Curso Online de CURSO A ESCOLA NA WEB 2.0 II

Curso Online de CURSO A ESCOLA NA WEB 2.0 II

Web 2.0 é um termo popularizado a partir de 2004 pela empresa americana O'Reilly Media[1]para designar uma segunda geração de comunidades...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 24,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Web 2.0 é um termo popularizado a partir de 2004 pela empresa americana O'Reilly Media[1]para designar uma segunda geração de comunidades e serviços, tendo como conceito a "Web como plataforma", envolvendo wikis, aplicativos baseados em folksonomia, redes sociais, blogs e Tecnologia da Informação.

MINI CURRÍCULO Sou Rosimeire Moreira Quintela, formada em Pedagogia com habilitação em Supervisão Educacional e Pós-Graduada em Educação Especial, Mídias integradas na Educação pelo CIPEAD, e pós em Psicopedagogia em Educação a Distância pela FACINTER, já participei de dois GTR Grupo de Trabalho em Rede pela SEED organizado pelo PDE como cursista e de várias jornadas pedagógicas oferecidas pala UNIOESTE e SEED, trabalho há 18 anos como professora na Escola de Educação Especial Cristian Eduardo Hack Cardozo (ACDD) em Foz do Iguaçu, com alunos Deficientes Físicos Neuromotores, sou concursada 40 horas pela Secretaria de Educação do Estado do Paraná-SEED. Atualmente estou trabalhando na Tutoria Presencial do curso de Pedagogia - UEM/UAB Polo de Foz do Iguaçu e na equipe Pedagógica do Colégio Carmelita e realizando Especialização no Ensino de Ciências.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CURSO A

    ESCOLA NA

    WEB2.0 II

  • APRESENTAÇÃO

  • PARANÁ

    OLÁ SOU ROSIMEIRE MOREIRA
    QUINTELA
    POS GRADUADA EM MÍDIAS
    INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO

  • OUTROS

    GRADUADA EM PEDAGOGIA PELA
    UNOESTE DE PRESIDENTE PRUDENTE SÃO PAULO
    CONHEÇAM OUTROS DA AUTORA
    NA ÁREA DA EDUCAÇÃO, SAÚDE E

  • ACESSE
    www.buzzero.com/autor
    es/rosimeire- quintela?a=rosimeire- quintela
    Índice
    1Breve histórico
    2Conceitualização
    2.1Regras
    2.2Web 2.0 e a programação
    2.2.1Interfaces com o utilizador

  • 2.2.2A Web é a plataforma, o software um serviço
    2.3Web 2.0 e o conteúdo
    2.3.1Tag's, não taxonomia: o usuário
    organiza o próprio
    conteúdo.
    2.3.2Consumer- Generated Media (CGM)
    2.4Novas formas de lucrar
    2.5Marketing e publicidade

  • Web 2.0

    2.6Jornalismo
    2.7Crítica
    2.7.1Conteúdo colaborativo e/ou participativo
    2.7.2A Internet como plataforma
    2.7.3Tecnologias novas
    2.7.4Mudanças em marketing
    3Computação em nuvem
    o 3.1Nuvens de tags
    4Referências

  • tendência

    é

    o Digg,

    que

    O

    envolvimento

    de antes meros

    cidadãos comuns,

    considerados

    leitores, edição

    na publicação e de

    conteúdos

    jornalísticos tem se tornado uma prática cada vez mais comum. A esta tendência atribui-se o conceito de jornalismo participativo, jornalismo cidadão ou mesmo jornalismo open-source.

    Um dos sites representativos

    mais desta

  • tradicionais

    de

    edição

    permite cadastrem publicados

    que usuários artigos
    em outros
    textos

    sites. Estes

    recebem votos (diggs) da

    comunidade populares destaque

    e os mais
    ganham
    na página site. Ao

    principal do

    permitir a influência direta

    do público hierarquização informação, mecanismo inovações às

    na da este traz
    técnicas

  • jornalística,

    caracterizada

    pela centralização na figura do editor.
    Crítica
    Muitos desenvolvedores e especialistas discordam do termo, do conceito e das ideias envolvendo o

    termo Web

    2.0.

    Notadamente alegam que

    o conceito extenso, abrangente

    é demasiado
    subjetivo,
    e vago [12],

    conceitos

    e/ou

    idéias.

    não existindo na Web 2.0 nenhuma nova tecnologia,

  • Estes críticos consideram

    que não segunda aplicativos

    existe uma geração de

    web,

    apenas natural,

    uma evolução

    promovida

    principalmente

    pelo grande aumento no número de usuários de banda larga e da própria Internet[13] - de aplicativos web de outrora. Para muitos, o termo Web 2.0 não passa de uma jogada de marketing,
    uma buzzword[14][15],

    arquitetada

    por

    empresas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.