Curso Online de Fundamentos da Psicanálise

Curso Online de Fundamentos da Psicanálise

Principais conceitos da psicanálise.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Principais conceitos da psicanálise.

Ana Flavia Ferreira Manteiga Psicóloga CRP 06/136138



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Fundamentos da Psicanálise

    Fundamentos da Psicanálise

    Psicóloga Ana Flavia F. Manteiga
    CRP 06/136138

  • “Se fosse preciso concentrar numa palavra a descoberta freudiana, essa palavra seria incontestavelmente inconsciente.” - LaPlanche

    “Se fosse preciso concentrar numa palavra a descoberta freudiana, essa palavra seria incontestavelmente inconsciente.” - LaPlanche

  • FREUD

    FREUD

    Sigmund Freud nasceu em 6 de maio de 1856 em Freiberg, pequena cidade de Moravia, que na época pertencia a Áustria, descendia de família judia, faleceu em Londres em 1939.

    Estudou medicina e psicologia. Médico neurologista interessou-se desde cedo pelos problemas físicos que se relacionavam com aspectos emocionais como a ansiedade.

    Começa a trabalhar com as neuroses. Estudou “histeria” como fenômeno psicológico, resultando na descoberta do inconsciente e na construção da Psicanálise.

  • Psicanálise

    Psicanálise

    Teoria: caracteriza-se por um conjunto de conhecimentos sistematizados sobre o funcionamento da vida psíquica.

    Método de investigação: caracteriza-se pelo método interpretativo, que busca o significado oculto daquilo que é manifesto por meio de ações e palavras ou pelas produções imaginárias, como os sonhos, os delírios, as associações livres, os atos falhos.

  • Inconsciente

    Pré-consciente

    Consciente

    Superego

    Complexo de Édipo

    ID

    Ego

    Princípio do prazer

    Princípio da realidade

    Estruturação da Personalidade

  • Mecanismos de Defesa do Ego

    Mecanismos de Defesa do Ego

    Dentro da visão psicanalítica, nunca temos acesso completo ao que somos: se algo passa para a consciência, muito fica no inconsciente.

    Os mecanismos de defesa são instrumentos que, há um tempo, mantém guardada parte deste material inconsciente, mas por outro lado nos “protegem”. De acordo com Freud são processos realizados pelo ego, inconscientes, independentes da vontade do indivíduo que permitem uma defesa. Essa é uma operação através da qual o ego exclui da consciência os conteúdos indesejáveis, protegendo, assim, aparentemente o aparelho psíquico.

  • Consiste em adotar um comportamento ou um interesse que possa enobrecer comportamentos instintivos.

    De raiz ética é renunciar às gratificações puramente instintuais por outras em conformidade com os valores sociais. Como um homem pode encontrar uma válvula para seus impulsos agressivos.

    É o mais eficaz dos MD, na medida em que canaliza os impulsos libidinais para uma postura socialmente útil e aceitável

    Sublimação

  • Impede que pensamentos dolorosos ou perigosos cheguem à consciência, afastando a lembrança de determinados fatos, apesar de continuar armazenados no inconsciente.

    É o principal mecanismo de defesa.
    Recalca da consciência um afeto, uma ideia ou apelo do instinto.

    Um acontecimento que por algum motivo envergonha uma pessoa pode ser completamente esquecido e se tornar não evocável.

    Repressão

  • São os motivos lógicos e racionais que encontramos para afastar os pensamentos, lembranças.
    Disfarçamos os verdadeiros motivos que nos incomodam.

    Processo muito comum, que abrange um extenso campo que vai desde o delírio ao pensamento normal. Os Psicanalistas dizem que é uma mentira inconsciente que se põe no lugar do que se reprimiu.

    Neuróticos ou perversos: Comportamento homossexual masculino explicado pela superioridade intelectual e estética do homem, por exemplo. Compulsões defensivas. Ritual alimentar explicado por preocupações de higiene.

    Racionalização

  • Consiste em atribuir a outro um desejo próprio, ou atribuir ao outro algo que justifique a própria ação.

    O estudante cria o hábito de colar nas provas dizendo para se justificar que os outros colam ainda mais que ele. Criticamos atos dos outros praticados, também , por nós, atribuímos defeitos aos outros que são nossos e que não suportamos.

    Projeção

  • É um processo psíquico através do qual o todo é representado por uma parte ou vice-versa.

    Caso de alguém que tendo tido uma experiência desagradável com um policial, reaja desdenhosamente, em relação a todos os policiais.

    Deslocamento


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Fundamentos da Psicanálise
  • “Se fosse preciso concentrar numa palavra a descoberta freudiana, essa palavra seria incontestavelmente inconsciente.” - LaPlanche
  • FREUD
  • Psicanálise
  • Mecanismos de Defesa do Ego
  • Psicanálise x Sexualidade
  • (IM)POSSIBILIDADE DE CONEXÃO ENTRE PSICANÁLISE E EDUCAÇÃO
  • Referências
  • Fim!