Curso Online de A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

Curso Online de A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

O CURSO VISA ORIENTAR OS DOCENTES QUE ATUAM OU AINDA VÃO ATUAR NA SALA DE AULA, SEJA QUAL NÍVEL DE ENSINO FOR, PARA UMA RELAÇÃO HARMONIOS...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O CURSO VISA ORIENTAR OS DOCENTES QUE ATUAM OU AINDA VÃO ATUAR NA SALA DE AULA, SEJA QUAL NÍVEL DE ENSINO FOR, PARA UMA RELAÇÃO HARMONIOSA COM SEUS ALUNOS.

PEDAGOGA, PÓS GRADUADA EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • A RELAÇÃO PROFESSOR – ALUNO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

    A RELAÇÃO PROFESSOR – ALUNO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO


    MAIBY GISELE WAGNER

  • 1- INTRODUÇÃO

    1- INTRODUÇÃO

    O desenvolvimento deste curso tem como objetivo demonstrar a importância da relação entre professor e aluno no contexto de sala de aula, na busca pela construção do conhecimento, questionando-se os seguintes pontos: como é a relação entre professores e alunos? Quais são os pontos que merecem a atenção nessa relação? Como os alunos reagem a partir da prática deste professor e vice-versa? Como se dá a afetividade nessa relação, em sala de aula? Há conflitos nessa relação? E como eles são resolvidos?

  • No primeiro momento fazemos uma breve contextualização sobre a relação de professores e alunos com os autores que falam do tema e também com assuntos que norteiam essa questão existente em escolas, em salas de aula, no processo deste contexto escolar. Logo após, no capítulo seguinte apresentamos os sujeitos desta relação, enfatizando as observações e as entrevistas com sujeitos e correlacionando as falas com os teóricos estudados.

    No primeiro momento fazemos uma breve contextualização sobre a relação de professores e alunos com os autores que falam do tema e também com assuntos que norteiam essa questão existente em escolas, em salas de aula, no processo deste contexto escolar. Logo após, no capítulo seguinte apresentamos os sujeitos desta relação, enfatizando as observações e as entrevistas com sujeitos e correlacionando as falas com os teóricos estudados.

  • o tema é de suma importância, pois servirá como referencia aos professores, em especial os pedagogos que atuarão ou já atuam em sala de aula. Até mesmo com críticas para o melhor desenvolvimento da sua prática, buscando respostas para as indagações dos professores e também da relação em que vivem com seus alunos.

    o tema é de suma importância, pois servirá como referencia aos professores, em especial os pedagogos que atuarão ou já atuam em sala de aula. Até mesmo com críticas para o melhor desenvolvimento da sua prática, buscando respostas para as indagações dos professores e também da relação em que vivem com seus alunos.

  • Para entender melhor essa relação é relevante que o professor estude e pesquise as teorias que discutem o tema, que são elementos indispensáveis para prática pedagógica.

  • Nessas abordagens vemos a necessidade de que o professor observe seus alunos com maior atenção, para entendê-los e fazer uma auto avaliação de sua práxis como educador, para que não se repitam os erros e que não se façam julgamentos precipitados.

  • E, neste sentido, é de fundamental valor a qualidade nas relações no interior do ambiente escolar, principalmente nos primeiros anos escolares, onde lidamos com crianças pequenas que estão descobrindo o mundo e necessitam desta atenção, desta valorização do desenvolvimento afetivo, social e não apenas o da inteligência, da cognição.

    E, neste sentido, é de fundamental valor a qualidade nas relações no interior do ambiente escolar, principalmente nos primeiros anos escolares, onde lidamos com crianças pequenas que estão descobrindo o mundo e necessitam desta atenção, desta valorização do desenvolvimento afetivo, social e não apenas o da inteligência, da cognição.

  • E para isso são necessários esforços diários de comunicação e atenção com estas crianças, sendo indispensável observá-las em suas atividades cotidianas, buscando melhor compreender o relacionamento entre ambos neste espaço escolar.

  • 2 OS OLHARES SOBRE A RELAÇÃO DE PROFESSORES E  ALUNOS

    Este capítulo aborda as diversas situações e relações cotidianas entre professor e aluno no espaço escolar. Nesse sentido, é notória que se faça algumas reflexões importantes de alguns autores que discutem a temática. Analisando num ambiente educacional, a relação professor-aluno, que é um dos pontos primordiais dos conflitos escolares, onde questionamos as possibilidades do professor em alcançar seus objetivos da prática pedagógica.

    2 OS OLHARES SOBRE A RELAÇÃO DE PROFESSORES E  ALUNOS

  • Desta forma, Morales (1999, p.10) fala da importância de discutirmos como deve proceder esta relação no ambiente escolar.

    O modo como se dá nossa relação com os alunos pode e deve incidir positivamente tanto no aprendizado deles, e não só da matéria que damos, como em nossa própria satisfação pessoal e profissional, porque nossa relação com os alunos deve ser considerada uma relação profissional. Precisamente por se tratar de uma tarefa profissional, não podemos deixar de lado um aspecto que diz respeito diretamente à eficácia do que fazemos.

  • A conscientização destacada de acordo com o autor deveria partir de todo profissional da educação que tenha uma relação com os alunos. Tratar desse assunto abrange o processo de ensino-aprendizagem, desde apenas investigar o comportamento até a prática pedagógica em sala de aula.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • A RELAÇÃO PROFESSOR – ALUNO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO
  • 1- INTRODUÇÃO
  • No primeiro momento fazemos uma breve contextualização sobre a relação de professores e alunos com os autores que falam do tema e também com assuntos que norteiam essa questão existente em escolas, em salas de aula, no processo deste contexto escolar. Logo após, no capítulo seguinte apresentamos os resultados da pesquisa, enfatizando as observações e as entrevistas com sujeitos e correlacionando as falas com os teóricos estudados.
  • O tema é de suma importância, pois servirá como referencia aos professores, em especial os pedagogos que atuarão ou já atuam em sala de aula. Até mesmo com críticas para o melhor desenvolvimento da sua prática, buscando respostas para as indagações dos professores e também da relação em que vivem com seus alunos. Para entender melhor essa relação é relevante que o professor estude e pesquise as teorias que discutem o tema, que são elementos indispensáveis para prática pedagógica. Nessas abordagens vemos a necessidade de que o professor observe seus alunos com maior atenção, para entendê-los e fazer uma auto avaliação de sua práxis como educador, para que não se repitam os erros e que não se façam julgamentos precipitados.
  • E, neste sentido, é de fundamental valor a qualidade nas relações no interior do ambiente escolar, principalmente nos primeiros anos escolares, onde lidamos com crianças pequenas que estão descobrindo o mundo e necessitam desta atenção, desta valorização do desenvolvimento afetivo, social e não apenas o da inteligência, da cognição. E para isso são necessários esforços diários de comunicação e atenção com estas crianças, sendo indispensável observá-las em suas atividades cotidianas, buscando melhor compreender o relacionamento entre ambos neste espaço escolar.
  • 2 OS OLHARES SOBRE A RELAÇÃO DE PROFESSORES E  ALUNOS
  • 3- práticas
  • 4 CONSIDERAÇÕES