Curso Online de EDUCACAO COGNITIVA

Curso Online de EDUCACAO COGNITIVA

Vivemos momentos de incertezas e grandes desafios no âmbito da educação. As avaliações da aprendizagem e as avaliações institucionais que...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 150,00 Por: R$ 100,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Vivemos momentos de incertezas e grandes desafios no âmbito da educação. As avaliações da aprendizagem e as avaliações institucionais que fazem parte dos novos mecanismos que buscam elevar os níveis dos alunos brasileiros (a educação de maneira geral) levam todos a se preocuparem com os reais objetivos e como enfrentar os desafios do processo ensino-aprendizagem, se para satisfazer as avaliações, se para preparar o futuro cidadão que precisa ser autônomo, crítico e criativo.
Excelente curso!

Currículo da autora: PRISCILLA AMARAL Pedagoga com habilitação em séries iniciais, Administração Escolar e com Pós-Graduação em Deficiência Intelectual. Experiência de 12 anos entre Instituições e Escolas. Vários artigos publicados. Participação em programa de televisão on-line, sendo entrevistada por Célia Coev sobre o tema: Deficiência intelectual e programa de rádio AM chamado Espaço Alternativo, sendo entrevistada por Edson Natale sobre o tema: Autismo e deficiência Intelectual. Palestrante convidada pela Câmara Municipal do Estado de São Paulo para versar sobre o tema: Transtornos diversos. Autora do livro Transtornos de conduta - Síndromes diversas e Autismo no Tempo da Delicadeza. Professora convidada de Pós-Graduação no Centro-Sul de pesquisa, extensão e graduação (Censupeg), lecionando temas relacionados à saúde mental e à inclusão social e educacional. Professora de Sala de Recursos em Escola Estadual e professora itinerante de Educação Especial. Cursos de especialização realizados: Processo de Inclusão; Introdução ao Autismo e Psicose Infantil; Estimulação Precoce; Prontidão para alfabetização; Estimulação para pessoas com Necessidades Especiais; Curso de Dislexia; Atitudes que favorecem o sucesso Escolar; Síndromes diversas; Educação Especial: Condutas típicas; Introdução ao Estudo das Neurociências; Curso básico de libras e alfabetização para pessoas com deficiência visual. Neuropsicopedagoga e psicomotricista clínica e relacional em formação pela UCM. Autora de mais de 70 cursos on-line da área de Educação Especial pelo Buzzero.com e uma das fundadoras da plataforma de cursos NeuroPsicopedagogiar. Contato: E-mail: priscamaral@uol.com.br wathsapp: (11)95239-5049 Site: professora-priscilla.webnode.com



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • EDUCAÇÃO COGNITIVA

    EDUCAÇÃO COGNITIVA

  • Vivemos momentos de incertezas e grandes desafios no âmbito da educação. As avaliações da aprendizagem e as avaliações institucionais que fazem parte dos novos mecanismos que buscam elevar os níveis dos alunos brasileiros (a educação de maneira geral) levam todos a se preocuparem com os reais objetivos e como enfrentar os desafios do processo ensino-aprendizagem, se para satisfazer as avaliações, se para preparar o futuro cidadão que precisa ser autônomo, crítico e criativo.

  • Aprender a refletir, a raciocinar, a utilizar estratégias de resolução de problemas para adaptarmos as novas gerações para aprenderem mais, melhor e de forma diferente e flexível é uma necessidade fundamental da educação, provavelmente a tarefa mais relevante da escola, principalmente porque todo estudante tem o direito de desenvolver ao máximo o seu potencial cognitivo e os governos têm a responsabilidade de lhe garantir oportunidades e meios adequados para esse saber fazer.

  • Embora não seja uma tarefa fácil, vamos abordar a cognição e a aprendizagem numa perspectiva de educação cognitiva, tomando por base a teoria filogenética e neuropsicológica, objetivando mostrar a educação cognitiva como novo paradigma de diagnóstico do potencial de aprendizagem e nova intervenção pedagógica.

  • A verdade é que não basta freqüentar a escola para desenvolver as funções ou aptidões cognitivas, apesar de todos os conteúdos e níveis de ensino as reclamarem, e a maioria dos seus agentes as exigirem para atingir sucesso e aproveitamento escolar.

  • Efetivamente, a perspectiva da educação cognitiva, que pode e deve atravessar todos os níveis de ensino desde a Educação Infantil ao Ensino Superior, ilustra o efeito Pigmaleão.

  • pois a sua filosofia e os seus pressupostos assentam num princípio básico, a crença no estudante como ser aprendente, como um indivíduo dotado intrinsecamente de capacidades e orientado contextualmente para aprender e para mudar (FONSECA, 2009). A educação cognitiva encerra uma visão dialógica do desenvolvimento cognitivo humano: uma construtivista e outra co-construtivista.

  • A visão construtivista, inspirada em Piaget, visa a construção centrípeta, significativa e estruturada do conhecimento e não a pura acumulação acrítica de dados de informação.

  • A visão construtivista, inspirada em Vygotsky, reforça a construção centrífuga do conhecimento com base em interações sociais interiorizadas e mediatizadas envolvendo um diálogo intencional entre indivíduos experientes e inexperientes.

  • Trata-se de um processo de ensino-aprendizagem inovador que recorre à poção de conflito sociocognitivo de Doise, aceitando a coexistência de várias abordagens e de vários pontos de vista sobre o mesmo problema ou matéria de conhecimento, sugerindo a emergência de dúvidas, de discussões e de debates sem nome dado em psicologia ao efeito de nossas expectativas e percepção da realidade na maneira como nos relacionamos com a mesma, como se realinhássemos a realidade de acordo com as nossas expectativas em relação a ela.

  • Tensão e com respeito mútuo, que se tornam potenciadores do desenvolvimento cognitivo mais convivencializado e cooperativo do tipo de Paulo Freire, e não num método de ensino meramente expositivo e competitivo, característico dos modelos de formação tradicionais (FONSECA, 2009).


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 100,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • EDUCAÇÃO COGNITIVA
  • Referências