Curso Online de LABORATÓRIO DE QUÍMICA: NORMAS DE SEGURANÇA, MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E TÉCNICA DE PESAGEM
4 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de LABORATÓRIO DE QUÍMICA: NORMAS DE SEGURANÇA, MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E TÉCNICA DE PESAGEM

NESTE CURSO VOCÊ APRENDERÁ ACERCA DAS NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO, TODOS OS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS, E SOBRE A TÉCNICA DE PESAGEM...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

NESTE CURSO VOCÊ APRENDERÁ ACERCA DAS NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO, TODOS OS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS, E SOBRE A TÉCNICA DE PESAGEM COM PRECISÃO.

Graduada em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão e Pós-graduada em Docência no Ensino Superior pela Faculdade de Educação de Bacabal (FEBAC). Atualmente é Docente da Faculdade Pitágoras e Responsável Técnica na Prefeitura Municipal de Bom Lugar - MA.


- Taina Saugo

- Andréa Guidi Da Silva

- Eva Sena De Lima

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO

    Delzianny Oliveira Santos

    NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO

  • No laboratório

    No laboratório

    2

    1- Normas gerais
    1.1. Ter sempre presente que o laboratório é um local de risco potencial. Agir com segurança, sem pressa.
    1.2. Conhecer a localização de saídas de emergência, extintores de incêndio, caixa de primeiros socorros e restante equipamento de proteção (chuveiros e torneiras lava-olhos, cobertores anti-fogo, etc.), e aprender a utilizá-los.
    1.3. Não fumar, comer ou beber no laboratório.
    1.4. Utilizar bata (de preferência de algodão) e outro equipamento de proteção pessoal adequado ao trabalho realizado (óculos, luvas, avental, máscara).

  • No laboratório

    3

    1.5. Não pipetar com a boca.
    1.6. Tomar precauções no caso de utilização de fontes de aquecimento: Não aquecer recipientes fechados, utilizar pinças ou luvas apropriadas para manuseio de material aquecido, não deixar uma chama acesa ou uma placa quente sem um aviso, não tocar numa placa de aquecimento para determinar se está, ou não, quente.
    1.7. Não utilizar uma chama ou placa de aquecimento perto de solventes orgânicos ou reagentes inflamáveis.
    1.8. Não inalar vapores de solventes ou pós químicos.

    No laboratório

  • No laboratório

    4

    1.9. Conservar as bancadas arrumadas e limpas e o chão seco e limpo. Limpar imediatamente qualquer derrame de líquidos ou sólidos, evitando o contato com a pele ou com o vestuário. Informar os colegas de laboratório de potenciais riscos de queda em locais de chão úmido.
    1.10. Em caso de quebra de material de vidro, utilizar equipamento de recolhimento de material cortante adequado.
    1.11. Não obstruir os locais destinados à circulação no laboratório.

    No laboratório

  • No laboratório

    5

    1.12. Manter a bancada livre de material desnecessário.
    1.13. Antes de manusear qualquer reagente, ler atentamente o rótulo, tomando conhecimento de potenciais riscos e cuidados a ter na sua utilização. Em caso de falta de informação, considerar qualquer composto como tóxico.
    1.14. Não manusear aparelhos elétricos com as mãos molhadas.

    No laboratório

  • No laboratório

    6

    1.15. Lavar as mãos com freqüência durante o trabalho laboratorial. Proteger as feridas expostas. Lavar sempre as mãos antes de deixar o laboratório.
    1.16. Ao abandonar o laboratório, confirmar que o equipamento e reagentes utilizados estão devidamente arrumados, as torneiras de abastecimento de água e de gás fechadas e os aparelhos elétricos desligados.

