Curso Online de PSICANÁLISE INFANTIL

Curso Online de PSICANÁLISE INFANTIL

A Historia da PSICANÁLISE INFANTIL. Começando em Freud até os nossos dias... Ana Freud; Melanie Klein; Mannoni; Lacan; Vanier; Balbo; Mar...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 24 horas

De: R$ 290,00 Por: R$ 199,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A Historia da PSICANÁLISE INFANTIL.
Começando em Freud até os nossos dias...
Ana Freud; Melanie Klein; Mannoni; Lacan; Vanier; Balbo; Martine Flechet; Maria Cristina Kupfer; Dorothy Burlingham; Winnicott; Françoise Dolto; Arminda Aberastury; e, NÓS CONTEMPORÂNEOS, COMO VEMOS A CLÍNICA INFANTIL...

Psicanalista; Analista Didata; Cognitivista/Comportamental; Digital Influencer; Escritora; Palestrante Motivacional; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea. Psicanalista Clinica por 20 Anos; Analista Didata por 12 Anos; Cognitivista/Comportamental por 15 Anos; Digital Influencer por 07 Anos; Escritora por 30 Anos; Palestrante Motivacional por 30 Anos; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea por 12 Anos; Especialista em Psicossomática por 09 Anos; Especialista em Grupanálise por 09 Anos; Ganhadora do PREMIO BRASLIDER ? EXCELÊNCIA & QUALIDADE, na Categoria: PROFISSIONAL DO ANO; PALESTRANTE E ESCRITORA, NA ÁREA DA PSICANÁLISE, DO BRASIL em 2014. Último Livro Lançado Dezembro 2018: RELACIONAMENTOS (Uma mudança no Mundo das Configurações Vinculares para Configurações Virtuais). Por JustFiction! Edition ? Espanha. Publicado em 8 Idiomas Fevereiro 2020: Norueguês; Polonês; Alemão; Italiano; Francês; Espanhol; Inglês e Português.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • PSICANÁLISE INFANTIL

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • Mini Currículo:
    Psicanalista; Analista Didata; Cognitivista/Comportamental; Digital Influencer; Escritora; Palestrante Motivacional; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea.
    Psicanalista Clinica por 20 Anos; Analista Didata por 12 Anos; Cognitivista/Comportamental por 15 Anos; Digital Influencer por 07 Anos; Escritora por 30 Anos; Palestrante Motivacional por 30 Anos; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea por 12 Anos; Especialista em Psicossomática por 09 Anos; Especialista em Grupanálise por 09 Anos; Ganhadora do PREMIO BRASLIDER EXCELÊNCIA & QUALIDADE, na Categoria: PROFISSIONAL DO ANO; PALESTRANTE E ESCRITORA, NA ÁREA DA PSICANÁLISE, DO BRASIL em 2014.
    Último Livro Lançado Dezembro 2018: RELACIONAMENTOS
    (Uma mudança no Mundo das Configurações Vinculares para Configurações Virtuais)
    Por JustFiction! Edition Espanha
    Publicado em 8 Idiomas Fevereiro 2020:
    Norueguês; Polonês; Alemão; Italiano; Francês; Espanhol; Inglês e Português.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

    Atendimento de crianças...

  • INTRODUÇÃO

    Embora FREUD, não tenha desenvolvido sobre a Psicanálise Infantil; mas, ele deixou em aberto em sua Obra, os pressupostos para que futuramente ela fosse desenvolvida. E, não podemos nos esquecer de que ele escreveu e desenvolveu toda a Psicanálise, fundamentada nas Fantasias Inconscientes dos Seres Humanos, vivenciadas na sua infância. Ou seja, em cima das suas lembranças fantasmagóricas...

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • Já, Maud Mannoni (22 de outubro de 1923 - 15 de março de 1998) foi uma Psicanalista francesa de origem neerlandesa; tão próxima dos nossos dias e que ainda, cita os pressupostos deixados por FREUD e que não foram comtemplados por sua filha a Anna Freud; pela Melanie Klein; pelo Winnicott; etc...

    A criadora a Psicanálise Infantil é considerada pelo mundo, como sendo Melanie Klein.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • TRABALHOS DESENVOLVIDOS:

    Un lieu pour vivre.
    La théorie comme fiction. Freud, Groddeck, Winnicott, Lacan, Paris 1979.
    Éducation impossible.
    L’Enfant arriéré et sa mère (1964).
    Le premier rendez-vous avec le psychanalyste (1965).
    L’enfant, sa « maladie » et les autres (1967).
    Le psychiatre, son "fou" et la psychanalyse, Paris 1970.
    Ce qui manque à la vérité pour être dite. Paris 1988 [Autobiographie].
    Amour, haine, séparation. Renouer avec la langue perdue de l'enfance. Paris 1991.
    Le nommé et l'innommable. Le dernier mot de la vie. Paris 1991.
    Les mots ont un poids, ils sont vivants. Que sont devenus nos enfants fous? Paris 1995.
    Devenir psychanalyste. Les formations de l'inconscient. Paris 1996.
    Elles ne savent pas ce qu'elles disent. Paris 1998.
    D'un impossible à l'autre.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

    TRADUÇÃO:

    Um lugar para viver.
    A teoria como ficção. Freud, Groddeck, Winnicott, Lacan, Paris 1979.
    Educação impossível.
    A recente criança e mãe dela (1964).
    O primeiro compromisso com o psicanalista (1965).
    A criança, "doença" dela e o outro (1967).
    O psiquiatra, dele "furioso" e a psicanálise, Paris 1970.
    O que perde à verdade a ser dita. Paris 1988 [Autobiografia].
    Ame, odeie separação. Renovar com o idioma desperdiçou a infância. Paris 1991.
    Nomeado “isto e o não mencionável”. A última palavra de vida. Paris 1991.
    As palavras têm um peso, eles o ser vivo. O que se tornaram nossas crianças furiosas? Paris 1995.
    Se tornar o psicanalista. As formações do inconsciente. Paris 1996.
    Eles não sabem o que eles dizem. Paris 1998.
    De um impossível para o outro.

  • Manonni (1967), ao afirmar que “a criança não é uma entidade em si, mas faz parte de um discurso coletivo”, indica não só as diferentes demandas que surgem no processo psicanalítico de uma criança (demanda parental, demanda da criança, demanda do analista em relação à sua própria infância), como as divergências teóricas implícitas na direção clínica escolhida por diferentes autores. O célebre debate entre Anna Freud e Melanie Klein é uma ilustração fundamental de como velhas discussões mantêm sua atualidade por ressaltarem os paradoxos e impasses desta clínica.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

    Não há uma resposta simples a esta questão, até porque este paradoxo funda a clínica com crianças. Freud (1909), ao relatar o caso do pequeno Hans, dá a seu sintoma o mesmo estatuto de uma problemática trazida por um analisando adulto, ressaltando que não aprendeu nada de novo nesta análise, ou seja, que a análise de Hans atestava para a unidade da psicanálise e para sintomas que transcendiam a cronologia. No entanto, indica no mesmo caso clínico, como os pais de Hans poderiam diminuir a incessante torrente de perguntas do filho se lhe esclarecessem a respeito de temas relacionados a sua sexualidade e à diferença entre os sexos.

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

    Neste sentido, o entrelaçamento do sintoma da criança às fantasias parentais coloca o psicanalista em uma posição de ouvir diferentes demandas e discursos sobre a criança para poder intervir como um elemento separador, permitindo um descolamento entre a demanda dos pais e o sintoma da criança. Poderíamos dizer que esta prática é marcada pela posição de dependência estrutural da criança frente a seus cuidadores fundamentais, fazendo com que a desconsideração deste “nó sintomático” possa inviabilizar o tratamento da criança.

  • Assim, enquanto para Anna Freud (1964) as forças a enfrentar na cura de uma neurose infantil são não só internas, mas parcialmente externas em função da fraqueza do superego da criança, para Klein o aparelho psíquico se encontra constituído desde as origens através dos mecanismos de projeção e introjeção. Ou seja, a partir de tais constatações teóricas, Anna Freud irá privilegiar a vertente pedagógica na análise de uma criança, através da orientação de pais, enquanto Klein vai desconsiderar a influência dos pais da realidade, já que seu maior interesse vai recair sobre a imago internalizada dos pais e a vida fantasmática da criança.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 199,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PSICANÁLISE INFANTIL
  • 01.INTRODUÇÃO
  • 02.POR TANTO, O QUE É A PSICANÁLISE INFANTIL?
  • 03.FREUD
  • 04.ANNA FREUD, PIONEIRA NA PSICANÁLISE INFANTIL
  • 05.NASCE VERDADEIRAMENTE A PSICANÁLISE INFANTIL, ALÉM DE FREUD
  • 06.MELANIE KLEIN
  • 07.MANONNI (1967)
  • 08.LACAN
  • 09.PSICANÁLISE KLEINIANA
  • 10.MELANIE KLEIN (1882-1960), UMA PSICANALISTA QUE TRABALHA COM A CRIANÇA ATRAVÉS DA TÉCNICA DO BRINQUEDO, EXPLORANDO O INCONSCIENTE DO PEQUENINO.
  • 11.FUNDAMENTOS TEÓRICOS: NOÇÕES
  • 12.MELANIE KLEIN E A PSICANÁLISE INFANTIL
  • 13.CONSIDERAÇÕES SOBRE A TÉCNICA PROPOSTA POR MELANIE KLEIN
  • 14.ALGUNS PACIENTES ATENDIDOS POR KLEIN - ORIGEM DOS CONCEITOS
  • 15.DEFINIÇÃO DE TERMOS E CONCEITOS INTRODUZIDOS POR KLEIN E SEUS COLABORADORES
  • 16.VANIER
  • 17.BALBO
  • 18.MARTINE FLECHET
  • 19.MARIA CRISTINA KUPFER
  • 20.DOROTHY BURLINGHAM
  • 21.SURGE DONALD WOODS WINNICOTT, NOVOS CONCEITOS SOBRE PSICANÁLISE INFANTIL
  • 22.ALGUNS ASPECTOS DA SUA CONSTRUÇÃO TEÓRICA
  • 23.AUTORA CONTEMPORÂNEA DE PSICANÁLISE INFANTIL: FRANÇOISE DOLTO
  • 24.OUTRA AUTORA CONTEMPORÂNEA DE PSICANÁLISE INFANTIL: ARMINDA ABERASTURY (1910 - 1972)
  • 25.NÓS CONTEMPORÂNEOS, COMO VEMOS A CLÍNICA INFANTIL