Curso Online de PSICANÁLISE - RELACIONAMENTOS

Curso Online de PSICANÁLISE - RELACIONAMENTOS

Relacionamentos na Modernidade, pode ser por Configurações Vincular ou Virtual.Um Novo Surrealismo. Workshop do meu livro:RELACIONAMENTOS...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 150,00 Por: R$ 99,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Relacionamentos na Modernidade, pode ser por Configurações Vincular ou Virtual.Um Novo Surrealismo.
Workshop do meu livro:RELACIONAMENTOS, publicado em Dezembro 2018. Em 2020 publicado em 8 idiomas.

Psicanalista; Analista Didata; Cognitivista/Comportamental; Digital Influencer; Escritora; Palestrante Motivacional; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea. Psicanalista Clinica por 20 Anos; Analista Didata por 12 Anos; Cognitivista/Comportamental por 15 Anos; Digital Influencer por 07 Anos; Escritora por 30 Anos; Palestrante Motivacional por 30 Anos; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea por 12 Anos; Especialista em Psicossomática por 09 Anos; Especialista em Grupanálise por 09 Anos; Ganhadora do PREMIO BRASLIDER ? EXCELÊNCIA & QUALIDADE, na Categoria: PROFISSIONAL DO ANO; PALESTRANTE E ESCRITORA, NA ÁREA DA PSICANÁLISE, DO BRASIL em 2014. Último Livro Lançado Dezembro 2018: RELACIONAMENTOS (Uma mudança no Mundo das Configurações Vinculares para Configurações Virtuais). Por JustFiction! Edition ? Espanha. Publicado em 8 Idiomas Fevereiro 2020: Norueguês; Polonês; Alemão; Italiano; Francês; Espanhol; Inglês e Português.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • PSICANÁLISE RELACIONAMENTOS

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • WORKSHOP DO MEU LIVRO

  • Mini Currículo:
    Psicanalista; Analista Didata; Cognitivista/Comportamental; Digital Influencer; Escritora; Palestrante Motivacional; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea.
    Psicanalista Clinica por 20 Anos; Analista Didata por 12 Anos; Cognitivista/Comportamental por 15 Anos; Digital Influencer por 07 Anos; Escritora por 30 Anos; Palestrante Motivacional por 30 Anos; Diretora do Núcleo Formação da ABPC - Associação Brasileira Psicanalise Contemporânea por 12 Anos; Especialista em Psicossomática por 09 Anos; Especialista em Grupanálise por 09 Anos; Ganhadora do PREMIO BRASLIDER EXCELÊNCIA & QUALIDADE, na Categoria: PROFISSIONAL DO ANO; PALESTRANTE E ESCRITORA, NA ÁREA DA PSICANÁLISE, DO BRASIL em 2014.
    Último Livro Lançado Dezembro 2018: RELACIONAMENTOS
    (Uma mudança no Mundo das Configurações Vinculares para Configurações Virtuais)
    Por JustFiction! Edition Espanha
    Publicado em 8 Idiomas Fevereiro 2020:
    Norueguês; Polonês; Alemão; Italiano; Francês; Espanhol; Inglês e Português.

  • RELACIONAMENTOS

    NAS

    REDES SOCIAIS

    SERIA SURREAL?

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • Dedico aos meus Pacientes, com suas histórias sofridas, nem sempre com um final feliz, que me trouxeram em suas falas, vivências cheias de muita emoção, durante estes anos de Escuta Psicanalíica. O que me motivou a escrever este livro.

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”
    Ao Grande Arquiteto do Universo por ter-me provido do don de colocar em palavras as minhas idéias. E aos meus Mestres, com quem tudo aprendi...

  • Índice

    Prefácio ............................................................................................................. 08
    Introdução ......................................................................................................... 09
    Porque seria Surreal? ........................................................................................ 11
    Vínculo Amoroso na Modernidade ................................................................... 15
    Relacionamentos nas Redes Sociais ................................................................. 22
    Configurações Vinculares.................................................................................. 25
    Mas, nem tudo está perdido! ............................................................................. 27
    Quem somos nós? ............................................................................................. 29

    O Ser Humano do Terceiro Milênio ................................................................. 30
    Sentimentos e Razões ....................................................................................... 33
    Será o exagero, saudável? ................................................................................. 37
    Resumo ............................................................................................................. 39
    Citação de algumas falas... Com a Idenificação das Paologias ........................ 40
    Cuidados! Sempre Alerta! ................................................................................ 42
    A Patologia é minha? Ou, do outro?................................................................. 43
    Final Feliz! ....................................................................................................... 44
    Referências ....................................................................................................... 45

