Curso Online de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva

O curso de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva, permite ao educando conhecimentos específicos acerca do tema, trazendo grandes c...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 30 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 32,90
(Pagamento único)

Mais de 40 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva, permite ao educando conhecimentos específicos acerca do tema, trazendo grandes contribuições para a sociedade, abrangendo práticas pedagógicas e especiais voltados para pessoas que tenham interesse sobre o tema "pessoas com deficiências", destacando as principais características do assunto que vem mostrando os principais transtornos e deficiências relacionadas.

Somos uma equipe formada por pessoas com graduação e pós-graduação em diversas áreas de conhecimento, trazendo vários cursos com diferentes temas e assuntos. A equipe vem desenvolvendo vários cursos nas áreas de educação, Engenharias, Administração, Saúde, Meio Ambiente e varias outras. Para qualquer dúvida e informação estamos a disposição. CFEP - Centro de Formação e Educação Profissional e-mail: paula_his@hotmail.com


- Érica Aparecida Lima Dutra

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Curso de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva

    Curso de Formação Continuada sobre Educação Inclusiva

    Carga Horária Total do Curso: 30 Horas

    paula_his@hotmail.com

  • Desde que as Teorias do Pensamento se desenvolveram, a partir das primeiras décadas do século XX, a preocupação central dessas correntes era entender como os seres vivos aprendem. Melhor ainda, como a ciência poderia contribuir para melhorar a apreensão dos conhecimentos pelos seres humanos.

    Desde que as Teorias do Pensamento se desenvolveram, a partir das primeiras décadas do século XX, a preocupação central dessas correntes era entender como os seres vivos aprendem. Melhor ainda, como a ciência poderia contribuir para melhorar a apreensão dos conhecimentos pelos seres humanos.

    Aprendizagem

  • Duas ciências que contribuíram para o avanço dessa questão foram a Medicina e a Psicologia da Aprendizagem. Dentre os teóricos que se ocuparam dessa temática, destacam‑se Pavlov e Skinner, como representantes da corrente comportamentalista; Piaget

    Duas ciências que contribuíram para o avanço dessa questão foram a Medicina e a Psicologia da Aprendizagem. Dentre os teóricos que se ocuparam dessa temática, destacam‑se Pavlov e Skinner, como representantes da corrente comportamentalista; Piaget

  • Vygotsky e Johnson‑Laird, da Teoria Cognitiva; Rogers e Novak, da corrente afetiva; e a Teoria Psicomotora de Gestalt, de Lewin, etc.

    Vygotsky e Johnson‑Laird, da Teoria Cognitiva; Rogers e Novak, da corrente afetiva; e a Teoria Psicomotora de Gestalt, de Lewin, etc.

  • Os avanços das ciências, dentre elas as que embasam a educação, impulsionam uma era de incertezas com possibilidades de muitas respostas para um problema e de busca de diversos caminhos para se chegar à resolução desses problemas.

    Os avanços das ciências, dentre elas as que embasam a educação, impulsionam uma era de incertezas com possibilidades de muitas respostas para um problema e de busca de diversos caminhos para se chegar à resolução desses problemas.

  • Por isso, uma das manifestações dessa era se dá pela insatisfação com o conceito piagetiano de estágios de desenvolvimento da aprendizagem, unida a vários fatores psicológicos e didáticos. Esses questionamentos impactaram as investigações orientadas progressivamente até o estudo das ideias dos alunos sobre fenômenos científicos específicos.

    Por isso, uma das manifestações dessa era se dá pela insatisfação com o conceito piagetiano de estágios de desenvolvimento da aprendizagem, unida a vários fatores psicológicos e didáticos. Esses questionamentos impactaram as investigações orientadas progressivamente até o estudo das ideias dos alunos sobre fenômenos científicos específicos.

  • Entretanto, se encaixar na “época das concepções alternativas” alguns trabalhos pioneiros, como as teses de Driver (1973) e Viennot (1979), que tratavam basicamente da detecção das concepções alternativas, indicam que essa época iniciou nos anos 70 do século XX.

    Entretanto, se encaixar na “época das concepções alternativas” alguns trabalhos pioneiros, como as teses de Driver (1973) e Viennot (1979), que tratavam basicamente da detecção das concepções alternativas, indicam que essa época iniciou nos anos 70 do século XX.

  • Apesar de que, como bem assinala Pozo (1992, p. 5), para Piaget o progresso do conhecimento científico é essencialmente estrutural e não conceitual, como sugerem os estudos sobre a troca conceitual, é exatamente

    Apesar de que, como bem assinala Pozo (1992, p. 5), para Piaget o progresso do conhecimento científico é essencialmente estrutural e não conceitual, como sugerem os estudos sobre a troca conceitual, é exatamente

  • em um construto desse autor que se pode encontrar um primeiro modelo explicativo para esse tipo de troca. Em particular, a concepção piagetiana de acomodação oferece uma possível explicação:

    em um construto desse autor que se pode encontrar um primeiro modelo explicativo para esse tipo de troca. Em particular, a concepção piagetiana de acomodação oferece uma possível explicação:

  • Por muito tempo se aceitou que a acomodação cognitiva requer alguma experiência que provocaria um estado de desequilíbrio, dissonância o conflito cognitivo no aluno. Implicitamente se admitia que tal conflito conduziria a uma acomodação cognitiva que apareceria como uma imediata troca conceitual (NUSSBAUM, 1989, p. 537).

    Por muito tempo se aceitou que a acomodação cognitiva requer alguma experiência que provocaria um estado de desequilíbrio, dissonância o conflito cognitivo no aluno. Implicitamente se admitia que tal conflito conduziria a uma acomodação cognitiva que apareceria como uma imediata troca conceitual (NUSSBAUM, 1989, p. 537).

  • O sistema de integração é organizado a partir do conceito de corrente principal, conhecido como “mainstream”. [...] O processo de integração através da corrente principal é definido pelo chamado sistema de cascatas.

    O sistema de integração é organizado a partir do conceito de corrente principal, conhecido como “mainstream”. [...] O processo de integração através da corrente principal é definido pelo chamado sistema de cascatas.

    Werneck (1997, p. 51-53), quando diz:

    CONCEITOS INICIAIS


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 32,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Aprendizagem
  • Conceitos Iniciais
  • Educação Especial
  • Educação Inclusiva
  • História da Educação Inclusiva
  • Deficiência Auditiva
  • Deficiência Física
  • Deficiência Intelectual/Mental
  • Deficiência Múltipla
  • Surdo/Cegueira
  • Síndrome de Down
  • Alunos com Transtorno Global e Desenvolvimento
  • Autismo
  • Transtornos Funcionais Específicos
  • Transtorno de Aprendizagem
  • Caracterização
  • Atendimento ao Alunado
  • Sala de Recursos