    No laboratório

  • Normas de segurança pessoal

    Normas de segurança pessoal

    7

    2.1. Todas as pessoas que trabalham no laboratório são consideradas responsáveis pela sua própria segurança e pela segurança de outros que trabalhem na sua proximidade.
    2.2. Usar sempre bata no laboratório. De preferência, esta deve ser de algodão pois este material tem maior capacidade de absorção e é mais resistente a substâncias químicas do que o nylon. A bata deve ser justa e mantida em boas condições de higiene.
    2.3. O calçado utilizado deve ser fechado e de sola antiderrapante.
    2.4. Não utilizar anéis. Proteger o cabelo comprido, prendendo-o convenientemente.

  • Normas de segurança pessoal

    8

    2.5 Os óculos de proteção devem ser utilizados sempre que se realizem experiências que envolvam risco de salpicos com reagentes corrosivos e tóxicos. O uso de lentes de contato é desaconselhado, tendo em conta que o material de que são feitas permite a absorção de vapores de compostos químicos, tais como solventes orgânicos, provocando irritações oculares. Ainda, na eventualidade de um contato acidental dos olhos com um reagente irritante, o reflexo de fechar os olhos impede a remoção a tempo das lentes de contato.

    Normas de segurança pessoal

  • Manuseamento de compostos químicos

    Manuseamento de compostos químicos

    9

    3.1. Considerar todos os reagentes como potencialmente perigosos, manuseando-os cuidadosamente.
    3.2. Evitar o contato de reagentes com a pele ou com a roupa. Mesmo que um reagente seja inofensivo, este não deverá ser cheirado ou provado.
    3.3. Tomar sempre em consideração os símbolos de aviso de perigo existentes nos rótulos dos produtos químicos comerciais, consultando a respectiva tabela de descodificação antes de iniciar a sua utilização.

  • Manuseamento de compostos químicos

    10

    3.4. Produtos químicos tóxicos, voláteis ou que emitam vapores tóxicos devem ser mantidos e manuseados na capela.
    3.5. Não abandonar recipientes que contenham líquidos ou sólidos destapados na bancada.
    3.6. Etiquetar compostos sintéticos e soluções mantidas na bancada, mencionando claramente o conteúdo do recipiente, pessoa responsável, data de preparação, bem como qualquer outra informação relevante ao seu manuseamento.
    3.7. Não utilizar fontes de chama ou de calor intenso próximo de produtos químicos inflamáveis.

    Manuseamento de compostos químicos

  • Símbolos de perigo e seu significado

    11

    Símbolos de perigo e seu significado


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
  • No laboratório
  • Normas de segurança pessoal
  • Manuseamento de compostos químicos
  • Símbolos de perigo e seu significado
  • MATERIAIS BÁSICOS DE LABORATÓRIO
  • MATERIAL DE VIDRO
  • BÉQUER OU BÉCKER
  • ERLENMEYER
  • BALÃO DE FUNDO CHATO
  • BALÃO VOLUMÉTRICO
  • TUBO DE ENSAIO
  • FUNIL DE VIDRO
  • BASTÃO DE VIDRO
  • VIDRO DE RELÓGIO
  • PROVETA
  • PIPETA GRADUADA
  • PIPETA VOLUMÉTRICA
  • BURETA
  • DESSECADOR
  • FUNIL DE SEPARAÇÃO OU DECANTAÇÃO
  • CONDENSADOR
  • PLACA DE PETRI
  • CADINHO
  • CÁPSULA DE PORCELANA
  • ALMOFARIZ COM PISTILO
  • FUNIL DE BUCHNER
  • BICO DE BUNSEN
  • TRIÂNGULO
  • TRIPÉ
  • TELA DE AMIANTO
  • SUPORTE UNIVERSAL
  • MUFA E GARRA
  • TÉCNICAS DE PESAGEM
  • ESPÁTULA
  • PINÇA DE MADEIRA
  • ESTUFA
  • CENTRÍFUGA
  • MUFLA
  • MANTA ELÉTRICA
  • BALANÇA
  • AGITADOR MAGNÉTICO
  • BARRAS MAGNÉTICAS
  • PISSETA
  • MEDIDOR DE pH ou pHMETRO
  • PÊRA DE SUCÇÃO