Curso Online de Introdução ao Autismo
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Introdução ao Autismo

Este curso aborda sobre o Transtorno Invasivo do Desenvolvimento, trazendo de maneira simples e objetiva informações sobre suas principai...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 39,90
(Pagamento único)

Mais de 50 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso aborda sobre o Transtorno Invasivo do Desenvolvimento, trazendo de maneira simples e objetiva informações sobre suas principais características, formas de tratamento e apoio a família.

Psicóloga e Psicopedagoga com experiência em Atendimento Psicológico a crianças com Transtorno Invasivo do Desenvolvimento.


"Muito bom o curso! Consegui ter um bom aproveitamento de todo o conteudo apresentado."

- Maria Clea Marinho Lima

- Anna Carla Lopes Lira

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • O que é o autismo?

    O que é o autismo?

    O autismo foi identificado em 1943, pelo psiquiatra norte-americano, Leo Kanner. Conhecido cientificamente na atualidade como Transtorno Invasivo do Desenvolvimento ou Transtorno do Espectro Autista – o autismo é uma síndrome caracterizada por alterações que se manifestam, sempre, na interação social na comunicação e no comportamento
    É uma disfunção cerebral que afeta a capacidade da pessoa se comunicar, estabelecer relacionamentos e responder apropriadamente ao ambiente.
    Algumas crianças autistas apresentam inteligência e fala intactas, outras apresentam também retardo mental, mutismo ou importantes retardos no desenvolvimento da linguagem. Alguns parecem fechados e distantes outros presos a comportamentos restritos e rígidos padrões de comportamento. (ASSUMPÇÃO, 2010).

  • Quais são as causas do Autismo?

    Quais são as causas do Autismo?


    Para Assumpção (2010), as causas do autismo são desconhecidas, mas diversas doenças neurológicas e/ou genéticas foram descritas como sintomas do autismo. Problemas cromossômicos, gênicos, metabólicos e mesmo doenças transmitidas/adquiridas durante a gestação, durante ou após o parto, podem estar associados diretamente ao autismo. Entre 75 a 80% das crianças autistas apresentam algum grau de retardo mental, que pode estar relacionado aos mais diversos fatores biológicos. Portanto, a evidência de que o autismo tem suas causas em fatores biológicos é indiscutível, fazendo-nos reconsiderar a idéia inicial de ligarmos o quadro de autismo a alterações nas primeiras relações mãe-filho.

  • Possíveis causas associadas a autismo:

    Possíveis causas associadas a autismo:

    Infecções pré-natais - rubéola congênita, sífilis congênita, toxoplasmose, citomegaloviroses;
    Hipóxia neo-natal (deficiência de oxigênio no cérebro durante o parto);
    Infecções pós-natais - herpes simplex;
    Déficits sensoriais - dificuldade visual (degeneração de retina) ou diminuição da audição (hipoacusia) intensa;
    Espasmos infantis - Síndrome de West;
    Doenças degenerativas - Doença de Tay-Sachs;
    Doenças gênicas - fenilcetonúria, esclerose tuberosa, neurofibromatose, Síndromes de Cornélia De Lange, Willians, Moebius, Mucopolissacaridoses, Zunich;
    Alterações cromossômicas - Síndrome de Down ou Síndrome do X frágil (a mais importante das doenças genéticas associadas ao autismo), bem como alterações estruturais expressas por deleções, translocações, cromossomas em anel e outras;
    Intoxicações diversas.

  • Características comuns

    Características comuns

    A criança autista prefere o isolamento. O autismo é caracterizado por diversas características:

  • Distúrbio de percepção, como por exemplo dificuldades para entender o que ouve;

    Distúrbio de desenvolvimento, principalmente nas esferas motoras, da linguagem e social;

    Dificuldades no relacionamento social, expresso principalmente através do olhar, da ausência do sorriso social, do movimento antecipatório e do contato físico;

    Ao invés de explorar o ambiente e as novidades restringe-se e fixa-se em poucas coisas.

  • A fala e a linguagem que variam do mutismo total: à inversão pronominal (utilização do você para referir-se a si próprio), repetição involuntária de palavras ou frases que ouviu (ecocalia);

    Apresenta certos gestos imotivados como balançar as mãos ou balançar-se .

    Cheira ou lambe os brinquedos .

    Mostra-se insensível aos ferimentos podendo inclusive ferir-se intencionalmente .

  • Como diagnosticar ?

    Como diagnosticar ?

    O desenvolvimento pode ser normal nos primeiros meses de vida.

    Foco prolongado por determinados itens.

    Comportamento de isolamento repentino.

    Os sinais e sintomas aparecem antes dos 3 anos de idade e, em cada 10.000 crianças, de quatro a cinco apresentam a doença, com predomínio em indivíduos do sexo masculino (3:1 ou 4:1).

  • Tipos de Transtono Invasivo do Desenvolvimento:

    Tipos de Transtono Invasivo do Desenvolvimento:

    Transtorno Autista atípico
    Transtorno residual Autista
    Transtorno Asperger ou Síndrome de Asperger
    Transtorno Misto Autista
    Transtorno invasivo não específico
    Comorbidade Autista


  • Cada tipo de Transtorno Invasivo do Desenvolvimento exibe um quadro diferente de características e deve ser diagnosticado para ser desenvolvido um tratamento eficaz, que consiste em realizar procedimentos adequados, respeitando assim, além do diagnóstico, a individualidade de cada pessoa, levando em consideração aspectos psicossociais.

  • Interferência: Família e Social

    Interferência: Família e Social

    Segundo Zaranza (2010), a revisão da literatura apontou que o assunto autismo e família não tem sido muito pesquisado e somente abordado nos aspectos relacionados à experiência de estresse pelas genitoras e irmãos de crianças autistas.

  • Polity (2010) afirma que a aprendizagem ocorre no contato com o meio, na relação que se constitui entre as pessoas e que é edificada pela totalidade em que o embate se apresenta. Dentro desse ponto de vista, se preocupa compreender como o autismo indica um conjunto de relações (ou de uma falha delas) que pode levar algumas famílias a comportarem-se de uma "maneira autista", visto que há um modelo de aprendizagem do grupo familiar que é estabelecido na e pelas relações.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 39,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • O que é o autismo?
  • Quais são as causas do Autismo?
  • Possíveis causas associadas a autismo:
  • Características comuns
  • Como diagnosticar ?
  • Tipos de Transtono Invasivo do Desenvolvimento:
  • Interferência: Família e Social
  • Tratamento
  • Em que consiste a reabilitação da criança autista?
  • Atividades Interativas
  • Brinquedos e Materiais
  • Algumas sugestões de brinquedos:
  • Considerações finais