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • Prefácio:

    Principalmente, da Relação Terapeuta/ Paciente e pelo meu grande interesse pelas Relações Vinculares. Desabroxou dentro de mim. A vontade de escrever este livro. Com a finalidade de compartilhar o meu conhecimento sobre o assunto. Intrigava-me muito! Quando o Colegas diziam que se tratava de pura Patologia. Será? Dizia eu, cá com os meus pensamentos. Realmente, os Vínculos não são reais. Existe muita Patologia nisto tudo: Perversões, sadismo, mau carater, golpistas, oportunistas, mentiras. Mas, no Mundo em que vivemos atualmente, através da Internet, brincamos de “Deus”, temos acesso a tudo e a todos, o que é maravilhoso, se soubermos utilizar. A solidão cada dia mais presente em nossas vidas. E a Inernet, mais invassiva fazendo parte do nosso cotidiano. Tempos tão estranhos! Será que a forma de nos aproximarmos de novas pessoas, fazermos novos amigos, começarmos um relacionameno amoroso, não poderia estar mudando? Ou, seria Sureal?
     A autora

    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • Introdução:

    Quem que não está sózinho e não se sente carente? Com certeza a grande maioria das Pessoas; sejam, elas Honens ou Mulheres. Principalmente as Mulheres que são em maoir número em grande parte do Mundo. Elas não são minoria no Mundo como muitos pensam. As Estatísticas mostram que o número de Mulheres e de Homens no Mundo é curiosamente igual. Não exatamente o mesmo, mas muito próximos. Em Países como os Estados Unidos e o Brasil (que mais influenciam em nossa Cultura), as Mulheres são a maioria. Então como podemos incluir as Mulheres na categoria de "minorias"? Só porque ganham menos no Mercado de Trabalho; são consideradas como “sexo frágil”; precisam se casar para serem respeitadas; precisam de proteção de um Homem, de um Companheiro; ocupam menos Cargos Políticos e de Prestigio Social; etc... Ficamos assustados e tomamos a defesada Mulher quando lesadas, exploradas sexualmente ou financeiramente. Se entre 100 Pessoas, 48 são Homens e 52 são Mulheres. Estatisticas comprovam que as Mulheres são a maioria no Mundo. Portanto, tão fortes quantos os Homens para lutarem de igual para igual. Embora, mais femeninas anatômicamente. Não podemos nos esquecer de que este ser Mulher se emancipou.
    “Prof. Dra. Celia Gevartoski”

  • “Prof. Dra. Celia Gevartoski”
    Que a partir do Século XIX, começa a deixar a sua Vida Doméstica, numa Zona de Conforto, para ir à luta no Mercado de Trabalho e na Sociedade como um todo. Consegue o direito a Educação, os primeiros livros são publicados por Mulheres, o direito de Votar, etc... No Brasil foi em 03 de maio de 1933, na eleição para a Assembleia Nacional Constituinte, que a mulher brasileira, pela primeira vez, em âmbito nacional, votou e foi votada. A luta por esta conquista durou mais de 100 anos, pois o marco inicial das discussões parlamentares em torno do tema começou nos debates que antecederam a Constituição de 1824, a qual não trazia qualquer impedimento ao exercício dos direitos políticos por mulheres, mas, por outro lado, também não era explícita quanto à possibilidade desse exercício. O exercício desses direitos foi introduzido no ano anterior, com a aprovação do Código Eleitoral de 1932, que, além dessa e de outras grandes conquistas, instituiu a Justiça Eleitoral, que passou a regulamentar as eleições no país. Hoje em pleno Século XXI, trezentos anos se passaram e, muitas Mulheres ainda são confusas quanto a sua Emancipação.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 99,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PSICANÁLISE RELACIONAMENTOS
  • Índice
  • Prefácio:
  • Introdução:
  • Porque seria Surreal?
  • Vínculo Amoroso na Modernidade:  
  • Relacionamentos nas Redes Sociais:  
  • Configurações Vinculares:
  • Mas, nem tudo está perdido!
  • Quem Somos Nós?
  • O Ser Humano do Terceiro Milênio:
  • Sentimentos e Razões:
  • Será o Exagero, Saudável?
  • Resumo:
  • Citação de algumas falas... Com a Identificação da Patologia:
  • Cuidados! Sempre Alerta!
  • A Patologia é minha? Ou, do outro?
  • Final Feliz!
  • Referências BIBLIOGRÁFICAS: