Curso Online de CONCURSO PÚBLICO: APRENDENDO LÓGICA

Curso Online de CONCURSO PÚBLICO: APRENDENDO LÓGICA

CARO ALUNO, CURSO DESTINADO A CONCURSEIROS QUE BUSCAM QUALIFICAÇÃO E CONHECIMENTO. LÓGICA - É LÓGICA. MATEMÁTICA SE APRENDE FAZENDO.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

CARO ALUNO,


CURSO DESTINADO A CONCURSEIROS QUE BUSCAM QUALIFICAÇÃO E CONHECIMENTO.

LÓGICA - É LÓGICA. MATEMÁTICA SE APRENDE FAZENDO.

ORGANIZAÇÃO QUE BUSCA APRESENTAR CURSOS EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO E FORMAÇÃO POR UM BAIXO CUSTO PARA OS USUÁRIOS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • CONCURSO PÚBLICO

    CONCURSO PÚBLICO

    APRENDENDO LÓGICA

  • INTRODUÇÃO

    O CURSO ABRANGE ASPECTOS RELEVANTES DO APRENDIZADO DA LÓGICA.

    FOCANDO PARA CONCURSOS PÚBLICOS.

    É HORA DE ESTUDAR!!!

    FOCO, FORÇA E FÉ!

    INTRODUÇÃO

  • O QUE É LÓGICA?

    Existem muitas definições para a palavra “lógica”, porém no caso do nosso estudo não é relevante um aprofundamento nesse ponto, é suficiente apenas discutir alguns pontos de vista sobre o assunto.
    Alguns autores definem lógica como sendo a “Ciência das leis do pensamento”, e neste caso existem divergências com essa definição, pois o pensamento é matéria estudada na Psicologia, que é uma ciência distinta da lógica (ciência).

    O QUE É LÓGICA?

  • DEFINIÇÃO

    PROPOSIÇÃO

    Chamaremos de proposição ou sentença, a todo conjunto de palavras ou símbolos que exprimem um pensamento de sentido completo.
    Sendo assim, vejamos os exemplos:
    a) O curso Pré-Fiscal fica em São Paulo.
    b) O Brasil é um País da América do Sul.
    c) A Receita Federal pertence ao poder judiciário.

    DEFINIÇÃO

  • PROPOSIÇÃO

    Evidente que você já percebeu que as proposições podem assumir os valores falsos ou verdadeiros, pois elas expressam a descrição de uma realidade, e também observamos que uma proposição representa uma informação enunciada por uma oração, e portanto pode ser expressa por distintas orações, tais como:

    PROPOSIÇÃO

  • PROPOSIÇÃO

    “Pedro é maior que Carlos”, ou podemos expressar também por “Carlos é menor que Pedro”.

    PROPOSIÇÃO

  • PRINCÍPIOS DA PROPOSIÇÃO

    1 – Princípio da não-contradição:
    Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa simultaneamente.

    2 – Princípio do Terceiro Excluido:
    Uma proposição só pode ter dois valores verdades, isto é, é verdadeiro (V) ou falso (F), não podendo ter outro valor.

    PRINCÍPIOS DA PROPOSIÇÃO

  • COMPREENDENDO

    Logo, voltando ao exemplo anterior temos:
    a) “O Curso Pré-Fiscal fica em São Paulo”é um proposição verdadeira.
    b) “O Brasil é um País da América do Sul” é uma proposição verdadeira.
    c) “A Receita Federal pertence ao poder judiciário”, é uma proposição falsa.
    As proposição serão representadas por letras do alfabeto:
    a, b, c, . . . , p, q, . . .

    COMPREENDENDO

  • SIMBOLOGIA

    As proposições simples (átomos) combinam-se com outras, ou são modificadas por alguns operadores (conectivos), gerando novas sentenças chamadas de moléculas.
    Os conectivos serão representados da seguinte forma:
    corresponde a “não”
    Ù corresponde a “e”
    Ú corresponde a “ou”
    Þ corresponde a “então”
    Û corresponde a “se somente se”

    SIMBOLOGIA

  • SIMBOLOGIA

    • Conjunções: a Ù b (lê-se: a e b)
    • Disjunções: a Ú b (lê-se: a ou b)
    • Condicionais: a Þ b (lê-se: se a então b)
    • Bicondicionais: a Û b (lê-se: a se somente se b)

    SIMBOLOGIA

  • EXEMPLIFICANDO

    Exemplo:
    Seja a sentença:
    “Se Cacilda é estudiosa então ela passará no AFRF”
    Sejam as proposições:
    p = “Cacilda é estudiosa”
    q = “Ela passará no AFRF”
    Daí, poderemos representar a sentença da seguinte forma:
    Se p então q ( ou p Þq )

    EXEMPLIFICANDO


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CONCURSO PÚBLICO
  • INTRODUÇÃO
  • O QUE É LÓGICA?
  • DEFINIÇÃO
  • PROPOSIÇÃO
  • PRINCÍPIOS DA PROPOSIÇÃO
  • COMPREENDENDO
  • SIMBOLOGIA
  • EXEMPLIFICANDO
  • QUESTÕES DE CONCURSO
  • QUESTÕES DE CONCURSOS
  • QUESTÕES DE CONCURSO
  • GABARITO
  • EXERCÍCIO PARA TREINAR
  • ARGUMENTO
  • ARGUMENTO - EXEMPLOS
  • VALIDADE DE UM ARGUMENTO
  • ARGUMENTO DEDUTIVO E INDUTIVO
  • ARGUMENTO DEDUTIVO
  • ARGUMENTO INDUTIVO
  • ARGUMENTO DEDUTIVOS VÁLIDOS
  • ARGUMENTO DEDUTIVO VÁLIDOS
  • ARGUMENTO DEDUTIVOS NÃO VÁLIDOS
  • PROPOSIÇÕES UNIVERSAIS E PARTICULARES
  • EXEMPLO
  • PROPOSIÇÕES AFIRMATIVAS E NEGATIVAS
  • NEGATIVA
  • AFIRMATIVA
  • SILOGISMO
  • VALIDADE DO SILOGISMO
  • DIAGRAMA DE EULER
  • CHEGOU A HORA - EXERCÍCIOS
  • RESOLUÇÃO EXERCÍCIO 01
  • RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO 01
  • EXERCÍCIO 02
  • RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO 02
  • EXERCÍCIO 03
  • RESOLUÇÃO EXERCÍCIO 03
  • EXERCÍCIO 04
  • RESOLUÇÃO DO EXERCÍCIO 04
  • EXERCÍCIO 05
  • RESOLUÇÃO EXERCÍCIO 05