recaída
  • Considerações fina