Curso Online de O TRABALHO EM EQUIPE  EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA

Curso Online de O TRABALHO EM EQUIPE EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA

Este curso apresenta os aspetos mais importantes relacionados com o trabalho/competências em geriatria e gerontologia em equipe em lares...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta os aspetos mais importantes relacionados com o trabalho/competências em geriatria e gerontologia em equipe em lares da 3 idade.

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Avaliação da equipe interdisciplinar

    Avaliação da equipe interdisciplinar

    O papel de cada profissional da equipe
    Indicações de encaminhamentos
    Critérios de alta

  • Gerontologia e Geriatria

    Gerontologia e Geriatria

    Gerontologia: do grego gérõn-ontos (velho) e logos (estudo).
    Geriatria: do grego gérõn-ontos (velho) e yatreia (tratamento).
    Ramo da medicina que aborda os aspectos clínicos, preventivo, terapêutico e social do paciente idoso.

  • A equipe

    A equipe

    Trabalho pioneiro na geriatria: Dra. Marjore Warren
    Paciente idoso: múltiplos problemas físicos, associados a deficiências funcionais sociais e psicológicas necessidade da abordagem em equipe muldisciplinar.
    Objetivo da avaliação em equipe: promover o mais alto grau de independência funcional do paciente idoso, aumentar a sobrevida, com qualidade.
    Desenvolvimento de um plano de cuidados, a longo prazo, que aumente a precisão diagnóstica, para melhorar a saúde geral do idoso, reduzir riscos da polifarmácia, de internações e de institucionalização.
    Multidisciplinaridade x interdisciplinaridade

  • O papel do médico

    O papel do médico

  • Indicações de encaminhamento para o geriatra

    Indicações de encaminhamento para o geriatra

    Muitas vezes o idoso é encaminhado de outra especialidade médica diretamente ao profissional da reabilitação.
    Identificação pelo profissional da reabilitação de múltiplos problemas de saúde, polifarmácia e múltiplos médicos.
    Necessidade de avaliação global, sem fragmentações e gestão de seus problemas de saúde.

  • Aspectos importantes na avaliação

    Aspectos importantes na avaliação

    Presença da família na anamnese e exame físico: criar um momento só com o idoso.
    Informações de prontuário médico hospitalar.
    Relatórios prévios (médicos ou profissionais da reabilitação).
    Avaliar o cuidador.
    Transferência (Sentimentos e comportamentos do paciente em relação ao médico) e contratranferência (do médico para o paciente).

  • Anamnese

    Anamnese

    Relacionamento médico-paciente-família.
    Identificação.
    Queixa Principal:
    Nem sempre presente em Geriatria.
    O mais comum são múltiplas queixas.
    Freqüentemente o que o paciente queixa como principal não é o mais importante no seu contexto.
    H.M.A.:
    Dissertação de todos os aspectos queixados.
    O mais fácil é dividi-los nos diversos aparelhos.

  • Anamnese

    Anamnese

    História Pregressa:
    valiosa fonte para compreender o atual estado de saúde do idoso.
    Internações, cirurgias, etilismo, tabagismo, doenças dos diversos aparelhos, órgãos dos sentidos, medicamentos usados ao longo da vida, transfusões de sangue, fraturas, quedas...
    Evitar os dados desnecessários.

  • Anamnese

    Anamnese

    História atual:
    Avaliação funcional (AVDs, AIVDs)
    Avaliação mental, cognitiva e psicocomportamental (consciência, julgamento, alucinação, agitação...)
    Avaliação emocional (depressão, ansiedade)
    Quedas.
    Vacinação.
    Medicamentos em uso.
    Atividades físicas no lazer.
    Sexualidade
    Anamnese das queixas atuais de cada sistema (ISDA).
    Ênfase nas grandes síndromes geriátricas: imobilidade, instabilidade postural, incontinência, insuficiência cerebral e iatrogenia.

  • Anamnese

    Anamnese

    Avaliação familiar:
    Coréia de Huntington, doença de Parkinson, demências, glaucoma, depressão, doenças cardíacas e coronarianas, enfisema, câncer, diabetes melitus 2...
    Avaliação social:
    Estado civil, condição financeira, apoio familiar, atividades sociais atuais, avaliação da repercussão da aposentadoria.
    Ambiente em que mora, institucionalização.
    Auto percepção e percepção comparada da saúde.

  • Anamnese

    Anamnese

    Pesquisa nutricional:
    Apetite
    Hábito alimentar:
    tipo de alimento que consome, número de refeições ao dia, ingestão de líquidos, dificuldades de mastigação/deglutição, capacidade de alimentar sozinho, capacidade de preparar o alimento ou de solicitá-lo...


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Avaliação da equipe interdisciplinar
  • Gerontologia e Geriatria
  • A equipe
  • O papel do médico
  • Indicações de encaminhamento para o geriatra
  • Aspectos importantes na avaliação
  • Anamnese
  • Exame Físico em Geriatria
  • Exames Complementares
  • Lista de Problemas
  • Conclusão da abordagem multidimensional
  • O papel do fisioterapeuta
  • Objetivos da avaliação do fisioterapeuta
  • Dificuldades do fisioterapeuta
  • O papel do Terapeuta Ocupacional (TO)
  • Objetivos da avaliação de TO
  • Indicações de encaminhamento para TO
  • O papel do Serviço Social
  • Objetivos da avaliação do Serviço Social
  • O papel da enfermagem
  • Objetivos da avaliação da enfermagem
  • O papel do nutricionista
  • Objetivos da avaliação do nutricionista
  • O papel da fonoaudiologia
  • Objetivos da avaliação de fonoaudiologia
  • Principais indicações médicas para fonoaudiologia
  • O papel da odontologia
  • Objetivos da avaliação odontológica
  • O papel da Psicologia
  • Objetivos da avaliação
  • Indicações de encaminhamentos
  • Critérios da alta