Curso Online de Formação de Conselheiros Terapêuticos - Parte II Acolhimento familiar.
5 estrelas 6 alunos avaliaram

Curso Online de Formação de Conselheiros Terapêuticos - Parte II Acolhimento familiar.

Continuação do curso de formação de Terapeutas, neste curso abordaremos a questão do acolhimento à família e suas subjetividades, falarem...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 300 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Continuação do curso de formação de Terapeutas, neste curso abordaremos a questão do acolhimento à família e suas subjetividades, falaremos também a questão do planejamento de visitas, entrevistas motivacionais, entrevista com a família. qual o papel da família no tratamento.
falaremos da forma de agir diante de algumas situações como fuga de paciente; quais os procedimentos. bom curso!

Cursando o Bacharelado em Teologia, pela Faculdade Dehoniana - Taubaté. Ex-Coordenador do Centro de Tratamento Instituto Razão de Viver. Formado pelo SENAD (secretaria nacional anti drogas)


- Leandro De Carvalho

"realmente maravilhoso adorei solicitei apostila e o certificado ficarei no aguardo, esse curso enriqueceu meus conhecimentos ficarei no aguardo do proximo curso."

- Josefina Maria De Jesus Neta

- Marcelo Pavanello Godoy Pedro

- Jailson Franscisco Dos Santos

"maravilhoso"

- Demilson Nogueira Da Silva

- Ary Braz Da Silva Junior

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Curso de Formação de Conselheiro Terapêutico de Dependência-química Parte II – Acolhimento a Família e experiência no tratamento

    curso de formação de conselheiro terapêutico de dependência-química parte ii – acolhimento a família e experiência no tratamento

    wagner gomes de campos
    coordenador de tratamento instituto razão de viver
    bacharel em teologia: universidade dehoniana
    formado pelo senad (secretaria nacional anti-drogas

  • Introdução:

    introdução:

    no primeiro curso abordamos sobre todo o desenvolvimento do futuro conselheiro de tratamento. agora se faz necessário tratarmos da questão da família: como recepciono uma família? qual é meu papel diante da família do dependente enquanto terapeuta? quais são os primeiros passos de um internação? como fecho uma internação? é necessário levar em conta a questão socioeconômica? essas questões perpetuam na cabeça das pessoas ou que querem ser conselheiras ou que querem montar seu centro de tratamento.

  • Introdução:

    introdução:

    então pareceu-me oportuno e de utilidade montar um curso básico tratando destes assuntos.
    o curso então tratará das seguintes temáticas.

  • Cronograma de estudo:

    cronograma de estudo:

    recebendo uma ligação familiar
    entrevista com a família.
    fechando uma internação
    técnicas de acolhimento
    dialogo familiar
    grupos de apoio a família. qual importância no tratamento ?

  • Cronograma de estudo:

    cronograma de estudo:

    planejando a visita do centro de tratamento
    crise de abstinência
    meu paciente fugiu! o que faço?
    recaída dentro do centro de tratamento, como agir?
    para se usar em terapia.
    conclusões finais.

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    o telefone tocou do outro lado da linha havia uma mãe pedindo varias informação tratava-se de uma mão desesperada querendo uma internação para seu filho, pois o mesmo era viciado em crack.

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    neste caso como agir?
    este tipo de ocorrência vai se tornar constante para quem escolheu trabalhar na área, não estar preparado para a situação resulta em vários fatores:

    1° você pode perder uma internação, pois os concorrentes estão preparados.

    está seria uma visão mais comercial do fato, não podemos esquecer que uma clinica é mais do que um meio de ajudar uma pessoa, ela é uma empresa, onde varias pessoas dependem do serviço dela para sobreviver.

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    2° você pode ter acabado de mandar o paciente para usar droga e o mesmo pode não ter mais chance de tratamento vindo a falecer no uso.

    neste caso mais humano da situação, varias pessoas podem querer se isentar da situação justificando: “ele é responsável pela vida dele, e usar droga foi escolha”, certamente o argumento tem razão, mas não minimiza a responsabilidade de saber atender uma família com qualidade, pois isto é dever de todo terapeuta saber.

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    3° você acabou de queimar o filme do centro de tratamento que você trabalha.

    já neste caso levamos em conta que estamos representando uma empresa, vestimos a camisa desta empresa então nossos atos são sumarizados junto a empresa

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    pois bem, nestes três exemplos básicos deu para se ter uma idéia de noção de responsabilidade que uma simples ligação implica.
    a partir daí podemos nos situar vendo o que se pode falar e o que não se deve falar em uma ligação com a família de um dependente químico.

  • Recebendo uma ligação familiar

    recebendo uma ligação familiar

    o que se pode falar?

    fale do tratamento que a clinica que você trabalha oferece, há quanto tempo estão no mercado e da qualificação dos funcionários.

    falem das acomodações, muitas famílias procuram conforto para o familiar, falar das refeições também é fundamental.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Curso de Formação de Conselheiro Terapêutico de Dependência-química Parte II – Acolhimento a Família e experiência no tratamento
  • Introdução:
  • Cronograma de estudo:
  • Recebendo uma ligação familiar
  • Entrevista com a família.
  • Entrevista com a família.
  • Fechando uma internação
  • Técnicas de acolhimento
  • Dialogo familiar
  • Grupos de apoio a família, qual importância no tratamento ?
  • Planejando a visita do centro de tratamento
  • Planejamento
  • Equipe:
  • Planejando a visita do centro de tratamento
  • Crise de abstinência
  • Meu paciente fugiu! O que faço?
  • Recaída dentro do centro de tratamento, como agir?
  • Para se usar em terapia.
  • Conclusões finais.