Curso Online de introdução a eletrostática

Curso Online de introdução a eletrostática

Caro(a) aluno(a), Este conteúdo destina-se a estudantes do cursos de Eletrotécnica básica, eletricista e afins, nos cursos a distância. v...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Caro(a) aluno(a),
Este conteúdo destina-se a estudantes do cursos de Eletrotécnica básica, eletricista e afins, nos cursos a distância. você lerá a respeito de assuntos referentes à eletricidade, com ênfase em carga elétrica e dielétricos. Com o intuito de simplificar a exposição dos tópicos abordados, procurou-se, através de uma linguagem simples, clara e direta, expor o conteúdo de forma sucinta e objetiva. No estudo, são apresentadas questões resolvidas para auxiliar na compreensão do conteúdo teórico. Finalmente, desejamos que faça um excelente módulo



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Curso 01 Eletrostática

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    Caro(a) aluno(a),
    Este conteúdo destina-se a estudantes do cursos de Eletrotécnica básica, eletricista e afins, nos cursos a distância. você lerá a respeito de assuntos referentes à eletricidade, com ênfase em carga elétrica e dielétricos. Com o intuito de simplificar a exposição dos tópicos abordados, procurou-se, através de uma linguagem simples, clara e direta, expor o conteúdo de forma sucinta e objetiva. No estudo, são apresentadas questões resolvidas para auxiliar na compreensão do conteúdo teórico. Finalmente, desejamos que faça um excelente módulo, que estude bastante e aprofunde seu conhecimento consultando as referências indicadas no final da apostila.
    Kenaldy Hendolp

  • Eletrostática

    Eletrostática

    Você já ouviu falar de carga elétrica ou eletricidade estática? É sobre esses assuntos que vamos tratar agora, sendo que a eletrostática é a parte da Eletricidade que estuda as propriedades e a ação mútua das cargas elétricas em repouso.
    Os primeiros estudos a respeito da eletrostática foram feitos pelo filósofo grego Tales, da cidade de mileto, mais ou menos no ano 600 a.C. Tales observou que, ao fazer o atrito do âmbar (resina fóssil de coloração amarelada) com outros corpos, o âmbar adquire a propriedade de atrair corpos leves, como pedacinhos de palha e sementes pequenas que se encontram em sua proximidade.

  • Atrito do âmbar com pele de animal. Essa propriedade de atrair os corpos é caracterizada por uma grandeza denominada carga elétrica.
    Nesse caso, dizemos que o âmbar adquiriu carga elétrica ou ficou eletrizado

  • Após esse estudo feito por Tales, somente no século XVI, William Gilbert descobriu que outros corpos, quando atritados, adquirem a propriedade de atrair corpos leves, como ocorre com o âmbar. Como o âmbar, em grego, chama-se eléktron, Gilbert utilizou o termo “eletrizado” para indicar que esses corpos estavam se comportando como o âmbar e “fenômeno elétrico” para o fenômeno do surgimento dessa propriedade que aparece quando os corpos são atritados, originando o termo “eletricidade”, que é utilizado até hoje.

  • Foi convencionado que um bastão de vidro, quando atritado com um pano de lã, fica com carga elétrica positiva e a lã, com carga elétrica negativa.
    Hoje, a explicação para o processo pelo qual os corpos eletrizam-se é baseada no fato de que todos os corpos são constituídos de átomos. O átomo apresenta uma parte central, chamada núcleo, onde temos as partículas chamadas prótons, que apresentam carga elétrica positiva, e os nêutrons, que não apresentam carga elétrica. Ao redor do núcleo, na região chamada eletrosfera, temos as partículas chamadas elétrons, que apresentam carga elétrica negativa.

  • Normalmente, o átomo tem quantidades iguais de prótons no núcleo e de elétrons ao seu redor, ou seja, a mesma quantidade de cargas positivas e negativas; portanto, o átomo é eletricamente neutro

  • Quando o corpo encontra-se eletrizado, significa que há um desequilíbrio na quantidade de prótons e elétrons, ou seja, possui excesso ou falta de elétrons. O corpo está eletrizado negativamente quando há excesso de elétrons, significando que foram acrescentados elétrons ao corpo.
    Quando há falta de elétrons, significa que foram retirados elétrons do corpo, deixando o corpo eletrizado positivamente. Ao aproximarmos dois corpos eletrizados com cargas elétricas de mesmo sinal, eles repelem-se e, quando eletrizados com cargas elétricas de sinais opostos, eles atraem-se.

  • Carga Elétrica Elementar ()

    Carga Elétrica Elementar ()

    Toda a matéria que conhecemos é formada por moléculas. Esta, por sua vez, é formada de átomos, que são compostos por três tipos de partículas elementares: prótons, nêutrons e elétrons.
    Os átomos são formados por um núcleo, onde ficam os prótons e nêutrons e uma eletrosfera, onde os elétrons permanecem, em órbita.
    Os prótons e nêutrons têm massa praticamente igual, mas os elétrons têm massa milhares de vezes menor. Sendo m a massa dos prótons, podemos representar a massa dos elétrons como:
    m elétron (1/200) . m

  • Ou seja, a massa dos elétrons é aproximadamente 2 mil vezes menor que a massa dos prótons.
    Podemos representar um átomo, embora fora de escala, por:

  • Se pudéssemos separar os prótons, nêutrons e elétrons de um átomo, e lançá-los em direção à um imã, os prótons seriam desviados para uma direção, os elétrons a uma direção oposta a do desvio dos prótons e os nêutrons não seriam afetados.
    Esta propriedade de cada uma das partículas é chamada carga elétrica.
    A menor carga elétrica conhecida atualmente é a carga do elétron, ou a do próton, conhecida como carga elementar e representada pela letra “”. As cargas do elétron e do próton são iguais em valor absoluto e sua intensidade é:
    =1,6.10 -19C
    Portanto, para o elétron, que tem carga elétrica negativa, sua intensidade será = - 1,6.10 -19C e, para o próton, que tem
    carga elétrica positiva, sua intensidade será = + 1,6.10 -19C.
    A unidade de carga elétrica no Sistema Internacional de Unidades (SI) é o Coulomb, representado pela letra C.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO
  • Eletrostática
  • Carga Elétrica Elementar ()
  • Condutores
  • Isolantes
  • Eletrização por Atrito
  • Eletrização por Contato
  • Eletrização por Indução
  • Exercícios Resolvidos
  • Lei de Coulomb
  • Campo Elétrico
  • Resumo do Curso 01 Eletrostática.